CVM pergunta em pesquisa se investidores possuem criptomoedas

Pesquisa da autarquia deixa o Bitcoin em meio a produtos financeiros.

Celular com imagem da CVM Comissão de Valores Mobiliários do Brasil processo processa contra
Celular com imagem da CVM

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) liberou nesta terça-feira (15) uma pesquisa que pergunta se investidores têm criptomoedas, entre vários ativos possíveis.

No Brasil, vale ressaltar, que a autarquia que fiscaliza o setor de investimentos não regula este setor formalmente. Mesmo assim, empresas que atuaram neste mercado oferecendo promessas de lucros com supostos produtos financeiros, acabaram recebendo stop order, que é uma ordem de parada de funcionamento.

Um dos casos mais emblemáticos que a CVM se viu envolta foi o da Atlas Quantum, que foi impedida de captar investidores brasileiros e dias depois começou a atrasar saques de clientes. No início da jornada do setor de criptomoedas no Brasil, um esquema chamado “Bitcoin Rain” também foi descoberto e recebeu alerta pela autarquia.

Ou seja, embora a CVM não fiscalize a tecnologia, empresas que atuam prometendo rendimentos com essa são passíveis de fiscalização.

Pesquisa busca sentir como investidores observaram os impactos da pandemia desde 2020

A CVM divulgou na manhã desta terça uma pesquisa pública para traçar o Perfil do Investidor Brasileiro. Além disso, a autarquia espera compreender melhor qual o comportamento dessas pessoas, gênero, faixa etária, estado em que mora, entre outras mais.

Esse questionário ficará disponível até o dia 8 de abril de 2022, quando a Comissão de Valores Mobiliários deverá começar a analisar as informações. Os interessados em ajudar devem dispor de 15 minutos para responder às questões sobre investimentos.

Além de buscar saber como os investidores se comportam, a autarquia quer saber como esses entendem ser a atuação da CVM no Brasil. O foco nesse levantamento é para compreender melhor como as pessoas que começaram a investir desde 2020 sentiram os impactos da pandemia em suas análises.

O Superintendente de Proteção e Orientação aos Investidores da CVM, José Alexandre Vasco, destaca que essa nova fase da pesquisa busca ampliar o seu alcance.

Essa nova fase da pesquisa visa ampliar o seu alcance e, embora seja aberta a todos os investidores, foi atualizada para incluir seção específica para a nova geração de investidores no mercado de capitais. A partir de perspectivas das ciências comportamentais, a pesquisa visa mapear não apenas conhecimentos, mas também atitudes, hábitos e vieses comportamentais, além de buscar captar a experiência que esse investidor tem no dia a dia do mercado. Um grau alto de participação no levantamento será muito importante para a representatividade das conclusões, que fornecerão subsídios para programas educacionais e estratégias de proteção dos investidores“.

Uma das perguntas destaque na pesquisa foi sobre a inflação, o que pode mostrar como os investidores estão observando esse fenômeno.

CVM pergunta conhecimentos em inflação aos investidores
CVM pergunta conhecimentos em inflação aos investidores /Reprodução

CVM pergunta a investidores se eles têm criptomoedas como o Bitcoin em pesquisa pública

E uma das perguntas feitas aos investidores interessados em colaborar com o levantamento feito pela CVM é justamente se eles têm criptomoedas como “produtos financeiros”.

CVM libera pesquisa que pergunta se investidores têm criptomoedas
CVM libera pesquisa que pergunta se investidores têm criptomoedas /Reprodução

Ou seja, a autarquia deixa claro na pesquisa que não vê o Bitcoin como uma moeda, mas como um investimento, seguindo as recomendações do Banco Central do Brasil sobre o tema, que deixa claro que quem emite moedas é apenas o estado.

O questionário está disponível pelo Survey Monkey, uma popular plataforma para pesquisas.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias