Deputado é multado por comprar e promover criptomoeda

O Comitê de Ética dos EUA multou o republicano Madison Cawthorn nesta terça-feira (6) em cerca de 15.000 dólares após “encontrar evidências substanciais” de que o deputado “promoveu uma criptomoeda na qual ele tinha interesse financeiro”.

A criptomoeda em questão é a Let’s Go Brandon (LGB), famosa por estampar o carro de número 68 da NASCAR, pilotado por Brandon Brown.

“Estou animado para dar as boas-vindas a @LGBcoin_io a bordo do meu Chevrolet Camaro nº 68 como nosso parceiro principal da temporada completa da NASCAR Xfinity Series de 2022!”

Segundo informações do documento de 81 páginas, o deputado americano foi investigado por envolvimento em um esquema de informações privilegiadas, já que poderia ter comprado tal criptomoeda antes da parceria acima ser firmada, além de outras acusações.

Criptomoeda LGB era um insulto ao presidente Joe Biden

Embora pareça um nome bobo em um primeiro momento, a criptomoeda Let’s Go Brandon (LGB) já foi chamada de F*** Joe Biden, um insulto ao atual presidente americano. Entretanto, o nome mudou após a equipe de Brandon recusar estampar seu carro com tal slogan.

Em seu site, a LGB é autointitulada como a “moeda da liberdade de expressão”, contendo uma foto da primeira emenda dos EUA.

Entretanto, a investigação do Comitê de Ética não tanto focou nisso, mas sim nos possíveis ganhos que o republicano Madison Cawthorn poderia ter tido com a compra e promoção de tal criptomoeda.

Deputado comprou US$ 150.000 em LGB

Além de relatórios sobre a compra de US$ 150.000 (R$ 780.000) em LGB por Cawthorn, capturas de tela mostram conversas do republicano falando sobre a criptomoeda. Outras evidências mostram o político promovendo a LGB em suas redes sociais.

“Estou tão animado cara! Vamos fazer [seu preço] subir bastante e ser amigos por mais algumas décadas!”

Conversa entre Cawthorn e um terceiro mostram animação do republicano após compra da LGB. Fonte: Comitê de Ética/Reprodução.

Outra imagem mostra que o deputado comprou US$ 150.000 em LGB no dia 21 de dezembro de 2021. Ou seja, a compra foi realizada dias antes do anúncio da parceria com a equipe da NASCAR.

Entretanto, chama atenção que o republicano vendeu suas moedas poucos dias depois, parte no dia 31 de dezembro, um dia após o anúncio da parceria com Brandon. Seguido por frações menores nos dias 4 e 7 de janeiro. Entretanto, o Comitê descartou a possibilidade de insider trading.

“O ISC não chegou a um consenso sobre se o representante Cawthorn pretendia lucrar pessoalmente com suas atividades promocionais”, aponta o documento do Comitê de Ética. “No entanto, o ISC concluiu que ele deveria ter sido sensível à aparência de impropriedade que suas ações poderiam criar.”

Obviamente, a equipe por trás da criptomoeda aproveitou a imagem de Cawthorn para promover a mesma na data. Entretanto, dados do CoinMarketCap apontam que a LGB teve uma grande queda em preço e volume desde então. Ou seja, será mais uma moeda que se tornará um zumbi.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Siga o Livecoins no Google News.

Curta no Facebook, TwitterInstagram.

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Henrique HK
Henrique HKhttps://github.com/sabotag3x
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias

Bitcoin 2024

Últimas notícias