Cuidado: Golpe citando Bakkt promete airdrop Bitcoin e Ethereum

Operação mal começou e já é alvo de fraudes com seu nome!

Siga no
Cuidado: Golpe citando Bakkt promete airdrop Bitcoin e Ethereum
Golpe com Bitcoin

O Bitcoin novamente é associado a um golpe, dessa vez junto da criptomoeda Ethereum e da corretora Bakkt. Cabe o destaque que a Bakkt, exchange regulamentada pelos EUA, nem oferece produtos relacionados à Ethereum.

Além disso, não há nenhum airdrop sendo realizado pela Bakkt no início dessa operação. Com isso, o website fake está tentando apenas roubar criptomoedas de usuários inexperientes que buscam a nova corretora.

Golpe cita airdrop de Bitcoin e Ethereum realizado pela Bakkt

O site oficial da Bakkt.com não anuncia nenhum airdrop de criptomoedas, nem de Bitcoin e muito menos de Ethereum, sendo este apenas mais um golpe. Cabe o destaque que a tática utiliza a inexperiência das pessoas para obter criptomoedas.

A explicação seria porque um website suspeito, chamado bakktlaunch, oferece 5 mil Bitcoins. No preço atual do Bitcoin (BTC), o valor seria de R$ 174 milhões oferecidos neste airdrop. O website ainda mostra um explorador de blocos fake, como se estivesse processando as recompensas. Além disso, há um contador regressivo, como se os cinco mil bitcoins estivessem acabando. Entretanto, de acordo com análise feita pelo Livecoins, não há nenhum BTC no endereço do golpe.

De fato, o endereço Ethereum também não possui nenhuma moeda processada. Semelhante ao caso anterior, foi oferecido 10 mil ETH como recompensa, sendo que já estaria acabando. Na cotação do Ethereum atualmente, o valor seria de R$ 7 milhões de recompensas.

Airdrop fake de Bitcoin e Ethereum por golpe envolvendo nome da Bakkt
Airdrop fake de Bitcoin e Ethereum por golpe envolvendo nome da Bakkt

Airdrop tem sido tática comum para roubar criptomoedas

As campanhas de airdrop ficaram populares na comunidade de criptomoedas, após oferecer recompensas como marketing. Entretanto, após o período de baixa de mercado em 2018, muitos projetos deixaram de existir. Além disso, muitos airdrops prometiam recompensas, mas não eram nada mais que golpes.

Com isso, atualmente a maior parte dos airdrops existentes podem vir a ser no mínimo suspeitos. Nas redes sociais, golpistas afirmam conseguir o “milagre da multiplicação” com está prática. No fim das contas, nenhuma criptomoeda é obtida, e dados são passados aos golpistas.

Com isso, os iniciantes em criptomoedas devem ter cuidados com golpes com Bitcoin, Ethereum e outras criptomoedas. O “almoço grátis” pode sair mais caro do que se imagina.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Casa a venda por Bitcoin negócio imobiliário

Bitcoin vira garantia em negócio para crédito imobiliário pela primeira vez

Ao tentar obter um crédito imobiliário um credor de uma negociação comprovou ter Bitcoin e conseguiu ter seu financiamento aprovado. Muitas pessoas quando vão ao...
Abilio Diniz, empresário e bilionário brasileiro

O3 Capital, que tem Abílio Diniz como sócio, investe em ETF de criptomoedas

Uma empresa que tem Abilio Diniz como conselheiro investiu em criptomoedas via ETF listado na bolsa de valores brasileira. A aquisição foi feita pela...
Pessoa guardando Bitcoin em carteira

Regulação fechando o cerco contra corretoras faz investidores sacarem US$ 2,5 bi em bitcoin...

Após a crescente pressão de regulamentação sobre corretoras do mercado de criptomoedas, investidores de Bitcoin seguem enviando seus saldos para carteiras seguras. A análise foi...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias