Facebook contrata 40 Ex-funcionários do PayPal para trabalhar com Blockchain

Siga no

Depois de se consolidar como a empresa líder no mundo das redes sociais, o Facebook, na tentativa de expandir seu modelo de negócio, decidiu intensificar seus esforços para entrar no mundo das tecnologias de criptomoedas e blockchain.

De acordo com um relatório do portal de notícias Cheddar, o Facebook tem focado silenciosamente, mas resolutamente, em pesquisa e desenvolvimento relacionado à tecnologia Blockchain e talvez explorando a criação de uma criptomoeda proprietária.

Conforme relatado pelo Livecoins em maio, o Facebook criou um departamento de desenvolvimento de Blockchain. Na época, a empresa comentou que tinha em mente começar com um pequeno grupo de pessoas para explorar as várias possibilidades sem falar sobre qualquer tipo particular de interesse.

De acordo com informações publicadas pela gigante da Web 2.0, o uso da tecnologia blockchain pode ser orientado para áreas relacionadas à economia ou à transmissão de dados:

“Estamos montando um pequeno grupo para explorar a melhor forma de alavancar Blockchain em todo o Facebook, começando do zero … No entanto, parece que o potencial oferecido pelas tecnologias blockchain é maior do que a equipe do Facebook esperava, e desde então, mais do que 40 novos membros aderiram à divisão, entre os quais se destaca um importante grupo de “ex-executivos da PayPal”.

“O objetivo do Facebook é ajudar bilhões de pessoas a terem acesso a coisas que não têm agora, que podem ser coisas como serviços financeiros equitativos, novas maneiras de economizar ou novas maneiras de compartilhar informações.”

O Facebook manteve a pesquisa e o trabalho dessa equipe o mais sigilosa possível. Depois de ser questionado sobre as expectativas do Sr. Zuckerberg em relação a este departamento, um porta-voz comentou que não poderia dar mais detalhes além do caráter exploratório que esta equipe tem no momento.

“Como muitas outras empresas, o Facebook está explorando maneiras de alavancar o poder da tecnologia blockchain. Esta nova equipe pequena está explorando muitos aplicativos diferentes. Não temos mais nada para compartilhar.”

Contratar pessoas com experiência em negócios técnicos e econômicos pode fornecer mais uma indicação das intenções do Facebook. No entanto, ainda não está claro o que Mark Zuckerberg está visando. Um token nativo ou criptomoeda poderia ser particularmente útil para o Facebook em muitas áreas:

Com mais de 2 bilhões de usuários mensais ativos, o Facebook não pode ignorar o fato de que essa base de usuários pode usar uma criptomoeda nativa para as seguintes finalidades:

  • Pagar por assinaturas na plataforma de mídia social
  • Pagar para que anúncios não sejam exibidos em seu feed
  • Recompensar usuários pelo uso da CPU (mineração)
  • Pagar ao invés de apenas curtir posts
  • Pagar por anúncios na plataforma
  • Expandir o mercado já existente
  • Lançar uma carteira de criptomoedas com serviços de troca
  • Micropagamentos fundidos com transações entre países
Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Mateus Nuneshttps://livecoins.com.br
Fundador do Livecoins. Analista de Sistemas, entusiasta de criptomoedas e blockchain. Tradutor do site Bitcoin.org

Bilionário Mark Cuban irrita comunidade ao falar mal das criptomoedas

Mark Cuban, bilionário que investe em Bitcoin e outras criptomoedas, voltou a irritar a comunidade das criptomoedas ao comparar sua explosão com a bolha...

Rafael Portugal perdeu R$ 1,2 milhão na pirâmide do “Faraó dos bitcoins”

A GAS Consultoria se tornou uma das mais notórias pirâmides de Bitcoin do Brasil e causou um prejuízo bilionário para investidores em todo o...

Jornalistas e investidores de criptomoedas são estúpidos, diz Nassim Taleb

Nassim Taleb, renomado escritor e investidor, voltou atacar o Bitcoin nesta quinta-feira (22). Segundo ele, o Bitcoin é igual a bolha das tulipas porém...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias