Início Bitcoin Criptomoedas e fintechs na mira do Coaf de Moro e Bolsonaro

Criptomoedas e fintechs na mira do Coaf de Moro e Bolsonaro

-

Imagem: reprodução Youtube

Com a mudança de governo federal, começaram a valer medidas que afetam a vida dos brasileiros. Uma das primeiras regulamentações feitas pelo presidente Jair Bolsonaro foi assinar um decreto sobre o novo estatuto do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf).

No decreto, o Coaf foi transferido do Ministério da Fazenda para o Ministério da Justiça e Segurança pública, mas não apenas isso! Agora ele tem mais poder de decisão e está nas mãos do Ministro Sérgio Moro.

Uma análise mais aprofundada foi publicada no artigo do Estadão, na terça-feira (22) pelos especialistas em Direito Penal Econômico, Armando S. Mesquita Neto e Henrique Zelante Rodrigues Netto, e você pode conferir mais detalhes aqui no Livecoins, e com a explicação de um consultor financeiro falando sobre o decreto do governo.

Que poder o Coaf terá?

Uma das questões é que o órgão terá mais autonomia para ter acesso a informações financeiras sigilosas entre os órgãos de fiscalização e controle.

Devem ser criadas duas repartições dentro do órgão: Secretaria de Inteligência Financeira e Lei de Lavagem de Dinheiro e a Diretoria de Supervisão.

Mais do que isso, ela passará a agir com mais agilidade. Neste caso, um dos alvos serão as fintechs e as corretoras de criptomoedas, que até o momento não tem órgão regulamentador específico.

Só que não é nenhuma novidade, já que o desafio de regular o sistema financeiro paralelo das criptomoedas é mundial, e não apenas aqui no Brasil.

Porém algumas questões podem mudar com o novo regulamento do Coaf. Inclusive, quem cair na fiscalização poderá receber penalidades. Neste caso, mais voltado para as exchanges de criptomoedas.

Visão de um consultor financeiro

Não é necessário medo. Jonatha Reis, consultor financeiro acredita que o decreto diz muito a respeito sobre a Inteligência financeira:

“É isso que se está precisando porque é uma saída que está acontecendo em todos países que não tem conhecimento, e nem tecnologia suficiente pra fiscalizar as origens e todas as transferências de dinheiro”, conta.

Ele discorre sobre a transferência de dinheiro de criminosos e sobre a atuação do governo:

“Tanto que foi uma saída, claro, pra criminosos pra fazer transferências entre eles sem origem de dinheiro”, afirma.

“E mesmo a menção ser em criptomoedas (no decreto), mas isso há anos o governo não consegue ter uma atuação forte nas máfias mesmo com dinheiro. Assim já não tem capacidade pra conseguir fiscalizar, prendendo os criminosos com o dinheiro físico, não conseguindo ir atrás”, diz.

Sendo assim, o decreto é mais para regulamentar, para que as coisas não continuem acontecendo “debaixo dos panos”, sem ter nenhuma fiscalização. Mesmo que esteja sendo regulamentado, não é um viés de garantia!

Nexo

Empréstimos na hora por transferência bancária usando sua criptomoeda como garantia sem vendê-la. Ganhe juros de até 8% ao ano em suas Stablecoins.

Comece agora
Curta nossa página no Facebook e também no Twitterpara começar e terminar o dia bem informado. Cadastra-se também na Newsletter para receber em seu e-mail.
Avatar
Angelica Weise
Angélica Weise é jornalista formada pela Unisc, com mestrado pela UFSM. Escreve sobre os mais diversos assuntos, e claro, sobre criptomoedas. E-mail: [email protected] Angélica Weise é jornalista e escritora. Nasceu em Agudo (RS), mora na cidade gaúcha de Santa Cruz do Sul (RS), em 23 de abril de 1989. Formou-se em Jornalismo em 2012 na Universidade de Santa Cruz do Sul, UNISC/RS. Fez intercâmbio na Itália e uma especialização em Mídias na Educação na Fundação Universidade Federal, FURGH/RS; além de se preparar para seleção de mestrado em 2014. Começou a trajetória no jornalismo em 2013. Trabalha como jornalista freelancer independente e escreve para os diversos mídias, entre elas, internet (portais e sites) e revistas, sobre sustentabilidade, vida saudável, literatura., Bitcoin e blockchain. Em 2013 lançou o primeiro livro pela editora Multifoco: Jornalismo Literário: uma análise das reportagens de José Hamilton Ribeiro publicadas na Revista Realidade. O livro é fonte de pesquisa para estudantes, pesquisadores e jornalistas.

MAIS LIDOS

Baleia ‘adormecida’ com R$ 3 bilhões em bitcoin pode “destruir” mercado, avisam analistas

Os analistas por trás da popular conta do Twitter Whale Alert avisaram recentemente que uma baleia adormecida com 80,000 Bitcoins na carteira pode fazer...

“Seu dinheiro eu gastei tudo com anel e Ouro”, diz líder de empresa suspeita de pirâmide

Tomando uma cerveja Stella, ostentando um relógio de marca e dois anéis supostamente de ouro. Foi assim que um líder de uma empresa acusada...

A2 Trader: Investidores furiosos invadem empresa suspeita de pirâmide

Investidores furiosos invadiram e pegaram o que puderam da A2 Trader, empresa que recentemente anunciou fim das atividades e prometia rentabilidade de 4% ao dia,...

Justiça determina bloqueio de R$ 347 mil da Genbit

A Justiça de São Paulo acaba de determinar o bloqueio de R$ 347 mil da Genbit, por pedido de cliente que não teve seu...

Suposto líder da Unick leva três tiros e morre no Paraná

O padeiro João Batista da Silva, 42, que seria líder de várias pirâmides financeiras, inclusive da Unick Forex, foi morto dentro do carro na tarde...

Homem diz que vai matar todos pirâmideiros do Brasil

Circula nas redes sociais um áudio e um vídeo de um homem dizendo que vai exterminar pessoas que promovem pirâmides financeiras no Brasil. No...

Escreva seu comentário:

Escreva seu comentário:

Baleia ‘adormecida’ com R$ 3 bilhões em bitcoin pode “destruir” mercado, avisam analistas

Os analistas por trás da popular conta do Twitter Whale Alert avisaram recentemente que uma baleia adormecida com 80,000 Bitcoins na carteira pode fazer...

“Seu dinheiro eu gastei tudo com anel e Ouro”, diz líder de empresa suspeita de pirâmide

Tomando uma cerveja Stella, ostentando um relógio de marca e dois anéis supostamente de ouro. Foi assim que um líder de uma empresa acusada...

A2 Trader: Investidores furiosos invadem empresa suspeita de pirâmide

Investidores furiosos invadiram e pegaram o que puderam da A2 Trader, empresa que recentemente anunciou fim das atividades e prometia rentabilidade de 4% ao dia,...

Justiça determina bloqueio de R$ 347 mil da Genbit

A Justiça de São Paulo acaba de determinar o bloqueio de R$ 347 mil da Genbit, por pedido de cliente que não teve seu...