Ex-CEO da Nintendo quer vender ilha do Animal Crossing usando blockchain

Usar a tecnologia de NFTs em jogos tem se tornado algo comum, com games como o Axie Infinity mostrando o poder, pelo menos de popularidade, de projetos assim. Será que podemos ver um crescimento dessa integração no mercado AAA de jogos?

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Reggie Fils-Aimé é uma figurinha conhecida dentro do setor dos jogos, sendo um dos mais icônicos CEOs da Nintendo of America, a divisão norte-americana da gigante dos vídeo games. Parece que Reggie também está interessado em ficar conhecido também no criptomercado e na indústria blockchain.

De acordo com a Kotaku, Reggie não só se demonstrou positivo em relação à blockchain, como parece ser um grande fã da indústria e até mesmo gostaria de participar mais ativamente dela.

Durante o festival SXSW em Austin, Texas, um dos mais importantes festivais de tecnologia, cinema e música dos EUA, Reggie falou sobre a sua carreira e o seu tempo na Nintendo até o momento da sua aposentadoria em 2019.

De acordo com o site, ele também passou um tempo falando sobre a tecnologia de blockchain e como ela pode afetar o futuro dos jogos.

Com isso, ele compartilhou a sua opinião de acredita no mercado de blockchain e até mesmo nos NFTs. Fils-Aimé disse que ele é um “crente” na tecnologia e que está otimista com o caminho que a tecnologia está seguindo, afirmando que essa indústria representa uma “tecnologia convincente”.

Reggie também explicou ainda que a blockchain poderia ser usada para ajudar a potencializar experiências de “jogar para ter” em jogos, permitindo que os jogadores vendam itens digitais que ganharam ou criaram em um videogame

“Também acredito no conceito de ‘jogar para ter ‘ nos videogames. E eu digo isso como um jogador em que já tem investido 50 horas em um jogo, cem horas em um jogo… Tem alguns jogos em que investi 300 horas. E quando estiver pronto para passar para outra coisa, não seria ótimo monetizar o que construí?”, disse Reggie durante a SXSW.

Como exemplo do seu ponto de vista, Reggie deu o exemplo do jogo Animal Crossing: New Horizons, um popular jogo com uma grande rede social e a possibilidade de criar ambientes customizados. Reggie disse que gostaria de poder monetizar o tempo que ele passou no Animal Crossing e passar para frente a ilha que construiu.

“A tecnologia Blockchain incorporada no código e no desenvolvimento me permitiria fazer isso. Então, acredito na tecnologia e para onde ela está caminhando.”, concluiu

Confira a participação do Ex-CEO da Nintendo of America durante o evento e o seu comentário sobre a blockchain e as NFTs (a partir de 45:13).

Usar a tecnologia de NFTs em jogos tem se tornado algo comum, com games como o Axie Infinity mostrando o poder, pelo menos de popularidade, de projetos assim. Será que podemos ver um crescimento dessa integração no mercado AAA de jogos?

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.

Últimas notícias