Fintech brasileira Remessa Online anuncia parceria com a Ripple

Siga no
Relógio com a Logo da Criptomoeda Ripple (XRP)
Relógio com a Logo da Criptomoeda Ripple (XRP)

A fintech brasileira focada em remessas internacionais, Remessa Online, anunciou uma parceria com a Ripple para realizar transferência de valores entre países por meio do sistema de liquidação em blockchain da empresa de criptomoedas.

A parceria promete mais agilidade no processo de remessas e está disponível, inicialmente somente para pessoas físicas e entre Brasil e Reino Unido. Além disso, o valor máximo que pode ser transferido no momento é de US$ 10 mil.

No mercado tradicional, uma operação deste tipo pode levar até três dias para ser concretizada e “essa demora é uma das maiores frustrações dos clientes”, diz Alexandre Liuzzi, CSO da Remessa Online, ao Infomoney.

“Estamos falando de famílias que possuem filhos estudando no exterior, por exemplo, e que precisam que o dinheiro seja transferido quase que instantaneamente”, avaliou o executivo.

Segundo a empresa o processo baseado em blockchain é muito mais ágil do que usando o Swift, tecnologia que domina o mercado de transferências internacionais e após a implantação da Faster Payments para o Reino Unido, outras regiões do mundo serão beneficiadas com soluções similares de pagamentos instantâneos.

Atualmente a Remessa Online atende mais de 200 países e as taxas variam de acordo com o local e valor da transferência. A empresa usa o dólar comercial para o câmbio, cobra IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) e uma taxa administrativa de 1,30% sobre o valor transferido.

Todas estas taxas permaneceram no serviço integrado com a Ripple que vai permitir apenas o ganho no tempo estimado para os valores estarem disponíveis.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Bitcoin pegando fogo e bandeira da China

Maior pool de mineração de Bitcoin bane chineses

Nesta segunda, a maior pool de mineração de Bitcoin baniu os mineradores chineses, mostrando que a comunidade deverá acatar a determinação do governo chinês. Na...

“Bitcoin é perigoso e não pode ser reserva de valor”, diz analista do Deutsche...

Uma analista do Deutsche Bank, chamada Marion Labor, falou sobre os perigos do uso das criptomoedas, principalmente o Bitcoin, como uma moeda legal. As...
Cadeado destravado e Bitcoin em caso de baixa segurança dos dados corretoras

ABCripto alerta sobre transações da Gas Consultoria e “Faraó dos bitcoins”

Fruto da colaboração de várias empresas do mercado de criptomoedas brasileiras, a ABCripto emitiu um alerta para as transações feitas pela Gas Consultoria e...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias