Explosão do preço da Chainlink tem dois motivos principais

Estudo analisou dados da criptomoeda em corretoras e fora delas.

Siga no
Chainlink
Chainlink

Nos últimos dias o preço da Chainlink (LINK) passou por uma explosão de valorização no mercado de criptomoedas. Com o preço do Bitcoin sem volatilidade nas últimas semanas, as altcoins passaram a ganhar destaque.

A criptomoeda LINK surgiu no final de 2017, com uma proposta ousada, mas necessária. Sua intenção é possibilitar um aumento no caso de usos de contratos inteligentes, com os chamados oráculos.

Após o lançamento no mercado, a moeda vem ganhando destaque e fazendo parcerias com grandes empresas pelo mundo. Uma delas é o Google que, desde 2019, tem interesse no caso de uso da Chainlink. Além disso, a Ethereum (ETH) é uma das moedas digitais que mais se beneficiam do crescimento da LINK.

Explosão do preço da Chainlink teria dois motivos principais, aponta estudo

Com o mercado de criptomoedas sendo fortemente impactado pelo Bitcoin, as águas estão calmas nos últimos dias. O preço do Bitcoin tem oscilado pouco dois meses após o halving, operando principalmente na faixa de preços entre U$ 9 e U$ 10 mil, nas últimas semanas.

A calmaria, entretanto, não tem sido a mesma para as altcoins, sendo alguns destaques impressionantes. Uma delas é a Chainlink, que viu seu preço passar por uma verdadeira explosão de valorização nos últimos dias.

Com topos crescentes, o preço da LINK tem atingido vários recordes seguidos, chegando até U$ 8,30 por unidade. No Brasil, a cotação da Chainlink hoje é de R$ 46 por moeda, operando na alta histórica.

Cabe o destaque que a Chainlink valorizou pelo menos 1500% nos últimos meses, muito além da valorização recente. Dessa forma, a Glassnode, empresa especialista em análises de criptomoedas, fez um levantamento do que tem motivado essa alta de preços recente.

De acordo com a Glassnode, o momento impressionante não teria apenas um motivo importante. Ao analisar métricas da Chainlink, onchain e offchain, dois motivos principais mostram que a LINK atravessa um ótimo momento.

Maior adoção da Chainlink pode ser importante para crescimento da moeda e até para Ethereum

Segundo apurado pelos especialistas da Glassnode, a Chainlink é a campeã de valorização das altcoins na última semana. Isso porque, a LINK valorizou com força nos últimos dias, atingindo a cotação de U$ 8,30.

Dessa forma, a Glassnode analisou que os dados da Chainlink em corretoras de criptomoedas aumentaram. Isso significa que o número de depósitos em corretoras cresceu nas últimas semanas, aumentando a liquidez da moeda pelo mundo. Esse seria um importante motivo que explica a alta recente da moeda, pela perspectiva offchain.

Em segundo lugar, a Chainlink pode ter visto uma grande valorização após o número de transações na rede (onchain) terem aumentado. Ou seja, a moeda pode estar sendo utilizada como meio de pagamentos pelo mundo, o que mostra uma maior adoção a esta tecnologia.

“À medida que os preços das altcoins aumentam, a LINK emergiu como uma das maiores vencedoras. Com a liquidez entrando no ativo, está atingindo máximos de todos os tempos (ATH), não apenas em termos de preço, mas também na adoção na cadeia.”

Outro detalhe que pode ter passado despercebido pelos analistas da Glassnode, mas que é importante para a adoção da Chainlink, é o interesse nessa moeda. De acordo com dados do Google Trends em todo o mundo, considerando o último ano, o número de buscas pela Chainlink tem registrado alta, sendo julho de 2020, o maior nível do período.

Interesse em Chainlink medido por pesquisas no Google
Interesse em Chainlink medido por pesquisas no Google, apurado pelo Livecoins – Reprodução/GoogleTrends

Por fim, com dados onchain e offchain positivos, aliado a um maior interesse na moeda, o preço disparou nos últimos dias. A esperança de quem acredita na Chainlink é que essa moeda possa ser importante para o setor emergente das finanças descentralizadas (DeFi), que atraem atenção de fintechs pelo mundo hoje.

Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Samy Dana

“Pessoal do Bitcoin me odeia, mas não entende o que eu falo”, diz Sammy...

Samy Dana é uma figura conhecida no criptomercado brasileiro, sendo até mesmo um meme na comunidade por causa de suas opiniões negativas sobre o...

Hackers derrubam TRF1 e vazam dados de concursos e funcionários

Hackers continuam derrubando sistemas do governo. Dessa vez, o grupo hacker @CIllucionLab assumiu autoria de um vazamento de dados do Tribunal Regional Federal...
Polícia da China

Polícia da China apreende R$ 22 bi em criptomoedas do maior golpe com Bitcoin

A polícia da China apreendeu pelo menos $ 4 bilhões em criptomoedas. Do valor, foram apreendidos uma grande quantidade de bitcoins, cerca de 1%...

Últimas notícias

Hackers derrubam TRF1 e vazam dados de concursos e funcionários

Hackers continuam derrubando sistemas do governo. Dessa vez, o grupo hacker @CIllucionLab assumiu autoria de um vazamento de dados do Tribunal Regional Federal...

Polícia da China apreende R$ 22 bi em criptomoedas do maior golpe com Bitcoin

A polícia da China apreendeu pelo menos $ 4 bilhões em criptomoedas. Do valor, foram apreendidos uma grande quantidade de bitcoins, cerca de 1%...

Usuário é banido do PayPal após fazer trade com Bitcoin

Usuários do PayPal que pretendem usar o serviço da empresa para fazer trade com criptomoedas com alta frequência devem ficar atentos, pois isso pode...