Inicio Bitcoin VanEck e SolidX unem forças para listar um ETF de Bitcoin

VanEck e SolidX unem forças para listar um ETF de Bitcoin

As duas empresas já tentaram listar um ETF de Bitcoin anteriormente, porém tiveram os pedidos negados.

-

Compartilhe
ETF Bitcoin - VanEck e SolidX unem forças

Hoje, dia 06 de junho de 2018, as empresas VanEck e SolidX preencheram um pedido na U.S. Securities and Exchange Commission (SEC) para listar o ETF de Bitcoin.

As duas empresas já haviam tentado anteriormente listar ETFs de Bitcoin, porém sem sucesso.

Conforme noticiado pela BusinessWire, o ETF será garantido (physically-backed) com bitcoins de verdade. Esse será um diferencial do fundo. Como o fundo é composto por bitcoins de verdade, os investidores terão exposição ao preço do bitcoin, entretanto não estarão expostos aos riscos operacionais e às dificuldades técnicas de movimentar e possuir bitcoins.

VanEck é uma gerenciadora de fundos de investimentos sediada em Nova York que gerencia hoje mais de 40 bilhões de dólares em ativos financeiros. A empresa SolidX é uma empresa de tecnologia e investimentos, que trabalha com blockchain e bitcoin desde 2011.

Jan van Eck, CEO da VanEck, explicou à BusinessWire sobre a parceria com a SolidX:

“Acredito que o bitcoin se tornou uma opção legítima de investimento, como um tipo de ‘ouro digital’ que pode fazer sentido para os portfólios dos investidores. A equipe do SolidX tem bastante experiência com bitcoin, criptografia e mercado de capitais. Temos prazer em trabalhar com eles nesse esforço de trazer um ETF de bitcoin para o mercado de capitais

Por que um ETF é importante para o Bitcoin?

Encontrar ativos de baixa correlação é um desafio para investidores. O Bitcoin é uma nova classe de ativo, não correlacionável aos ativos tradicionais. Além disso, é o ativo de maior valorização nos últimos 10 anos. Devido a essas características, o Bitcoin é capaz, na medida certa, de reduzir o risco da sua carteira de investimentos.

Dessa forma, o Bitcoin é um prato cheio para grandes investidores, fundos multimercado, fundos de pensão, entre outros. Entretanto, por uma série de questões regulatórias e legais, essas instituições não podem comprar bitcoin diretamente. A falta de instrumentos legais, como um ETF de Bitcoin, sempre foi um obstáculo à entrada de dinheiro institucional no mercado de criptomoedas.

Caso esse ETF seja aprovado pela SEC, as perspectivas de valorização do Bitcoin são bastante positivas. Assim sendo, o ETF será chamado de VanEck SolidX Bitcoin Shares e será listado na Cboe BZX Equities Exchange.

Curta nossa página no Facebook e também no Twitter para começar e terminar o dia bem informado. Cadastra-se também na Newsletter para receber em seu e-mail.

MAIS LIDOS

FMI e Banco Mundial criam criptomoeda própria

De acordo com um artigo do Financial Times, o Fundo Monetário Internacional (FMI) e o Banco Mundial estão desenvolvendo conjuntamente uma blockchain privada para futuras experimentações...

Corretora de criptomoedas japonesa remove Bitcoin Cash em resposta a remoção do Bitcoin SV da Binance

A SBI Virtual Currencies, uma corretora de criptomoedas japonesa removeu o Bitcoin Cash de sua plataforma em resposta à recente remoção do Bitcoin...

Plataforma de David Chaum busca operadores de nós brasileiros para o teste BetaNet

A solicitação para executar o lançamento de um "node" - nó - BetaNet da plataforma Elixxir, de David Chaum está aberta até sexta-feira à...
 
Compartilhe
close-link