VanEck e SolidX unem forças para listar um ETF de Bitcoin

As duas empresas já tentaram listar um ETF de Bitcoin anteriormente, porém tiveram os pedidos negados.

Siga no

Hoje, dia 06 de junho de 2018, as empresas VanEck e SolidX preencheram um pedido na U.S. Securities and Exchange Commission (SEC) para listar o ETF de Bitcoin.

As duas empresas já haviam tentado anteriormente listar ETFs de Bitcoin, porém sem sucesso.

Conforme noticiado pela BusinessWire, o ETF será garantido (physically-backed) com bitcoins de verdade. Esse será um diferencial do fundo. Como o fundo é composto por bitcoins de verdade, os investidores terão exposição ao preço do bitcoin, entretanto não estarão expostos aos riscos operacionais e às dificuldades técnicas de movimentar e possuir bitcoins.

VanEck é uma gerenciadora de fundos de investimentos sediada em Nova York que gerencia hoje mais de 40 bilhões de dólares em ativos financeiros. A empresa SolidX é uma empresa de tecnologia e investimentos, que trabalha com blockchain e bitcoin desde 2011.

Jan van Eck, CEO da VanEck, explicou à BusinessWire sobre a parceria com a SolidX:

“Acredito que o bitcoin se tornou uma opção legítima de investimento, como um tipo de ‘ouro digital’ que pode fazer sentido para os portfólios dos investidores. A equipe do SolidX tem bastante experiência com bitcoin, criptografia e mercado de capitais. Temos prazer em trabalhar com eles nesse esforço de trazer um ETF de bitcoin para o mercado de capitais

Por que um ETF é importante para o Bitcoin?

Encontrar ativos de baixa correlação é um desafio para investidores. O Bitcoin é uma nova classe de ativo, não correlacionável aos ativos tradicionais. Além disso, é o ativo de maior valorização nos últimos 10 anos. Devido a essas características, o Bitcoin é capaz, na medida certa, de reduzir o risco da sua carteira de investimentos.

Dessa forma, o Bitcoin é um prato cheio para grandes investidores, fundos multimercado, fundos de pensão, entre outros. Entretanto, por uma série de questões regulatórias e legais, essas instituições não podem comprar bitcoin diretamente. A falta de instrumentos legais, como um ETF de Bitcoin, sempre foi um obstáculo à entrada de dinheiro institucional no mercado de criptomoedas.

Caso esse ETF seja aprovado pela SEC, as perspectivas de valorização do Bitcoin são bastante positivas. Assim sendo, o ETF será chamado de VanEck SolidX Bitcoin Shares e será listado na Cboe BZX Equities Exchange.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Marcello
Escreve sobre a tecnologia, blockchain, investimentos e notícias sobre criptomoedas. Certificado (CBP) pelo CryptoCurrency Certification Consortium (C4).
Primeiro ETF de Bitcoin na NYSE

Primeiro ETF de Bitcoin na NYSE inaugura com grande volume

O primeiro ETF de Bitcoin foi listado na NYSE nesta terça-feira (19), fazendo história como um dos 15 maiores já listados na bolsa norte-americana...
Símbolo da Binance em caldeirão pressão autoridades policias

Binance bloqueia conta de 20 clientes a pedido da polícia

A corretora Binance bloqueou pelo menos 20 clientes de acessar suas contas, a pedido da polícia para uma investigação internacional. O caso aconteceu na Colômbia...
Monte de Bitcoin observado por um touro ao fundo alta do preço cotação

Bitcoin dobrou de valor desde banimento na China

As preocupações econômicas do Bitcoin devido aos banimentos do Bitcoin na China, bem como a sua crise imobiliária, acabaram ficando para trás conforme o...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias