Empréstimos DeFi com Peso Argentino? Startup lança novidade que pode chegar ao Brasil

Empresa que recentemente se integrou com a criptomoeda Chainlink anuncia novidade promissora na América Latina.

Siga no

A startup argentina Ripio Credit Network inovou mais uma vez no mercado latino americano de criptomoedas. Isso porque, nos últimos dias foi lançado o recurso de empréstimos DeFi com Peso argentino.

A Ripio é uma das principais fintechs da América do Sul, com atuação também no Brasil. Nos últimos dias, por exemplo, ela comprou a corretora brasileira BitcoinTrade, uma das maiores do país.

Com o aumento da atuação na região, a Ripio Credit Network (RCN) começou a disponibilizar sua criptomoeda para mais funcionalidades. Cabe o destaque que, como um token Ethereum, a Ripio Credit Network (RCN) recentemente fechou uma parceria importante com a criptomoeda Chainlink.

Na Argentina, a funcionalidade DeFi começou a ser testada pela população.

Token RCN agora permite empréstimos DeFi com Peso argentino

A fintech Ripio Credit Network liberou nos últimos dias uma novidade importante para o ecossistema de criptomoedas da América do Sul. A novidade, compartilhada inclusive pelo CEO e Fundador da Ripio, Sebastian Serrano, é que a Ripio Credit Network agora permite empréstimos DeFi com o Peso argentino.

De acordo com a explicação da nova funcionalidade, clientes da RCN poderão pegar Peso argentino como empréstimo. Para isso, deverão deixar como garantia uma quantidade de tokens RCN ou USDC.

“Esta nova alternativa permitirá que os tomadores de empréstimos solicitem fundos em Pesos Argentinos, tornando-se a primeira solução de endividamento orientado por fiat no ecossistema DeFi.”, afirmou a RCN em nota ao público

Essa é uma solução pioneira na região, sendo a primeira alternativa DeFi na América do Sul com moedas fiduciárias. A parceria foi possível graças a um recente acordo entre a RCN e a criptomoeda Chainlink.

A fintech declarou que o DeFi, embora promissor, ainda não havia chegado até a região da América Latina.

Na região, segundo a fintech, apenas 51% dos adultos possuem acesso a serviços bancários.

Com a nova solução DeFi, a empresa coloca às criptomoedas como opção para enfrentar essa realidade.

Empresa acredita que mais empréstimos poderão ser realizados com outras moedas fiduciárias em breve

Uma das principais criptomoedas oráculos, a Chainlink foi fundamental na iniciativa da RCN. De acordo com a fintech argentina, após a parceria com a plataforma, qualquer moeda fiduciária poderá ser integrada com a solução.

“[…] Peso Argentino (ARS) , que agora está disponível como Moeda de Empréstimo no Mercado de Crédito graças ao Feed de Preços BTC / ARS criado pela Chainlink. Mas o ARS é apenas uma das dezenas de moedas que podem ser listadas usando esse método, que uma vez que a integração inicial é concluída, torna-se extremamente barato e rápido.”, afirmou a RCN em nota

O Livecoins procurou a RCN para comentar se há planos de permitir empréstimos Defi com o Real brasileiro também.

DeFi com Real brasileiro estará em estudos no primeiro trimestre de 2021

Em conversa com Juan Charovsky, chefe de comunicação da RCN, foi informado que a listagem de um DeFi com o Real brasileiro depende do tamanho do mercado.

“Teríamos que avaliar o tamanho do mercado potencial, mas se for grande o suficiente, listar empréstimos denominados em reais é uma possibilidade”, afirmou Juan em nota ao Livecoins

De qualquer forma, a startup definiu que a comunidade RCN que deverá ajudar a conduzir o movimento das próximas listagens. Ou seja, um eventual empréstimo DeFi com Real está em aberto, com estudos que serão feitos ainda no primeiro trimestre de 2021 pela RCN.

“Já com relação aos empréstimos denominados em reais, o processo de avaliação terá início durante o primeiro trimestre”, declarou ao Livecoins

Juan declarou, por fim, que embora a RCN tenha se originado na Ripio, hoje é um projeto independente. Isso, contudo, não impede que brasileiros já testem a plataforma.

“Embora RCN tenha se originado da Ripio há alguns anos, agora é um projeto independente. O RCN pode ser usado em todo o mundo, e os usuários do Brasil já podem usar a plataforma em várias criptomoedas.”, finalizou o chefe de comunicação da RCN

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Tesla. Imagem: Shutter Stock

Elon Musk diz que Tesla voltará a aceitar Bitcoin

A Tesla começará a aceitar Bitcoin novamente quando a maior parte do processo de mineração da criptomoeda for realizado por fontes de energia renováveis,...
Bitcoin regulação. Imagem: ShutterStock

Deutsche Bank diz que Bitcoin “passou dos limites” e não pode mais ser ignorado

A popularidade crescente do Bitcoin está incomodando governos e bancos centrais. A gota d'água foi a legalização da criptomoeda em El Salvador. De acordo...
Bitcoin Liberdade

Bitcoin, o novo Índice de Liberdade Econômica

Bitcoin pode ser a medida de liberdade mais neutra do mundo que nenhum país pode acusar de ter preconceito ocidental, ao contrário de alguns...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias