Vitalik Buterin diz que Ethereum 2.0 vai demorar mais tempo do que o esperado

O planejamento do Ethereum 2.0 afirma que as duas blockchains - PoW e PoS - irão se fundir no final de 2021 ou início de 2022, de acordo com a documentação oficial.

Siga no
Vitalik. Imagem: Fork Cast
Vitalik. Imagem: Fork Cast

Vitalik Buterin, o co-fundador da plataforma Ethereum, falou sobre os obstáculos que está enfrentando para a implantação do Ethereum 2.0. Segundo ele, o desenvolvimento é influenciado por fatores humanos.

Durante o evento Fintech Forum StartmeupHK Festival esta semana, Vitalik falou que os principais desafios de atualizar a maior rede de contratos inteligentes do mundo não são relacionados com tecnologia.

O Ethereum vai passar por uma transição para a versão 2.0, e Vitalik diz que a versão antiga não será abandonada.

“Na verdade, nós o chamamos de Ethereum 2.0 um pouco menos porque queremos enfatizar que, não vamos jogar fora a plataforma Ethereum existente e fazer uma totalmente nova. É um tipo de conjunto de mudanças muito mais incremental.”

Mais tempo que o esperado

Ele admitiu que a criação do Ethereum demorou muito mais do que ele esperava – de acordo com suas primeiras estimativas, deveria ter levado cerca de três meses, e no final demorou dezoito meses.

Segundo ele, a implantação da segunda versão da rede demorará ainda mais.

“Achamos que levaria um ano para nos prepararmos para a transição para a Prova de Participação (PoS), mas na verdade levará mais tempo. Se você estiver criando um projeto complexo, esteja preparado para gastar muito mais tempo nele do que planejou.”, disse.

Vitalik também citou que durante os cinco anos em que o Ethereum levou para chegar onde está agora, houve uma série de conflitos internos.

“Um dos maiores problemas que encontrei no nosso projeto não são os problemas técnicos, mas sim os problemas com as pessoas.”

Vítima do próprio sucesso

Com a alta demanda pela rede Ethereum aumentando as taxas de rede, Vitalik disse que a versão atual da plataforma se tornou vítima de seu próprio sucesso.

O Ethereum 2.0 pode ter o tipo de escalabilidade esperado por empresas de grande escala. No entanto, de acordo com as últimas estimativas da atualização, ela pode não acontecer em 2021.

O planejamento do Ethereum 2.0 afirma que as duas blockchains – PoW e PoS – irão se fundir no final de 2021 ou início de 2022, de acordo com a documentação oficial.

Com toda a hostilidade em torno do Bitcoin e seu uso de energia no processo de mineração, a mudança para a PoS tornou-se ainda mais importante.

“Há muitas outras coisas que as pessoas estão construindo em Ethereum, mas a capacidade da blockchain de lidar com todas as transações está tendo dificuldade em acompanhar a demanda, e é exatamente por isso que todas essas coisas em que estamos trabalhando o lado da tecnologia com escalabilidade e prova de participação são muito importantes.”, disse Buterin.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Livecoins
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.
Tesla. Imagem: Shutter Stock

Elon Musk diz que Tesla voltará a aceitar Bitcoin

A Tesla começará a aceitar Bitcoin novamente quando a maior parte do processo de mineração da criptomoeda for realizado por fontes de energia renováveis,...
Bitcoin regulação. Imagem: ShutterStock

Deutsche Bank diz que Bitcoin “passou dos limites” e não pode mais ser ignorado

A popularidade crescente do Bitcoin está incomodando governos e bancos centrais. A gota d'água foi a legalização da criptomoeda em El Salvador. De acordo...
Bitcoin Liberdade

Bitcoin, o novo Índice de Liberdade Econômica

Bitcoin pode ser a medida de liberdade mais neutra do mundo que nenhum país pode acusar de ter preconceito ocidental, ao contrário de alguns...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias