Empresários sequestram trader de Bitcoin que perdeu R$ 2 milhões com apostas

Após serem alvos de um golpe, homens ficaram irritados e acabaram presos.

Siga no
Apreensão de arma e notebooks foi feita pela Polícia Civil de Santa Catarina
Apreensão de arma e notebooks foi feita pela Polícia Civil de Santa Catarina/Divulgação

Dois empresários acabaram presos após serem vítimas de um golpista que levou deles R$ 2 milhões em Bitcoin. Revoltados, eles decidiram sequestrar o homem até reaver o dinheiro, mantendo ele em um apartamento.

O caso aconteceu em Balneário Camboriú, litoral de Santa Catarina. Tudo começou quando os empresários pagaram, em Bitcoin, para que um trader realizasse aplicações com apostas esportivas.

“Segundo a apuração, dois empresários de Balneário Camboriú contrataram a suposta vítima para atuar como trader esportivo.

Neste sentido, os empresários entregaram à vítima aproximadamente o equivalente a dois milhões de reais em criptomoedas para a realização de apostas em plataformas digitais (sites de apostas esportivas).”

O homem perdeu todo o valor na aposta, relatando os prejuízos aos “investidores”.

Empresários se revoltaram e sequestraram trader

Vendo o patrimônio ruir, os dois empresários sequestraram, agrediram e fizeram ameaças com uso de uma pistola, de acordo com a Polícia Civil de Santa Catarina (PC-SC).

“Com o objetivo de reaver a importância perdida, os infratores supostamente agrediram, ameaçaram (inclusive com uso de uma pistola) e cercearam a liberdade de locomoção da vítima, a qual ficou detida em um apartamento, devidamente vigiada.

Os suspeitos condicionaram a liberdade da vítima à quitação do débito, utilizando de violência física e psicológica, inclusive fizeram a vítima escrever uma carta de despedida, com o objetivo de simular uma possível morte.”

A Polícia ainda investiga o caso, com a suspeita que o homem pode ter perdido tudo com as apostas ou desviado o valor milionário para contas de terceiros.

Com o caso ainda sendo apurado, três envolvidos no sequestro mediante extorsão da aposta atrapalhada acabaram presos, já conduzidos ao presídio de Itajaí.

Um deles já estaria preso desde o dia 31 de maio, sendo os outros dois na última terça-feira (8).

Esse é o segundo sequestro envolvendo Bitcoin em menos de uma semana no Brasil, com o outro caso sendo de um empresário de Recife, levando a prisão de uma quadrilha de sequestradores.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Dono da maior corretora de criptomoedas da Rússia é preso

Dmitry Vasiliev, ex-CEO e fundador da exchange de criptomoedas da Rússia, Wex, foi preso no começo de agosto pela Interpol e levado para um...
Bitcoin regulação. Imagem: ShutterStock

Mais de 60 corretoras de bitcoin deixarão de funcionar na Coreia do Sul

A Comissão de Serviços Financeiros (FSC) da Coreia do Sul, como muitas outras jurisdições, está aumentando o cerco regulatório em relação as corretoras do...
Gráfico de preço da Cardano em alta

99% dos contratos inteligentes da Cardano continuam inativos

A atualização da rede Cardano para que ela passasse a ter contratos inteligentes foi um dos momentos mais aguardados pelos investidores da moeda digital....

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias