Criptomoeda privada é alvo de ataque perigoso

Proposta de criptomoeda chegou a receber atenção de membros da comunidade cripto mundial, mas projeto não vinha tendo adoção necessária.

Siga no
Ataque hacker
Reprodução

Uma criptomoeda privada foi alvo de um ataque perigoso no mercado de moedas digitais. Chamado de ataque de 51%, essa falha nas criptomoedas públicas pode causar prejuízos extremos a uma rede.

Utilizando como base o protocolo Mimblewimble, pelo menos duas criptomoedas surgiram em 2019. Uma delas é a Grin e a outra é a BEAM, ambas com foco em transações privadas.

Vale o destaque que o Bitcoin, a principal criptomoeda do mundo, tem transações pseudoanônimas. Ou seja, as transações com Bitcoin não ocultam totalmente os rastros de quem utiliza a rede.

Criptomoedas como Monero, Zcash, Dash, Verge, entre outras, então surgiram para “resolver” o problema. No entanto, as criptomoedas públicas dependem da mineração para se manterem funcionando com segurança.

Criptomoeda privada é alto de ataque 51%, aponta pool de mineração

No campo das criptomoedas a mineração é um assunto importante. Além de garantir que as transações sejam realizadas, a mineração deve garantir a segurança da rede.

Desse modo, as mais de cinco mil criptomoedas utilizam diferentes algoritmos para minerar criptomoedas. O Bitcoin, por exemplo, utiliza o Proof-of-Work com SHA-256 para validar transações e é a rede mais segura hoje.

No início de 2019 surgiu a criptomoeda Grin, prometendo transações seguras. A mineração da rede seria feita com placas de vídeo, as famosas GPU, que deveriam garantir a segurança dessa moeda. Até uma GPU própria para minerar Grin chegou a ser anunciada na época do lançamento da moeda.

De acordo com o 2miners, uma pool de mineração de altcoins, a Grin sofre um ataque de 51%. Este ataque certamente é um dos mais temidos pela comunidade de criptomoedas, uma vez que ele altera completamente as transações.

Ou seja, a criptomoeda privada Grin pode estar atravessando um momento perigoso e não é aconselhável usar a rede para transações ou mesmo minerar a moeda enquanto o ataque acontece.

Preço da criptomoeda cai e sinal é de “venda forte” após suposto ataque

O preço da Grin hoje é de R$ 1,24 por unidade (U$ 0,23), sendo a 324 criptomoeda mais valiosa do mercado. De acordo com o site CoinGecko, a Grin já perdeu 19% de valor nos últimos 30 dias e o sinal é de venda forte.

A moeda Grin é listada em corretoras famosas hoje, como a Poloniex e Bittrex, por exemplo. Contudo, o volume de negociações dessa moeda é baixo, mesmo nas grandes corretoras.

Por fim, quase completando dois anos no mercado de criptomoedas, a Grin sofre sua primeira baixa. Esse ataque pode determinar o desenvolvimento futuro da Grin, que ainda não conseguiu provar seu valor como tecnologia de pagamentos.

Em 2018, a Verge, outra criptomoeda privada, também sofreu vários ataques 51%, prejudicando muito a rede da moeda. Ainda hoje, o preço da Verge segue buscando uma recuperação, mas o mercado tende a esquecer projetos que não são seguros.

Em canais oficiais da Grin, como site e redes sociais, o ataque ainda não foi confirmado no momento da escrita desta matéria.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
El Salvador BTC

Governo de El Salvador analisa permitir pagamento de salários com Bitcoin

Poucos dias depois de o Bitcoin se tornar moeda de curso legal em El Salvador, o governo do país agora estuda com pagar salários...
Várias criptomoedas perto de um carrinho de compra alternativas Ethereum Bitcoin Dogecoin Litecoin Monero

Bitcoin deixado como herança será divido por família no Distrito Federal

O Bitcoin é uma moeda digital, mas também um bem, sendo utilizado por muitas pessoas como reserva de valor. Em um processo de inventário...
Baleia do Bitcoin preço e cotação queda e alta

Baleias detém quase metade dos bitcoins já minerados

A última queda massiva no preço das criptomoedas acabou sendo uma boa oportunidade para as baleias, que agora detém quase a metade de todos...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias