Esposa do Faraó dos bitcoins torra dinheiro dos investidores e recebe novo pedido de prisão

Maior golpe com a imagem das criptomoedas no Brasil, diz reportagem sobre a GAS Consultoria.

A venezuelana Mirelis Zerpa Dias, foragida desde o colapso da GAS Consultoria, esposa do faraó dos bitcoins, comprou um avião particular e até um carro de luxo, em nome de laranjas. A apuração do caso ocorreu pelo Fantástico exibido no último domingo (1).

Além disso, a venezuelana foragida do Brasil por aplicar um golpe de pirâmide financeira de criptomoedas também recebeu um novo pedido de prisão pela Polícia Federal.

Ela havia derrubado um pedido de prisão expedido pela justiça recentemente, mas agora voltou a ser uma foragida oficial.

Nos EUA, esposa do Faraó dos bitcoins comprou avião particular e finge ser DJ famosa

Entre lançar sua carreira de falsa DJ e zombar dos investidores da GAS Consultoria, Mirelis agora é a proprietária de um avião particular que atende suas necessidades.

Com mais 1 bilhão de reais sacados em meio ao colapso da pirâmide financeira no Brasil, a suspeita ainda comprou um Rolls Royce para desfilar pelas ruas norte-americanas.

Apuração do Fantástico aponta que ela ainda não sabia que um novo pedido de prisão foi expedido pela justiça contra ela, que continua na mira dos investigadores pelos seus possíveis crimes.

Mirelis era a esposa de Glaidson Acácio dos Santos e apontada como uma das mentoras do golpe GAS Consultoria, que deixou de pagar os clientes um mês antes da Operação Kryptos, em 2021.

Desde então, os clientes aguardam por novidades e alguns até acreditam que uma eventual liberdade de Glaidson ajude a pagar os lesados. Contudo, mesmo com quase 500 milhões de reais em uma carteira de DASH, o faraó negou a liberar o valor para ressarcir os clientes de sua empresa, ele declarou em depoimento na CPI das Pirâmides Financeiras.

Maior golpe com a imagem das criptomoedas do Brasil, que movimentou 38 bilhões de reais

Nos últimos 6 anos, o Fantástico apurou que várias pirâmides financeiras movimentaram 100 bilhões de reais, roubando de vários investidores.

Com isso, ao movimentar 38 bilhões de reais, a GAS Consultoria de Glaidson e Mirelis foi o maior golpe com a imagem das criptomoedas no país, lesando pessoas de todo o país, com sede em Cabo Frio (RJ).

Em meio ao colapso do esquema fraudulento, muitos investidores lamentaram perder suas casas e carros para o golpe. Outros perderam dinheiro de uma vida inteira, ao acreditarem em rendimentos de 10% ao mês.

O caso da GAS ainda tem um agravante, que é a investigação sobre o assassinato de Wesley Pessano, onde as autoridades acreditam que Glaidson possa ser o mandante do crime.

De qualquer forma, as investigações ainda seguem na justiça federal do Rio de Janeiro, e o faraó dos bitcoins preso no Paraná.

Mirelis e Glaidson enviaram nota para o Fantástico negando serem golpistas e culpando a Operação da PF pelo fim do seu negócio.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Siga o Livecoins no Google News.

Curta no Facebook, TwitterInstagram.

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias

Bitcoin 2024

Últimas notícias