ETF de Bitcoin será aprovado em breve, diz diretor da Coinbase

O valor do Bitcoin teve uma recuperação notável este ano, subindo 72% depois de enfrentar quedas significativas em 2022.

A esperança de um ETF (fundo negociado em bolsa) de Bitcoin ser aprovado nos EUA ganhou mais força, com indicativos de que a Comissão de Valores Mobiliários do país (SEC, sigla em inglês) pode estar inclinada a aprovar a proposta mais cedo do que muitos esperam.

A previsão foi reforçada recentemente após a SEC decidir não recorrer de uma decisão judicial que desafiou seu veto à conversão do fundo GBTC da Grayscale, dona do maior fundo de Bitcoin do mundo.

Paul Grewal, o principal representante jurídico da Coinbase — a maior corretora de criptomoedas dos EUA — expressou otimismo em relação à aprovação de ETFs. Segundo ele, há uma forte possibilidade de aprovação, especialmente de pedidos que seguem rigorosamente a legislação.

“Tenho muita esperança de que esses pedidos [de ETF] serão concedidos, mesmo porque deveriam ser concedidos de acordo com a lei”, disse Grewal em entrevista à CNBC.

ETF de Bitcoin será aprovado em breve

Grewal acredita que grandes empresas no setor financeiro, como BlackRock e Fidelity, que apresentaram propostas robustas, podem testemunhar avanços em direção aos ETFs.

A aprovação permitiria que investidores tivessem uma forma alternativa de investir em Bitcoin, evitando a necessidade de compra direta em corretoras.

Ele acrescenta que é provável que o regulador aprove um ETF de bitcoin em breve, destacando o fracasso do regulador em impedir que a Grayscale converta seu fundo de bitcoin GBTC em um ETF.

“Acreditamos que os ETFs serão aprovados em breve, já que a SEC segue a lei e é obrigada a aplicá-la de forma neutra às aplicações que estão pendentes”, disse ele.

O ETF proporcionaria uma maneira mais simplificada para investidores adquirirem exposição ao Bitcoin, o que pode ser particularmente atraente para aqueles que preferem não possuir o ativo diretamente.

Bitcoin em alta

bitcoin alta (Coin360)
bitcoin alta (Coin360)

O cenário cripto tem mostrado sinais mistos. O valor do Bitcoin teve uma recuperação notável este ano, subindo 72% depois de enfrentar quedas significativas em 2022.

A alta pode ser atribuída à mudança de postura do Federal Reserve em relação às taxas de juros e à antecipação do próximo “halving” do Bitcoin, que afetará a recompensa dos mineradores.

No entanto, o setor também testemunhou desafios. Volumes de negociação caíram e várias empresas líderes, incluindo a FTX, enfrentaram crises significativas, com algumas até enfrentando acusações de fraude.

Em meio a tais desafios, Grewal ressaltou a importância de responsabilizar os golpistas do setor, afirmando que julgamentos e ações regulatórias rigorosas são cruciais. Ele concluiu expressando otimismo sobre o futuro das criptomoedas, esperando um ressurgimento no interesse de investidores e consumidores.

“Então isso, eu acho, sugere que veremos progresso lá em pouco tempo.”

A aprovação de um ETF de Bitcoin nos EUA não apenas facilitaria o acesso dos investidores à criptomoeda, mas também seria um passo significativo na integração das moedas digitais ao mainstream financeiro.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Siga o Livecoins no Google News.

Curta no Facebook, TwitterInstagram.

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Leia mais sobre:
Vinicius Golveia
Vinicius Golveia
Formado em sistema da informação pela PUC-RJ e Pós-graduado em Jornalismo Digital. Conhece o Bitcoin desde 2014, atuando como desenvolvedor de blockchain em diversas empresas. Atualmente escreve para o Livecoins sobre assuntos de criptomoedas. Gosta de cultura POP / Geek. Se não estiver escrevendo notícias relevantes, provavelmente está assistindo alguma série.

Últimas notícias

Bitcoin 2024

Últimas notícias