Decred permite que usuários controlem mais de R$100 milhões

"Nós ainda somos os guardiões, prontos para impedir qualquer resultado desastroso."

Siga no
Decred Democracia
Decred Democracia

Por Breakermag – No dia 16 de outubro a Decred, um criptomoeda com foco em governança anunciou que a Politeia, seu sistema democrático de tesouraria estava funcionando.

O sistema permite que todos os detentores de Decred votem na distribuição de um fundo de desenvolvimento que atualmente possui mais de 578.000 tokens (DCR), isso vale US $ 28 milhões (R$ 103 milhões) de acordo com o preço do DCR hoje.

Este é um passo importante na indústria e foi inspirado na frustração com a estrutura do bitcoin, que concentra poder nas mãos de desenvolvedores e mineradores.

A Politeia usa um sistema que permite os detentores de DCR a tomar decisões sobre o desenvolvimento do projeto. Aqueles que possuem um saldo maior tem mais peso no voto.

O dinheiro do fundo de desenvolvimento (que você pode ver aqui ) se acumulou ao longo de mais de dois anos desde o lançamento da moeda, em janeiro de 2016, através dos 10% das recompensas de mineração enviados ao fundo.

Antes o fundo era administrado manualmente pela equipe da Decred, mas de acordo com o desenvolvedor chefe, Marco Peereboom, eles não gastavam com coisas supérfluas, em vez disso, concentram-se no desenvolvimento da moeda.

A comunidade Decred começou com um Airdrop em janeiro de 2016 que distribuiu aproximadamente 258 DCR para alguns milhares de primeiros apoiadores. Agora avaliado em mais de R$ 44 mil.

De acordo com Peereboom, não houve pré mineração, o que significa que todos os mineradores, usuários e entusiastas construíram suas posições a partir do mesmo ponto de partida.

Alguns detentores têm participações maiores do que outros, é claro, Peereboom diz que a capacidade de “votar com um maior peso” é uma característica, não um erro. Peereboom afirma que os administradores respeitarão a vontade dos usuários, mas a distribuição real dos fundos ainda não está automatizada.

________

“Nós ainda somos os guardiões”, diz Peereboom, pronto para impedir qualquer resultado desastroso.

Resolver problemas antes que o fundo de desenvolvimento seja entregue à comunidade mostra que a Decred aprendeu com a história. No passado, o fundo da Ethereum, cujo contrato inteligente possuía uma falha, foi explorado por um hacker que roubou US $ 60 milhões. Esse tipo de hack pode desencadear um hardfork e consequentemente uma divisão da comunidade que a Decred deve evitar.

Propostas já submetidas para votação na Politeia dão um pequeno vislumbre de como tudo vai acontecer. Por exemplo, existe uma proposta que Peereboom diz que ele pessoalmente apoiaria, é que o fundo Decred apoie um programa de pesquisa em ciência de dados. A maioria das propostas são muito bem elaboradas, assemelhando-se a propostas formais de negócios.

A Decred se tornou uma organização além de ser uma moeda, com poder coletivo para influenciar o mundo em geral.

________

“O que estamos tentando fazer é uma entidade soberana, onde não há jurisdições, apenas indivíduos que podem votar para onde ela está indo”.


Fonte: Breakermag

Mateus Nunes
Mateus Nuneshttps://livecoins.com.br
Analista de Sistemas, entusiasta de criptomoedas e blockchain. Tradutor do site Bitcoin.org Sugestão de pauta: mateus@livecoins.com.br
Criptomoeda do Facebook Libra pronta

Criptomoeda Libra do Facebook está pronta para ser lançada

A criptomoeda Libra, que tem como um dos criadores o Facebook, está pronta para seu lançamento. Segundo fontes envolvidas com o projeto, nos próximos...
Criptomoeda Bitcoin (BTC) maior cotação da história

Qual é a maior cotação do bitcoin? No Brasil recorde mudou

Muitos se perguntam qual a maior cotação da história do Bitcoin, que recentemente quebrou várias barreiras em muitos países. Se procura pela resposta rápida,...
Prédio da PGR representação do Ministério Público Federal do Brasil (MPF MP) Bitcoin Criptomoedas Blockchain

MP faz levantamento sobre Bitcoin no Brasil a pedido do Cade

O Ministério Público (MP) fez uma levantamento sobre o caso dos bancos brasileiros atuarem contra empresas cripto, o pedido de inquérito foi aberto pelo...

Últimas notícias

Qual é a maior cotação do bitcoin? No Brasil recorde mudou

Muitos se perguntam qual a maior cotação da história do Bitcoin, que recentemente quebrou várias barreiras em muitos países. Se procura pela resposta rápida,...

MP faz levantamento sobre Bitcoin no Brasil a pedido do Cade

O Ministério Público (MP) fez uma levantamento sobre o caso dos bancos brasileiros atuarem contra empresas cripto, o pedido de inquérito foi aberto pelo...

Rússia pode reconhecer criptomoedas como propriedade

A Rússia tem uma história bem conturbada com relação as criptomoedas, desde projetos de lei que pretendiam criminalizar os ativos até a proposta de...