Exchange é hackeada e perde cerca R$ 27 milhões

Siga no

A corretora de criptomoedas Eterbase anunciou que foi vítima de um ataque hacker que gerou um prejuízo milionário para seus clientes. De acordo com a empresa as suas carteiras foram comprometidas.

“Queridos usuários, a exchange está atualmente em modo de manutenção por que nossas carteiras ativas foram comprometidas na última noite.”

De acordo com as informações passadas pela corretora seis diferentes ativos digitais foram roubados das carteiras: Bitcoin, EThereum, XRP, Tron, Tezos e Algorand.

A plataforma entrou em modo de manutenção desde o incidente e as negociações e saques estão bloqueados.

Valor roubado da Eterbase

Apesar de terem lançado um comunicado oficial no Telegram, eles não comentaram qual foi o total roubado de suas carteiras. A companhia apenas informou que está em contato com outras corretoras para tentar rastrear os valores roubados.

“Nós entramos em contato com todas as corretoras centralizadas que podem estar recebendo esse dinheiro ilegal. Por causa da investigação não podemos oferecer mais detalhes. Desculpe pelo inconveniente e por favor, tenham um pouco de paciência enquanto resolvemos o problema.”

De acordo com o The Block Research, uma das principais pesquisadoras de informações na blockchain, um total de US$ 5.3 milhões foram roubados. Desse total, US$ 3,9 em tokens ETH e ERC-20, US$ 471 mil da carteira de XTZ, US$ 406 mil em ALGO, US4 339 mil da carteira de XRP, U$ 114 mil em Bitcoin e US$ 45 em Tron.

Além do período de manutenção, a corretora também informou que está trabalhando com autoridades para tentar encontrar os culpados e recuperar os valores.

“Nós reportamos a situação para as autoridades locais e estamos cooperando totalmente com a investigação.

Nós queremos garantir aos nossos clientes que estamos tomando todas as medidas necessárias para garantir que o valores que eles depositaram não sofra nenhuma perda como resultado do ataque hacker.”

As informações sobre o ataque ainda são bem escassas. Vale mencionar que a Eterbase era uma corretora relativamente desconhecida, até sofrer o recente ataque.

Além disso, alguns usuários nas redes sociais estão informando que parte do valor roubado começou a ser despejado em corretoras de DeFi, em projetos do Uniswap, fazendo com que o mercado de diferentes ativos se tornasse instáveis.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.

Debate Descentralizado: stablecoins podem impactar outras criptomoedas

As stablecoins são possivelmente um dos pilares do mercado de criptomoedas atualmente. O USDT, por exemplo, é usado como medidor de demanda por investidores....
Trade na Uniswap baleia

Criador da Uniswap quer melhorar negociações de baleias Ethereum

Hayden Adams, o criador da Uniswap quer implementar uma melhoria para as negociações de baleias de Ethereum. Um estudo está sendo feito em conjunto...
US Marshals na vigilância do telhado bitcoin

Polícia americana contrata empresa para armazenar bitcoins apreendidos

A polícia dos Estados Unidos quer guardar os bitcoins apreendidos em operações e para isso, contratou uma empresa especializada, a Anchorage Digital. De acordo com...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias