Discípulo de Warren Buffett diz que não compra bitcoin porque não sabe calcular seu valor

Preço do Bitcoin na tela do celular.
Preço do Bitcoin na tela do celular.

Joel Greenblatt, fundador da Gotham Capital, afirmou que não investe em Bitcoin porque não sabe como calcular o seu valor. Sua fala ocorreu durante conversa no canal The Investor’s Podcast Network, nesta segunda-feira (28). Discípulo de Warren Buffett, Greenblatt compara o Bitcoin ao ouro, afirmando que ambos não geram dinheiro.

“Bitcoin nunca gerará nenhum dinheiro. Ouro nunca gerará nenhum dinheiro. […] Então, para mim, é uma especulação. Eu não tenho uma maneira inteligente de calcular seu valor.”

Além de ser conhecido por seguir os passos de Warren Buffett, um dos maiores investidores dos últimos tempos, Greenblatt também é amplamente lembrado por ajudar Michael Burry, famoso pelo filme A Grande Aposta (2015), a criar o seu próprio fundo.

Entre os três investidores há algo em comum: nenhum deles investe em Bitcoin. Indo além, Buffett chamou a criptomoeda de “veneno de rato” e Burry conduziu diversos ataques tanto o Bitcoin quanto seus investidores. Já Greenblatt parece ter uma visão mais neutra sobre o assunto.

“Não tenho uma maneira inteligente de calcular seu valor”

Embora o Bitcoin seja uma tecnologia inovadora, claramente ele não é para todos. Como exemplo, recentemente o homem mais rico do setor de criptomoedas afirmou que não precisamos convencer Warren Buffett a investir em criptomoedas.

Partindo deste ponto, Joel Greenblatt, fundador da Gotham Capital, parece ser uma dessas pessoas que jamais será convertida. Em conversa nesta segunda-feira (28), o investidor afirmou que já conhece o Bitcoin desde quando valia apenas 60 dólares, entretanto, relata que está tranquilo em ter perdido esta oportunidade.

“Não estou dizendo que as pessoas não vão ganhar dinheiro especulando em Bitcoin ou ouro, é estranho para mim como um investimento, afinal não sei como calcular seu valor. Não há valor inerente, não há geração [de dinheiro].”, afirmou Joel Greenblatt.

Ao ser questionado se possui Bitcoin, o discípulo de Warren Buffett respondeu “infelizmente não, contando que não imaginava que o BTC pudesse atingir o estado que possui hoje, já comparado ao ouro. Contudo, Greenblatt diz que não se sente mal, por perder a oportunidade, devido aos motivos citados acima.

“Há um mundo gigante lá fora, é claro que você perderá milhares de oportunidades.”

Bitcoin e a internet nos anos 2000

Ao ser questionado se as criptomoedas podem ser comparadas a internet nos anos 2000 — quando existia uma bolha, porém muito valor real —, Joel Greenblatt mostrou-se humilde em sua resposta.

“Estou por aqui há tempo suficiente para saber que não tenho conhecimento sobre muitas coisas. Conheço algumas coisas. Continuo investindo nessas poucas coisas que eu conheço.”

Finalizando, o homem por trás do sucesso de Michael Burry afirma não haver nada errado em colocar uma pequena parte de seu portfólio em Bitcoin, desde que isso não afete a sua disciplina com todo seu dinheiro.

“Se você limitar isso a 1 ou 2% de seu portfólio, faça o que você quiser, aproveite, talvez você aprenda algo.”

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias