3º time gamer mais famoso do mundo demite equipe por causa de golpe com criptomoedas

De acordo com investigações, o jogador Kaу despejou todos os seus tokens quase imediatamente após o início das vendas, o que sugere que ele planejou todo o esquema.

Siga no
Faze Clan
Faze Clan

A terceira organização de eSports mais popular do mundo, FaZe Clan, anunciou a demissão de seu membro Kaу, bem como a suspensão de mais três jogadores Jarvis, Nikan e Teeqo, por estarem envolvidos na promoção da criptomoeda Save the Kids (KIDS) que é considerada um golpe.

Com mais de 11 milhões de seguidores no Instagram e patrocinadores como Nissan e HTX, a influência e o alcance do time são significativos.

O esquema de criptomoedas em que os membros do FaZe estavam envolvidos fez com que eles promovessem o token KIDS e depois despejassem suas moedas no mercado. O token foi fortemente promovido por vários membros do time, que teriam sido pagos para promover a criptomoeda fraudulenta.

“Decidimos demitir o membro Kaу do FaZe Clan e suspender temporariamente Jarvis, Nikan e Teeqo por um período indeterminado. O FaZe Clan não tem nada a ver com as atividades de nossos membros no mercado de criptomoedas, e condenamos veementemente este comportamento”, – diz a conta da FaZe no Twitter.

Token golpe

A negociação do token KIDS começou no início de junho. A criptomoeda foi originalmente anunciada como sendo baseada na blockchain da Binance e projetada para “dar a cada criança a oportunidade de uma vida melhor.”

De acordo com o site do projeto, o token é “inseparável” (uma vez que “a liquidez é bloqueada por 1 ANO”) e é protegido dos chamados esquemas de “pump e dump” por “limitar o saldo da transação em 0,5% por transação”.

Sem surpresas, a KIDS acabou quebrando suas promessas.

Logo após o início das negociações, o token atingiu um preço de cerca de US $ 0,0044 em 10 de junho. No entanto, ocorreu uma liquidação massiva, fazendo com que o preço de cada KIDS caísse para cerca de US $ 0,0011.

De acordo com investigações, o jogador Kaу despejou todos os seus tokens quase imediatamente após o início das vendas, o que sugere que ele planejou todo o esquema.

Kaу também seguiu esse padrão no passado ao promover outras criptomoedas, vendendo instantaneamente todas as suas propriedades que recebeu durante a pré-venda.

Além do alegado esquema de “pump and dump”, vários outros influenciadores sugeriram que os membros envolvidos sabiam que o projeto foi projetado para roubar dinheiro de seus fãs, ao invés de apoiar uma instituição de caridade infantil.

O jogador Kay publicou um pedido de desculpas no twitter antes de ser demitido.

“Eu não analisei nada disso com minha equipe na FaZe e agora sei que deveria”, “Foi tão irresponsável da minha parte falar publicamente sobre quaisquer moedas sem saber mais e saber agora que elas podem fazer mais mal do que bem.”

Com o número de golpes de Ponzi e esquemas de pump and dump abundantes na comunidade de criptomoedas, os influenciadores estão cada vez mais sendo alvos de projetos fraudulentos por seu alcance social.

Altcoins e moedas memes em particular, costumam usar influenciadores para sustentar seu alcance nas redes sociais. Os influenciadores que tendem a ter uma base de fãs mais jovem e ingênua, portanto, precisam ser responsabilizados por suas ações e assumir a responsabilidade por situações como as acima.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.

Kid Bengala promete dar “madeirada” em quem vender criptomoeda

Após a sua grande carreira na indústria de filmes adultos, Clóvis Basílio dos Santos, mais conhecido como Kid Bengala, se tornou uma celebridade na internet...

Um dos maiores bancos dos EUA pode estar explorando empréstimos com Bitcoin

Com os bancos e outras instituições demonstrando cada vez mais interesse no criptomercado, podemos ver cada vez mais produtos ligados ao setor tradicional e...
Homem olhando bravo para notas amassadas de Real brasileiro enquanto segura o Bitcoin

Pesquisa revela que brasileiros acreditam no Real digital apenas no curto prazo

Muitos brasileiros acreditam no Real digital como uma tecnologia promissora de curto prazo, não para daqui a cinco anos. Pelo menos isso é o...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias