É gol da Alemanha, país reconhece Bitcoin como instrumento financeiro

País avança na regulamentação das criptomoedas!

Siga no
Bitcoin Brilhando em cima de mão
Bitcoin Brilhando em cima de mão

A Alemanha é certamente o principal país do bloco europeu, principalmente após o Brexit da Inglaterra. Na mais nova ação inovadora, a Alemanha, através do Banco Central, reconheceu o Bitcoin como um instrumento financeiro legal.

A medida é importante para a visão das criptomoedas, uma vez que publicou uma cartilha que fornece mais clareza jurídica para o criptomercado. Além disso, foram colocados pelo BC da Alemanha cinco ponto que explicam o que é uma moeda digital.

O anúncio vem dias após o G20 pedir aos países maior firmeza na regulamentação das criptomoedas. Este reconhecimento poderá ajudar as empresas locais a empreenderem com segurança, além de ser modelo para outros países do mundo.

Novas regras da Alemanha mostram o Bitcoin como “representações digitais de valor”

A maior potência europeia, a Alemanha, clareou as ideias sobre o Bitcoin. De acordo com um documento público que foi liberado pelo Banco Central, as criptomoedas possuem cinco características.

Primeiramente, fica claro que uma criptomoeda não é emitida por nenhum banco central ou órgão público. Em segundo lugar, as criptomoedas como o Bitcoin não possuem status legal de moeda ou dinheiro.

Além disso, o BC alemão entende que as criptomoedas poderão ser utilizadas como meio de pagamento entre pessoas e empresas. Dessa forma, na terceira posição, ficou claro que as criptomoedas são vistas como meio de pagamento.

O que mais chamou atenção, contudo, é o quarto ponto, que afirmou que as criptomoedas podem servir para fins de investimentos. Dessa forma, pessoas que consideram o Bitcoin, por exemplo, um investimento e não uma moeda, passam a ter mais segurança para armazenar seus ativos.

Por fim, as novas regras informam que as criptomoedas podem ser transmitidas, armazenadas e negociadas eletronicamente. Ou seja, as corretoras de Bitcoin que operam na Alemanha passam a ter um respaldo legal.

Multidão com Bandeiras da Alemanha
Multidão com Bandeiras da Alemanha

“Criptomoedas não são moedas eletrônicas”, afirma BC da Alemanha

O documento liberado pelo Banco Central da Alemanha deixa claro que as criptomoedas não são moedas eletrônicas. Para as moedas eletrônicas, há uma regulamentação no país separada. Este também é um ponto positivo para os fãs do Bitcoin.

A nova clareza jurídica seguiu padrões estabelecidos de organizações, como a Força-Tarefa de Ação Financeira (FATF). O Banco Central deixa claro que antes deste documento, nenhuma categoria encaixava as criptomoedas.

A Alemanha é um dos principais países a criar nodes de Bitcoin, o que mostra que há um forte interesse local na tecnologia. Uma maior clareza na regulamentação coloca este país com boa visão por empresas que empreendem neste mercado.

No Brasil, a regulamentação das criptomoedas ainda engatinha em discussões no legislativo. Por outro lado, a Receita Federal tem colocado olho sobre as criptomoedas, que são obrigadas a serem declaradas.

CPI criptomoedas - Regulamentação do Bitcoin é discutida no Brasil
CPI criptomoedas – Regulamentação do Bitcoin é discutida no Brasil

Ainda que uma maior regulamentação do Bitcoin seja importante para algumas empresas, a moeda continua ser operada sem nenhuma interferência de governos e bancos centrais. Um ex-candidato a presidência dos EUA em 2020, Andrew Yang, chegou a afirmar que é impossível para o Bitcoin com regulamentação. Mesmo assim, as novidades do velho continente mostram que os BCs estão se movimentando sentido às criptomoedas.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Universidad Americana Imagem: Divulgação

Universidade privada do Paraguai vai aceitar pagamentos em Bitcoin e Ethereum

A Universidade Americana do Paraguai vai começar aceitar pagamentos em criptomoedas a partir de agosto, os alunos poderão pagar por cursos e graduação com...
Mulher usa ATM do Santander no Reino Unido

Santander testa ferramenta para rastrear criptomoedas

O Santander quer entender como os seus clientes usam as criptomoedas em simultâneo as contas correntes. Para isso, o banco testou uma ferramenta da...
john mcaffe

Suicídio de John McAfee em prisão na Espanha levanta suspeitas

John McAfee, fundador da empresa de tecnologia McAfee, foi encontrado morto na tarde de hoje (23) na cadeia espanhola de Brians 2, localizada em...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias