Família não consegue acessar carteira de criptomoeda com R$ 35 milhões e pede ajuda

Desde as primeiras tentativas frustradas e os problemas em ter acesso à carteira, a família de Williams começou uma briga para tentar recuperar o dinheiro que lhes pertencem.

Siga no
Art e Yuki Williams Family Imagem: 7News
Art e Yuki Williams Family Imagem: 7News

Uma família abriu uma campanha no Kickstarter pedindo ajuda para recuperar uma fortuna em Ethereum que eles não receberam da Fundação Ethereum após uma ICO há 7 anos. De acordo com a organizadora da campanha, Yukiko Williams, a família comprou 3 mil Ethers em 2014, mas suas moedas nunca foram entregues. 

Williams afirmou que a Ethereum Foundation enviou um arquivo JSON para a família após a compra da moeda digital, mas eles acabaram enfrentando problemas técnicos com o arquivo, que não se comportou como deveria.

“Enquanto o endereço da carteira possui os caracteres da carteira criptografada criados corretamente, o mais importante arquivo JSON não funcionou como deveria.”

Eles afirmam que uma senha foi criada, mas o arquivo JSON muito importante, que atua como uma chave privada para abrir uma carteira criptografada, nunca foi completamente baixado online.

“As instruções eram para deixar o computador ligado por uma hora e meia e conforme a barra de progressão mostrasse preenchendo o arquivo JSON apareceria. Infelizmente para nós, ele não apareceu”, diz Art Williams à ABC.

Com isso, eles não conseguem acessar os 3 mil Ethers que compraram ainda em 2014, já que o arquivo não está funcionando como deveria.

Existe um backup dessa carteira, mas o problema é que a Ethereum Foundation não enviou o arquivo como deveria, e até hoje se recusa a entregar.

“Enquanto nós tentamos tudo o possível para ter acesso a nossa carteira, A Ethereum Foundation, por outro lado, nos garantiu que eles possuem um arquivo de backup que eles nos enviaram por e-mail. Infelizmente, eles não cumpriram o combinado, já que o e-mail nunca foi enviado.”

Processo

A família entrou em contato com a Fundação e comprovou a compra das moedas. Quando a Fundação não entregou um arquivo Json de backup, ela contratou um escritório de advocacia para tentar resolver o caso.

Desde as primeiras tentativas frustradas e os problemas em ter acesso à carteira, a família de Williams começou uma briga para tentar recuperar o dinheiro que lhes pertencem.

De acordo com o relato no GoFundMe o problema ficou mais grave após o fim da venda privada e o projeto ter se tornado um grande sucesso, ficando ainda mais difícil de se comunicar com a Ethereum Foundation.

“Depois de um ano de vendas privadas, o Ethereum foi lançado. Isso tornou ainda mais difícil entrar em contato com eles com o projeto se tornado bem sucedido e atraindo milhões de entusiastas do criptomercado.”

Agora a família está precisando de ajuda para lidar com as ações jurídicas para conseguir recuperar o backup da carteira.

Após sete anos sem conseguir recuperar o arquivo, Williams disse que a família vai começar um processo através da Câmara Internacional de Comércio (ICC). Com isso, eles estão usando o GuFundMe para levantar US$ 250 mil para a batalha judicial que virá pela frente.

Campanha do GoFundMe da família de Williams.

Com certeza vale a pena a briga, mesmo que cara, por recuperar essa carteira, atualmente, esses 3 mil ethers estão avaliados em cerca de US$ 6,9 milhões, ou cerca de R$ 35 milhões de reais.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.
Praia do Forte em Cabo Frio pirâmide com Bitcoin

Eagle Eyes, empresa do “Pastor do Bitcoin” em Cabo Frio suspende saques

A empresa Eagle Eyes, que operava com sede na cidade de Cabo Frio (RJ), é mais uma possível pirâmide usando a imagem das criptomoedas...

Segunda maior pool de Ethereum encerra atividades devido a restrições na China

A SparkPool, segunda maior pool de mineração de Ethereum, anunciou que encerrará suas atividades no dia 30 deste mês. Hoje a pool é responsável...

Empreendedores vs investidores, quem ganhou mais dinheiro com criptomoedas?

Qual será a melhor estratégia para ganhar dinheiro, investir direto em criptomoedas ou empreender em setores essenciais relacionados a elas? Neste artigo faremos um comparativo...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias