CVM faz parceria com UFPR para fomentar tecnologia Blockchain

O convênio irá resultar em ações como produtos educacionais, eventos, palestras, cursos, estudos e pesquisas.

-

Siga no
Anúncio

Junto com a Universidade Federal do Paraná (UFPR), a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) irá atuar, por meio de uma parceria, para ajudar no desenvolvimento tecnológico da instituição.

O acordo de cooperação envolverá várias ações, como o estímulo à produção acadêmica sobre inovações financeiras no país. Neste sentido, o uso de novas tecnologias, e as mudanças nas relações de bancos e pessoas com ativos tradicionais e digitais serão alguns temas.

O trabalho será realizado pelo Grupo de Pesquisa Inovação e Competitividade do Departamento de Administração Geral e Aplicada (GPITEC) da UFPR.

Anúncio

A expectativa para a CVM, de acordo com o chefe de assessoria de análise e gestão de riscos, Bruno Luna, é bastante positiva.

Ele afirma que a uma das prioridades da produção acadêmica será o enfoque em aspectos legislativos do Brasil e outros países. O objetivo será entender as normas tecnológicas em cada território.

Além disso, Bruno destaca também que enquanto o acordo estiver em vigor, a CVM irá fornecer pautas de interesse mútuo para a UFPR.

Assim, será possível obter dados quantitativos que poderão ajudar no desenvolvimento de ações futuras da comissão. O convênio também irá resultar em ações como produtos educacionais, eventos, palestras, cursos, estudos e pesquisas.

Blockchain e criptomoedas também serão destaque

A parceria entre a comissão e a universidade também dará enfoque a alguns temas referentes ao criptomercado.

Entre eles está o uso da tecnologia blockchain e os criptoativos, cada vez mais importantes e utilizados no país e no mundo.

O presidente da CMV, Marcelo Barbosa, um dos principais objetivos é engajar a academia a temas ligados ao mercado em geral. Ele afirma que os estudos ligados a inovação também serão de grande importância, principalmente pela promoção e propagação destes conhecimentos.

O diretor do Setor de Ciências Sociais Aplicadas da UFPR, Dr. Marcos Wagner da Fonseca, afirma que a parceria é de extrema importância para criar novos conhecimentos sobre o tema.

Assim, para ele os resultados destes estudos permitirão que tanto o mercado quanto a sociedade possam receber informações a seu respeito com maior rapidez e credibilidade.

A parceria foi consolidada por meio do programa Ponte de Inovação, criado pela CVM em 2019.

A ideia é somar esforços com a instituição de ensino para criar ações de interesse conjunto com relação a área econômica.

Desta forma, além de questões ligadas ao criptomercado também serão desenvolvidas ações voltadas para inteligência artificial e ciência de dados, fintechs, análise de impactos regulatórios, produtos financeiros tradicionais e novas tecnologias em finanças.

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Leia mais sobre:
Jeferson Scholz
Jeferson Scholz
Jornalista. Escrevi dois artigos acadêmicos publicados no congresso de comunicação INTERCOM, e fui diretor do documentário universitário "Planeta dos Desmortos - O Mito Zumbi".
Carvão e tecnologia blockchain

Minas Gerais lança projeto blockchain para controle de carvão

O carvão é considerado um dos principais recursos naturais para obtenção de energia no mundo. Dessa forma, um dos estados que o produz no...

Investidores se confundem e compram criptomoeda errada que valoriza 500.000% com confusão

Recentemente o projeto Uniswap (UNI) tem ganhado muito a atenção dos investidores, principalmente após ter sido listado na Coinbase, a maior corretora de bitcoin...
Hacker segurando criptomoeda Bitcoin

Grupo de hackers atacavam gamers para roubar Bitcoin

Um grupo de hackers baseado na China atacavam vários gamers em um elaborado plano. As autoridades que investigavam o grupo aponta que há anos...

Últimas notícias

Investidores se confundem e compram criptomoeda errada que valoriza 500.000% com confusão

Recentemente o projeto Uniswap (UNI) tem ganhado muito a atenção dos investidores, principalmente após ter sido listado na Coinbase, a maior corretora de bitcoin...

Grupo de hackers atacavam gamers para roubar Bitcoin

Um grupo de hackers baseado na China atacavam vários gamers em um elaborado plano. As autoridades que investigavam o grupo aponta que há anos...

Doações de Bitcoin começam a chegar para combater queimadas no Pantanal

Algumas doações em Bitcoin começam a chegar para apoiar o combate às queimadas no Pantanal. O dinheiro está sendo arrecadado em uma campanha pela...