Estrategista chefe da XP sugere que Bitcoin tem suprimento infinito

A dúvida sobre a divisibilidade do Bitcoin acabou sendo confundida com a escassez da criptomoeda.

Siga no
Divisão Bitcoin
Divisão Bitcoin

Será que o Bitcoin tem o suprimento infinito? Segundo um estrategista da XP Investimentos, a criptomoeda não seria tão escassa assim.

Para fundamentar seu ponto, Fernando Ferreira, Estrategista-chefe na XP Investimentos, publicou em seu Twitter no último sábado (26) que a moeda poderia ser fracionada em até 100 milhões de partes, o analista em finanças sugeriu que a teoria da oferta limitada seria uma falácia.

Fernando Ferreira questiona escassez do Bitcoin
Fernando Ferreira questiona escassez do Bitcoin/Twitter

Ou seja, como o Bitcoin tem suas menores unidades, chamadas de Satoshi, Fernando acreditou que a moeda digital poderia ter o suprimento infinito.

Vale o destaque que Satoshi Nakamoto, o criador do Bitcoin, definiu o limite da moeda em 21 milhões de unidades.

Estrategista em finanças brasileiro confunde escassez com divisibilidade e sugere que Bitcoin tem suprimento infinito

No último sábado a comunidade do Bitcoin viu surgir uma dúvida que já foi respondida há vários anos.

A dúvida, que é comum entre os leigos no assunto, seria sobre uma eventual emissão infinita de Bitcoin, visto que a moeda é divisível em várias frações.

Estrategista da XP estava com dúvida sobre a divisibilidade do Bitcoin
Estrategista da XP estava com dúvida sobre a divisibilidade do Bitcoin/Twitter

Vendo a “dúvida” de Fernando pelo Twitter, a comunidade buscou socorrer o estrategista, informando-lhe que a divisibilidade é uma característica matemática de qualquer coisa, inclusive um pedaço de pizza.

Por exemplo, ao comprar uma pizza com 8 pedaços, ela foi dividida, mas não deixou de ser 1 pizza. Ou seja, a divisibilidade de um ativo, como o Bitcoin, por exemplo, não o torna infinito, mesmo com sua divisão em milhões de satoshis.

Resumindo, um Bitcoin é e sempre será 1 BTC, apesar de sua divisibilidade, mantendo sempre sua escassez como definida por Satoshi Nakamoto em sua concepção.

Pergunta que já foi respondida no mercado

A pergunta de Fernando Ferreira, inclusive, já havia sido feita por um antigo usuário do Reddit. Na época, o internauta havia questionado sobre escassez do Bitcoin, visto que os satoshis permitem sua divisibilidade.

Em resposta, o usuário r/Fizzgig69 lembrou que as unidades do Bitcoin são infinitamente divisíveis em teoria, mas que as unidades atômicas do Bitcoin continuam sendo as mesmas.

“Bitcoin é escasso, não infinito. É infinitamente divisível em teoria, o que significa que pode haver um número infinito de unidades, não um valor infinito. Todas as unidades atômicas ainda somarão a mesma capitalização de mercado de US$ 13 bilhões (nota: valor de mercado do bitcoin em 2014), e você terá sua parte dessa capitalização de mercado enquanto tiver bitcoins.

A razão pela qual os bitcoins estão sempre disponíveis é por causa do mecanismo de precificação, detentores de bitcoins suficientes têm um preço que estão dispostos a vender, então qualquer um pode comprar no protocolo, não importa quão pouco eles contribuam. Estudar a distribuição de bitcoins, a velocidade, o preço, a oferta, a demanda é Economia.”

 

Na rede Lightning Network, vale notar, até os satoshis podem ser divididos em mais unidades. De qualquer forma, 1 satoshi continua sendo uma fração do Bitcoin, mesmo dividido.

Ao ver que estaria equivocado em sua pergunta, o estrategista da XP acabou apagando seu Tuíte, pois algumas pessoas ficaram nervosas com sua pergunta.

Fernando complementou que confia na tecnologia do Bitcoin, sendo apenas uma dúvida que ele tinha.

Fernando Ferreira apaga post sobre dúvida do Bitcoin ser infinito
Fernando Ferreira apaga post sobre dúvida do Bitcoin ser infinito/Twitter

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Vista da cidade de Miami

Criptomoeda de Miami será listada em primeira grande corretora

A cidade de Miami está para lançar sua própria criptomoeda, que já recebeu a confirmação de que será listada em uma grande corretora do...

ETF 100% Ethereum estreia hoje na B3

Nesta quarta (04) foi lançado o ETF 100% Ethereum na B3, bolsa brasileira. O fundo foi desenvolvido pela gestora QR Asset Management, a mesma...

Dotz vai permitir que clientes troquem pontos por bitcoin

A Dotz, uma das principais gestoras de pontos de fidelidade do Brasil, com uma grande quantidade clientes, pode ser mais uma forma de aproximar...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias