Ex-Diretor da Unick é procurado pela justiça após sumiço

Com início da pandemia, líder tinha sido colocado em prisão domiciliar.

Siga no
Danter Silva, da Unick Forex, Preso
Danter Silva, da Unick Forex, Preso

Desde que a pandemia do novo coronavírus começou a acirrar no Brasil, alguns presos foram enviados para cumprir sentença em casa. Um deles é o ex-diretor da Unick Forex, Danter Silva, 24 anos, que está sendo procurado após um suposto sumiço.

Isso porque, a justiça pede que Danter, faça a nomeação de um advogado de defesa, uma vez que há um prazo para cumprir com esse rito. Recentemente, o presidente da Unick, Leidimar Lopes Bernardo, 39 anos, teve nomeado um defensor público para realizar sua defesa.

Após o escritório de advogados renunciar a causa, os líderes ficaram sem defesa nos processos movidos contra a Unick pela Justiça Federal. No caso de Leidimar, o presidente da Unick afirmou que não tinha dinheiro para pagar por sua defesa. Caso Danter não aponte um advogado em breve, também deverá receber a ajuda de um defensor público.

Ex-Diretor de Marketing da Unick, Danter Silva é procurado pela justiça há pelo menos um mês

A Unick Forex foi uma das principais empresas a surgir no Brasil com um modelo clássico de pirâmide financeira, associada ao mercado de criptomoedas. Ao ofertar rendimentos garantidos aos clientes, com possibilidades de dobrar o capital, a empresa usou a imagem do Bitcoin para convencer os investidores.

Em 2019, a Unick foi alvo de uma operação da Polícia Federal, nomeada Lamanai. Cumprindo mandados de busca e apreensão, os agentes prederam os principais líderes da Unick, sendo um deles Danter Navar da Silva.

Diretor de Marketing da Unick, Danter era um dos principais líderes do esquema, que teria lesado inúmeros investidores pelo Brasil. As investigações apontam que pelo R$ 28 bilhões tenham sido captados durante o funcionamento dessa pirâmide, que é considerada uma das maiores a atuar no Brasil.

De fato, a prisão dos líderes durou cerca de seis meses, uma vez que a pandemia do novo coronavírus abriu as portas das prisões. Com um pedido de habeas corpus, Danter foi um dos que conseguiu ser libertado pelas prerrogativas de isolamento social e prevenção ao COVID-19.

Contudo, mesmo com sua saída da prisão, o processo continua contra ele, assim como investigações. A justiça aguarda que Danter faça a nomeação de sua defesa, uma vez que o escritório que o defendia abandonou o caso.

Procurado por oficiais de justiça para responder aos pedidos de nomear sua defesa, Danter não tem sido encontrado. Na noite da última sexta (19), o oficial de Justiça Adão da Silva, de acordo com informações do JornalNH, teria expedido uma certidão identificando as várias tentativas de encontrar o procurado, em vão, ex-diretor da Unick.

Juíza já avalia se pedido de prisão preventiva será feito

O oficial de justiça alega não ter encontrado em seu endereço, um condomínio da zona sul da capital do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, Danter Silva. Além disso, várias tentativas de contato via telefone, cadastrados no sistema dos oficiais, se mostraram infrutíferas.

A busca era para que Danter Silva nomeasse sua defesa, mas já é ventilada a suspeita de fuga. A responsabilidade de manter telefones e endereço atualizados pertence ao réu, ou seja, Danter pode ser culpado por não ser encontrado.

Dessa forma, o gabinete da 7.ª Vara Federal informou ao JornalNH que não descarta pedir a prisão preventiva de Danter Silva. A juíza que cuida do caso, Karine da Silva Cordeiro, é quem está avaliando se irá pedir a prisão. Procurado pela reportagem do JornalNH, o ex-diretor da Unick não atendeu os telefones registrados, sendo que um está indisponível e outro inexistente.

Há ainda a possibilidade de familiares serem contatados para ajudar nas buscas, na cidade de Sapiranga e Parobé. Em meio a pandemia do novo coronavírus, a situação de Danter Silva fica complicada junto à justiça.

Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Governo da Ucrânia ensina bitcoin para população

O Ministério da Transformação Digital da Ucrânia criou uma campanha para ensinar  bitcoin, blockchain e criptomoedas para a população. Os vídeos foram desenvolvidos em...

Impressora de dinheiro ligada: BC aumentou em quase 50% base monetária em 12 meses

O Banco Central do Brasil imprimiu muito dinheiro nos últimos doze meses, inflando a base monetária do país. De acordo com o BC houve...
BCHA-51-attack

Grupo anônimo de baleias lança ataque 51% contra fork do Bitcoin Cash

A rede da criptomoeda Bitcoin Cash ABC (BCHA), que surgiu no meio do mês como resultado de um hard fork do Bitcoin Cash, está...

Últimas notícias

Impressora de dinheiro ligada: BC aumentou em quase 50% base monetária em 12 meses

O Banco Central do Brasil imprimiu muito dinheiro nos últimos doze meses, inflando a base monetária do país. De acordo com o BC houve...

Grupo anônimo de baleias lança ataque 51% contra fork do Bitcoin Cash

A rede da criptomoeda Bitcoin Cash ABC (BCHA), que surgiu no meio do mês como resultado de um hard fork do Bitcoin Cash, está...

30 bilionários possuem bitcoin, mas não falam sobre isso, revela milionário do Twitter

O multimilionário filantrópico Bill Pulte, apelidado de "Bitcoin Bill" após sua entrada no mercado de bitcoin em dezembro de 2019, afirmou em uma live...