Golpes com falso Elon Musk já roubaram R$ 10 milhões em criptomoedas

Segundo levantamento de agência, vítimas acreditam que ao enviar uma criptomoeda, receberá um valor mais alto em troca.

Siga no
Golpes usam imagem de Elon Musk. Imagem: Reprodução.
Golpes usam imagem de Elon Musk. Imagem: Reprodução.

Alguns vídeos que circulam pela internet, utilizando a imagem de Elon Musk, já roubaram mais de US $ 2 milhões em criptomoedas, segundo levantamento da Agência Antitruste dos Estados Unidos.

Há alguns anos, Elon Musk tem feito comentários sobre criptomoedas, como Bitcoin e Dogecoin. Como é um empresário famoso, golpistas começaram a utilizar suas imagens e vídeos para aplicarem golpes. Musk é CEO da Tesla e da SpaceX, além disso é um dos homens mais ricos do mundo, por isso sua imagem é tão usada em golpes.

As fraudes costumam acontecer em vídeos no YouTube, que duram pouco tempo, mas podem deixar vítimas pelo caminho. A média da idade de pessoas que têm caído nestes golpes seria de 20 a 49 anos, de acordo com o estudo.

Vídeos com falso Elon Musk pedindo criptomoedas já roubaram mais de R$ 10 milhões

A Federal Trade Commission, conhecida como FTC, espécie de Procon dos Estados Unidos, liberou um estudo na última segunda-feira (17). De acordo com o documento, as criptomoedas têm sido utilizadas em golpes contra a população norte-americana.

Segundo a FTC, nos últimos doze meses houve um aumento de mais de dez vezes nas perdas relatadas por investidores. Dessa forma, desde outubro de 2020, US $ 80 milhões (cerca de R$ 420 milhões) foram roubados com golpes de criptomoedas no país.

Relatório de perdas com golpes de criptomoedas de outubro de 2020 a março de 2021
Relatório de perdas com golpes de criptomoedas de outubro de 2020 a março de 2021/FTC

A FTC afirmou que as criptomoedas são um mistério para muitas pessoas, mas acabaram ficando famosas nos últimos anos. Como há fãs dessa tecnologia, que compartilham suas visões de mercado, golpistas se aproveitam para atacar vítimas.

Neste ponto, o órgão de defesa ao consumidor dos Estados Unidos alertou contra os golpes de brindes, como são conhecidos. Ao utilizar a imagem de um famoso, que estaria dando brindes, vítimas caem nos golpes. Vídeos falsos de Elon Musk, por exemplo, roubaram US$ 2 milhões de outubro de 2020 até março de 2021.

“Há “golpes de brindes”, supostamente patrocinados por celebridades ou outras figuras conhecidas no espaço da criptomoeda, que prometem multiplicar imediatamente a criptomoeda que você enviar.

Porém, as pessoas relatam que descobriram mais tarde que simplesmente enviaram sua criptomoeda diretamente para a carteira de um golpista. Por exemplo, pessoas relataram ter enviado mais de US $ 2 milhões em criptomoedas para imitadores de Elon Musk nos últimos seis meses.”

Esquemas de namoro virtual e pirâmides também são comuns, alerta autoridade dos EUA

Outros golpes que chamaram a atenção foram os de namoro virtual, quando os golpistas se disfarçam de um par romântico que quer compartilhar dicas quentes de investimentos.

“Cerca de 20% do dinheiro que as pessoas relataram perder por meio de golpes românticos desde outubro de 2020 foi enviado em criptomoeda, e muitos desses relatórios eram de pessoas que disseram pensar que estavam investindo.”

Além disso, golpes de pirâmides financeiras, esquemas de mineração, “oportunidades rápidas de ficar rico”, foram outros dos problemas detectados. Segundo a FTC, as pessoas devem suspeitar assim que detectarem essas mentiras.

“Eles geralmente oferecem vários níveis de investimento – quanto mais você investe, maior é o suposto retorno. Os sites usam depoimentos falsos e jargão de criptomoeda para parecerem confiáveis, mas promessas de retornos enormes e garantidos são simplesmente mentiras.”

Segundo o estudo, pessoas entre 20 e 49 são as principais a se declararem vítimas desses golpes. Na faixa etária entre 20 e 30 anos então, as perdas com criptomoedas são muito mais comuns que em outras fraudes.

Contudo, quando pessoas acima de 50 anos caem nos golpes, a perda média é superior a US$ 3.250,00, registrando perdas individuais maiores que as demais faixas etárias.

A Netflix liberou episódios de uma série sobre golpes com criptomoedas para ajudar as pessoas a redobrarem os cuidados com seus investimentos.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Deputado Alexandre Frota

Alexandre Frota quer Bitcoin regulamentado em seis meses

Um projeto de lei para agilizar a regulamentação do Bitcoin foi protocolado no Congresso Nacional pelo deputado Alexandre Frota (PSDB-SP). Em seu pedido, o...
Lupa em El Salvador

“El Salvador é um caso forte para adoção em massa do Bitcoin” diz Forbes

Com a adoção do Bitcoin como moeda de curso legal por El Salvador, as discussões sobre a moeda digital estão sendo ampliadas e, em...
Dogecoin. Imagem:ShutterStock

CVM da Tailândia bane Dogecoin e NFTs

Aparentemente a Comissão de Valores Mobiliários da Tailândia não é grande fã de artes digitais. O órgão regulador baniu os NFTs e todas as...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias