Especialista em criptomoedas é diagnosticado com coronavírus após participar de duas conferências

Efeitos negativos para o mercado de criptomoedas

-

Siga no
Anúncio

O co-fundador da TorusLabs, Zhen Yu Yong, usou o Twitter para comunicar que foi diagnosticado com coronavírus. O executivo participou de duas conferências de criptomoedas e blockchain recentemente, a ETHLondon e a Ethereum Comunity Conference em Paris, entre os dias 28 de fevereiro e 05 de março.

Desta forma, em sua mensagem na rede social ele fez um alerta para que todos os participantes dos dois eventos procurassem médicos e fizessem testes para ver a possibilidade de terem contraído a doença.

De acordo com Yong, o médico que lhe consultou afirmou que a infecção provavelmente veio da França.

Anúncio

Levando em conta o fato de que alguém infectado com o coronavírus pode transmitir o vírus rapidamente para outros indivíduos, o país europeu proibiu reuniões que excedam uma concentração acima de 5 mil pessoas. Como o evento sobre o Ethereum teve uma quantidade menor, não houve nenhum entrave para que ocorresse normalmente.

Mesmo assim, o crescente contágio da doença em nível global tem trazido diversos efeitos negativos para a saúde e a economia mundial.

Além de um recente levantamento apontar pelo menos 4 mil mortos pelo coronavírus em todo o mundo, cada vez mais países relatam novos casos em diversos locais públicos. Consequentemente, cada vez mais eventos e atividades que concentram grande número de pessoas tem sido cancelados.

Efeitos negativos para o mercado de criptomoedas

Os resultados negativos que a doença tem trazido também prejudicam a economia em diversas frentes, incluindo o criptomercado. Diversos eventos como conferências de blockchain já precisaram ser canceladas.

Um exemplo é a TOKEN2049, que aconteceria neste mês em Hong Kong e foi adiado para outubro. Porém, algo que tem preocupado a criptoeconomia em especial é a incerteza sobre a Semana Blockchain de Paris.

Este é um dos maiores eventos do mercado, e foi reagendado de 30 de março a 01 de abril para 09 a 10 de dezembro. No entanto, com a confirmação da doença de Yong, há uma incerteza se ele ocorrerá de fato.

Esta possibilidade não está tão longe de ocorrer, sobretudo se for levado em consideração como outros encontros importantes para tratar de criptomoedas também acabaram sendo cancelados.

Entre eles está o evento promovido pela Binance. A plataforma realizaria a Blockchain Binance Week no final do mês passado no Vietnã, mas acabou suspendendo.

A companhia ainda não comunicou nenhuma outra data para que o encontro ocorra, deixando muitas pessoas apreensivas. Assim sendo, o coronavírus continua causando incertezas e riscos para a saúde e a economia global, o que também inclui o criptomercado.

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Jeferson Scholz
Jeferson Scholz
Jornalista. Escrevi dois artigos acadêmicos publicados no congresso de comunicação INTERCOM, e fui diretor do documentário universitário "Planeta dos Desmortos - O Mito Zumbi".

Leia mais

Últimas notícias

“Se você acha que imposto é roubo, chama a polícia”, diz Kim Kataguiri

Em um entrevista para o canal Letícia Shirakiin, o Deputado Federal Kim Kataguiri foi questionado se imposto é roubo. A resposta veio em tom de...

Surge o Primeiro Case da Hathor

Pois então que surge espontaneamente o primeiro caso de uso da blockchain brasileira Hathor. Vou contar como isso aconteceu. Bem, o time concebeu a...

Google fala sobre golpe com Bitcoin

No podcast mais recente do Google, três especialistas da gigante das buscas comentaram sobre um tipo de golpe que envolve Bitcoin. No tópico que falava...