Falsas vacinas contra Covid-19 estão sendo vendidas na dark web

Todas as listagens de vendas da vacina são em Bitcoin como forma de pagamento

Siga no

As diferentes vacinas para o coronavírus estão sendo amplamente discutidas e vários países estão lutando para disponibiliza-las à população. Mas você sabia que já é possível encontrar elas na dark web sendo vendidas por bitcoins?

Infelizmente isso é apenas meia verdade, já que o que está acontecendo é que golpistas estão aproveitando a oportunidade para aplicar golpes em vários usuários, vendendo vacinas falsas.

De acordo com um relatório da Check Point, várias ofertas de diferentes vacinas contra o coronavírus estão aparecendo em diferentes mercados da dark web.

Segundo as descobertas da empresa, as falsas vacinas são vendidas por até US $ 1.000, o pagamento deve ser realizado em Bitcoin.

“Infelizmente, enquanto muitos estão esperando, alguns estão observando a situação com ganancia e malícia em suas mentes, com a intenção de capitalizar com a preocupação das pessoas sobre a Covid-19 e o desejo de se proteger dessa doença”, disse a Check Point.

Vale mencionar que isso não é uma novidade, mesmo para o mercado clandestino. Desde o começo da epidemia já existiam várias falsas curas sendo vendidas em sites assim, incluindo vacinas.

Mas de acordo com a Check Point, os anúncios começaram a aumentar consideravelmente nos últimos meses e o preço mediano subiu de US $ 250 por dose para valores de US $ 500 até US $ 1.000. 

Todas as listagens de vendas da vacina são em Bitcoin como forma de pagamento, segundo a empresa. A moeda digital é muito utilizado em vários desses mercados, no entanto, recentemente a Monero vem se tornando o padrão, por causa da sua natureza verdadeiramente anônima.

E o que acontece com quem decide comprar as vacinas da Covid-19 no mercado clandestino?

A empresa de cibersegurança chegou a realizar alguns pedidos das doses da vacina de um dos vendedores. A conversa entre os dois lados e a negociação foi feita através de mensagens pelo Telegram.

Eles compraram uma vacina feita na China por US $ 750. Os pesquisadores enviaram os bitcoins e o endereço para receber o pacote, mas a conta do vendedor sumiu e o pacote ainda não foi recebido.

Ao que tudo indica temos um golpe clássico onde a pessoa que envia o dinheiro nunca recebe o que comprou e muito menos seus bitcoins.

No momento, mais de 60 vacinas estão sendo testadas, com muitas sendo disponibilizadas aos poucos, mas com certeza o mercado da dark web não vai ser o lugar onde você vai encontrar doses da vacina.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Matheus Henrique
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.

Pelé terá coleção NFT na plataforma Ethernity

Edison Arantes do Nascimento, conhecido mundialmente como Pelé, é o mais famoso jogador de futebol da história e é um grande ícone para os...

Rothschild investe R$ 26 milhões em Ethereum

A Rothschild Investment adquiriu mais de 265.302 ações da Grayscale Ethereum Trust, marcando seu primeiro investimento em Ethereum, o ativo digital nativo da plataforma...

Banco central da Turquia proíbe uso de Bitcoin para pagamentos

O banco central (CBRT) da Turquia proibiu o uso de Bitcoin no país, alegando que as criptomoedas possuem riscos significativos devido a volatilidade, transações...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias