Maior banco da Alemanha: “Bitcoin é importante de mais para ser ignorado”

O Bitcoin se tornou importante demais para ser ignorado, dada sua capitalização de mercado de US $ 1 trilhão, de acordo com o último relatório do Deutsche Bank

Siga no

O Bitcoin se tornou importante demais para ser ignorado, dada sua capitalização de mercado de US $ 1 trilhão, de acordo com o último relatório do Deutsche Bank, o maior banco da Alemanha.

Publicado pela economista Marion Laboure, o relatório destaca que a criptomoeda deve continuar valorizando em meio à atenção de gestores de ativos e das empresas.

O relatório intitulado “Bitcoins: o efeito Tinkerbell pode se tornar uma profecia autorrealizável?”, faz parte de um estudo maior realizado pelo gigante bancário intitulado “O Futuro dos Pagamentos”.

Os analistas do banco investigam os atributos básicos da maior criptomoeda do mundo e os catalisadores por trás da alta que levou a moeda digital a um valor de mercado de 1 trilhão de dólares.

Os estrategistas do banco acreditam que o Bitcoin agora é muito importante para ser ignorado e, portanto, a maioria dos governos e bancos centrais entendem que a criptomoeda veio para ficar e devem começar a regular o setor até o final deste ano.

“A capitalização de mercado do Bitcoin de US $ 1 trilhão o torna importante demais para ser ignorado. Os grandes players que compram e vendem a moeda digital têm um poder considerável para mover o mercado.”

Efeito Tinkerbell

Os analistas sugerem que a alta da moeda digital corresponde a um fenômeno conhecido entre os economistas como o “Efeito Tinkerbell”. (Sininho do Peter Pan).

Segundo essa tese, a convicção dos investidores seria a única coisa que impulsionaria e manteria o alto preço do Bitcoin.

Esse conceito econômico basicamente afirma que quanto mais as pessoas acreditam em algo, mais provável que aconteça. É, portanto, baseado na afirmação de Peter Pan de que “Tinkerbell existe porque as crianças acreditam que ela existe”, explicou Laboure.

Nesse sentido, Marion comparou o Bitcoin com ações da Tesla, sugerindo que a avaliação altíssima da Tesla é baseada na ideia de que os veículos elétricos serão o futuro, e as pessoas acreditam nisso.

Marion afirma que o valor do Bitcoin continuará a subir ou cair, dependendo do que as pessoas acreditam que vale.

Ela estima que menos de 30% das transações em Bitcoin estão relacionadas a pagamentos por bens e serviços. Enquanto o resto é amplamente utilizado como investimento.

Apesar do percentual baixo de transações para pagamentos comuns, o Bitcoin se tornou a terceira maior moeda do mundo, atrás apenas do euro e do dólar.

Millennials

O relatório também cita a adoção das criptomoedas pelos Millennials como o principal fator que pode desencadear um ponto de inflexão na adoção global do Bitcoin.

“As gerações futuras podem dar início à adoção em massa. As pessoas mais velhas que pesquisamos tinham medo das criptomoedas, elas acham elas difíceis de entender, acreditavam que elas criam bolhas financeiras e as viam como instrumentos financeiros de baixa liquidez. Um terço dos pesquisados ​​não tinha ideia de como as criptomoedas funcionam e 40% tinham apenas um entendimento parcial.

Por outro lado, cerca de um terço da geração do milênio acredita que as criptomoedas estão substituindo dinheiro e cartões de crédito / débito, de acordo com nossa pesquisa com mais de 4.700 pessoas nos Estados Unidos, Reino Unido, Alemanha, França, Itália, Espanha e Coreia do Sul.”

Falta de liquidez

A analista do banco foi notavelmente positiva sobre o Bitcoin em seu relatório de 19 páginas, no entanto, ela espera que a moeda digital permaneça um ativo “ultravolátil” devido à sua baixa liquidez.

A economista destacou que a liquidez do Bitcoin representa um obstáculo fundamental que pode impedi-lo de se tornar uma classe de ativos independente e legítima que será tratada igualmente como ações, títulos e commodities.

Ele comparou o volume diário de negociações da criptomoeda com outros commodities, incluindo prata e gasolina. De acordo com seu relatório, o volume diário de Bitcoin é apenas 1,9% do volume diário de ouro.

“As transações e a comercialização do Bitcoin permanecem limitadas. E o verdadeiro debate é se o aumento das avaliações pode ser motivo suficiente para que o Bitcoin se torne uma classe de ativos, ou se sua falta de liquidez é um obstáculo.”

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Livecoins
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.

Ethereum será atualizado em 14 de abril, Bitcoin vai comer poeira?

Está previsto para a próxima quarta-feira (14 de abril) a mais nova atualização da plataforma Ethereum. Chamada de Berlin, o update da rede foi...
Ethereum no pano

Ethereum ultrapassa Netflix, Coca-Cola e L’Oreal em valor de mercado

Na manhã deste sábado (10), o Ethereum, segunda maior criptomoeda do mundo em termos de capitalização de mercado, estabeleceu um novo recorde de preço,...
Bandeira da Rússia amassada

Banco central russo deve lançar moeda digital em 2023

Funcionários do Banco Central da Rússia revelaram que estão trabalhando no desenvolvimento do Rublo digital, a moeda digital do país que deve ser lançada...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias