Debate Descentralizado: stablecoins podem impactar outras criptomoedas

Siga no

As stablecoins são possivelmente um dos pilares do mercado de criptomoedas atualmente. O USDT, por exemplo, é usado como medidor de demanda por investidores. Uma parte considerável das compras de Bitcoin é feita por meio da stablecoin emitida pela Tether.

Ao não se submeter às regras do dinheiro fiduciário, as stablecoins se tornaram uma alternativa viável para traders. Contudo, esse cenário pode estar ameaçado.

Não apenas isso, mas uma possível investida contra stablecoins podem prejudicar outras criptomoedas.

Atenção de reguladores

Na semana passada, a Secretária do Tesouro dos Estados Unidos convocou chefes de outros órgãos regualdores para uma reunião. A intenção de Janet Yellen é discutir possíveis impactos causados pelas stablecoins no sistema financeiro.

Ainda não se sabe qual foi o resultado da reunião, entretanto, emissores de stablecoins já se adiantaram. Bem antes da reunião, a Tether emitiu em maio um documento elaborando o lastro do USDT.

O resultado preocupou, uma vez que menos de 3% do lastro era representado por dinheiro em caixa. Após a notícia de que reguladores dos EUA se reuniriam, Circle e Pax resolveram também tentar demonstrar a transparência de suas stablecoins.

O USD Circle (USDC) tem 61% do seu lastro em “dinheiro e equivalentes de dinheiro”. Porém, não se sabe ao certo quanto há de dinheiro em caixa, uma vez que a diferenciação não foi feita. O restante se divide em títulos financeiros que, segundo a Circle, possuem forte liquidez.

Por sua vez, a Paxos revelou os lastros da Paxos Standard (PAX) e do Binance USD (BUSD). Embora 76% seja lastreado por dinheiro e equivalentes, também não foi revelado quanto em caixa garante o lastro de ambas as stablecoins.

Esclarecimentos pouco claros

Assim, embora a tentativa seja de prestar esclarecimentos, nenhuma das empresas deu grandes explicações ao público. Nesse cenário, ainda é incerta a postura a ser adotada pelos Estados Unidos em relação às stablecoins lastreadas em dólares.

Sobre as stablecoins lastreadas em títulos financeiros, o chefe da Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC), Gary Gensler, afirmou que elas se submetem às leis da Comissão.

Todo esse confuso cenário levanta a dúvida: como isso pode impactar o preço das demais criptomoedas?

No mais recente Debate Descentralizado, Rodrix Digital busca esclarecer o que pode acontecer no médio e longo prazo. O anfitrião do debate se junta a Cassio Gusson, Orlando Telles, Rocelo Lopes e Ezequiel Gomes para falar sobre o tema.

Quer saber como o mercado pode reagir a estas notícias? Não perca o mais recente Debate Descentralizado!

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
LNBTC

Usuário avisa empresas sobre falha em serviços de custódia da Lightning Network

Reckless Satoshi, um usuário do Reddit, fez uma postagem relatando que serviços de custódia que trabalham com a Lightning Network tinha um ponto de...
Ethereum. (Imagem: Adobe Stock)

Pânico? R$6,6 bilhões em Ethereum saíram das exchanges na semana passada, R$4,2 bi voltaram...

Na quarta-feira passada, dia 15 de setembro, cerca de 363.240 ETH foram sacados de exchanges centralizadas, ontem, no entanto, 258.050 ether voltaram para endereços...
Mulher em pânico vendo gráfico do Bitcoin em queda medo China SP500

Risco de calote na China leva índice do bitcoin de volta ao medo

Alguns índices que medem do desempenho dos mercados acabaram mostrando uma realidade interessante. Dois que podem ser destacados são o Índice de Medo e...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias