Desafio de criptomoedas da Prosegur vai premiar startup com 30 mil euros

Prosegur criou uma divisão destinada ao mercado de criptomoedas.

Siga no
Prosegur Crypto é inaugurada Bitcoin
Prosegur/Reprodução

Lançado no início de janeiro, o desafio de criptomoedas da Prosegur está com inscrições abertas até o dia 8 de fevereiro. A empresa procura negócios que possam agregar funcionalidades para a divisão Prosegur Crypto, criada em 2020.

Com várias empresas e pessoas prestando atenção no mercado de criptomoedas, a custódia ainda é um tema sensível. Muitas pessoas ainda preferem deixar suas criptomoedas nas mãos de terceiros, delegando a esses a responsabilidade pela segurança de seus ativos.

Reconhecida como uma empresa sólida no mercado, a Prosegur então oferece a clientes de vários países a possibilidade de guardar criptomoedas. A empresa garante que as moedas digitais são armazenadas em um local seguro e sem acesso à internet.

A Prosegur quer melhorar ainda mais sua experiência com os clientes neste setor.

Desafio de criptomoedas da Prosegur tenta captar startups

Com sede na Espanha, a Prosegur tenta inovar no mercado de criptomoedas mundial. Startups do país sede da empresa, e de outros países, poderão enviar suas propostas até o dia 8 de fevereiro.

Com o chamado “Programa Come In“, a Prosegur lançou um desafio para melhorar sua experiência com o mercado de criptomoedas. Para participar, as startups deverão já enviar um protótipo da ideia para a Prosegur.

A intenção principal do programa, que pagará 30 mil euros para as startups selecionadas, é melhorar a segurança da custódia de criptomoedas. De acordo com a Prosegur, as startups deverão ter soluções focadas em B2B, ou seja, para atender empresas.

O desafio oferece ainda a oportunidade de validar um projeto, que será avaliado por uma comissão. No dia da avaliação, a startup poderá defender sua proposta para os avaliadores.

Além do financiamento, as startups vencedoras trabalharão com a Tech Ventures para aprimorar as soluções.

Em nota, o CEO da Prosegur Crypto, Raimundo Castilla, afirmou que o desafio é um compromisso da empresa com a inovação.

“este novo desafio tecnológico é mais um exemplo do nosso compromisso com a inovação e o fortalecimento de um setor pioneiro que exige soluções reais e fiáveis ​​em termos de segurança. Prosegur Crypto é o primeiro passo de uma longa jornada e, para enfrentar os próximos desafios do futuro, devemos somar nossa liderança tecnológica global ao talento e à criatividade do ecossistema empreendedor”, afirmou Raimundo.

Empresas de criptomoedas inovadoras também podem participar da chamada pública

De acordo com o site do desafio da Prosegur Crypto, não serão só startups de custódia de criptomoedas que poderão participar. Isso porque, a chamada pretende atrair também projetos de criptomoedas além da custódia.

Ou seja, qualquer startup que trabalha no mercado de criptomoedas poderá enviar sua proposta nessa chamada pública. Com 40 anos de mercado, a Prosegur atua em 26 países hoje.

Os vencedores do desafio de criptomoedas da Prosegur ainda poderão enviar seus projetos para todos esses territórios, afirmou a empresa.

Apesar do interesse em projetos que não sejam puramente de custódia, a Prosegur afirma que não tem nenhum interesse em startups de ICO. Além disso, empresas de blockchain que tenham aplicações além da integridade dos dados também não terão destaque na chamada.

Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Michael Burry: Bitcoin é uma bolha especulativa com mais riscos que oportunidades

Atualmente existem muitos touros do Bitcoin evangelizando a moeda digital como uma forma de reserva de valor e como o futuro do dinheiro. Alguns,...

NFT raro do ‘Homer Simpson Pepe’ é vendido por $ 1.7 milhão

No início de 2018, um leilão de Rare Pepes (NFTs colecionáveis de Pepe the Frog) foi realizado em Nova York durante o Rare Art Labs Digital Art Festival. Apesar...

Comércio de Bitcoin na China aumenta, apesar de ser banido

Em 2017, a China fechou corretoras locais de criptomoedas, sufocando um mercado especulativo que era responsável por grande parte do comércio global de criptomoedas....

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias

NFT raro do ‘Homer Simpson Pepe’ é vendido por $ 1.7 milhão

No início de 2018, um leilão de Rare Pepes (NFTs colecionáveis de Pepe the Frog) foi realizado em Nova York durante o Rare Art Labs Digital Art Festival. Apesar...

Comércio de Bitcoin na China aumenta, apesar de ser banido

Em 2017, a China fechou corretoras locais de criptomoedas, sufocando um mercado especulativo que era responsável por grande parte do comércio global de criptomoedas....

Goldman Sachs reabre mesa de negociação de Bitcoin

A recente alta do Bitcoin reacendeu o interesse de diferentes players no criptomercado, com fontes afirmando que a Goldman Sachs, um dos nomes mais...

Bitcoin foi o ativo com melhor desempenho em fevereiro, ouro e B3 em queda

O preço do Bitcoin teve alta de 42% em fevereiro, sendo o melhor ativo do mês. Ao contrário do desempenho da moeda digital, ativos...

Província da China vai banir mineração de Bitcoin por causa do impacto ambiental

A emissão de gases de carbono é uma grande preocupação atualmente, sendo classificado como o principal causador do efeito estufa e um dos motivos...