Fintech global NovaDAX chega ao Brasil

A exchange de criptomoedas ultrapassou 50 mil usuários em 60 dias de operação e quer crescer na América Latina

Siga no

Integrante do Abakus Group, companhia chinesa de soluções financeiras com mais de 130 milhões de usuários no mundo, a NovaDAX inicia suas operações no mercado brasileiro e com uma carteira de mais de 50 mil usuários nos primeiros dois meses, acompanhando seu ritmo global em aquisição de clientes.

A fintech, que já possui solidez financeira e tem times no Vale do Silício, Suíça, Cingapura, Indonésia e China, escolheu a cidade de São Paulo para sua estreia na América Latina e planeja ampliar sua presença no mercado de criptomoedas que vale US$ 139,7 bilhões de acordo com dados da CoinMarketCap.

A NovaDAX trabalha com a compra e venda de ativos digitais de quatro moedas Bitcoin, Ethereum, Ripple, Stellar, e a perspectiva é ampliar o portfólio em 2019. O vice presidente de Business Development da NovaDAX,  Mario Isaac, explica que a primeira iniciativa da fintech no Brasil foi se aproximar da comunidade local de criptomoedas e blockchain no intuito de coletar feedbacks dos usuários e fazer ajustes na plataforma antes de escalar a operação.

“Queremos promover um ambiente seguro para as negociações, pois os usuários estão cada vez mais conscientes sobre os investimentos realizados, em parte devido à volatilidade das moedas e das prováveis regulamentações que estão por vir no Brasil”, explica Isaac.

Nas últimas semanas houve movimentação intensa na cotação das criptomoedas, que chegaram a perder pelo menos 30% de seu valor, segundo a Coinranking. Mesmo com a recente queda, o setor é promissor e atrai um número cada vez maior de investidores. “O bitcoin já completou dez anos, mas ainda virão muitas mudanças que vão ajudar a estabilizar o mercado, acreditamos que este é um bom momento para quem está pensando a longo prazo”, completa Isaac.

O executivo também pontua que investir em criptomoedas traz maior liberdade na busca por retornos altos sem precisar fazer grandes desembolsos.

A fintech, que já passou pela Rodada D de investimentos, a mais avançada em nível internacional, planeja ampliar sua operação em 2019 com o lançamento de novos produtos para o mercado de moedas digitais.

O objetivo a médio e longo prazo, segundo o vice presidente, é ir além das criptomoedas, consolidando-se como um player completo para criar um ecossistema de valor com diversas soluções de ativos digitais.

Tecnologia como premissa

Utilizar uma tecnologia de ponta aliada ao melhor do blockchain é uma premissa no setor para garantir a agilidade e segurança nas transações. Por fazer parte de uma holding global, a NovaDAX conta com uma estrutura robusta para sua operação digital e a inovação se mantém estratégica para a exchange. “Temos o DNA de startup e contamos com uma equipe de desenvolvedores que acompanham o mercado e consultam os clientes constantemente para aprimorar nossa plataforma. Assim, atendemos as necessidades dos usuários ao mesmo tempo que fornecemos uma experiência diferenciada”, finaliza Mario Isaac.

Sobre a NovaDAX

Criada em 2018, a NovaDAX é uma exchange global de criptomoedas do Abakus Group, companhia chinesa de serviços financeiros com mais de 130 milhões de usuários em todo o mundo.

Com times globais no Vale do Silício, Suíça, Cingapura, Indonésia e China, a NovaDAX chegou ao Brasil em 2018 com escritório na cidade de São Paulo, sede da fintech na América Latina.

Com a proposta de oferecer soluções de ativos digitais para otimizar e agilizar as negociações do Blockchain com ferramentas de Inteligência Artificial, Machine Learning e Big Data, a NovaDAX opera atualmente com quatro moedas  Bitcoin, Ethereum, Ripple, Stellar no mercado brasileiro. Com mais de 50 mil usuários em sua plataforma em apenas 60 dias de operação, a NovaDAX busca seu espaço dentre os players de criptomoedas mundial e planeja ganhar alta relevância de mercado já em 2019.

Leia mais sobre:
Avatar
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.
programador blockchain

CPQD abre vaga de emprego para programador blockchain

Muitas pessoas buscam neste início de ano uma oportunidade de trabalho. Com o mercado de criptomoedas aquecido, várias oportunidades estão surgindo no setor. O...

Obra de arte com 250 bitcoins vendida em 2019 hoje vale R$ 42 milhões.

Em 2019, o argentino Alberto Echegaray Guevara vendeu uma obra de arte com 250 bitcoins. A obra foi apresentada na Bienal de Veneza 2019...
Três Bitcoins

Desenvolvedor da Ripple consegue recuperar bitcoins perdidos desde 2014

David Schwartz, o CTO da Ripple, contou sua história sobre a perda de bitcoins e como eles foram milagrosamente recuperados. Em um tópico no...

Cotações por TradingView

Últimas notícias

Obra de arte com 250 bitcoins vendida em 2019 hoje vale R$ 42 milhões.

Em 2019, o argentino Alberto Echegaray Guevara vendeu uma obra de arte com 250 bitcoins. A obra foi apresentada na Bienal de Veneza 2019...

Desenvolvedor da Ripple consegue recuperar bitcoins perdidos desde 2014

David Schwartz, o CTO da Ripple, contou sua história sobre a perda de bitcoins e como eles foram milagrosamente recuperados. Em um tópico no...

Mineração de Bitcoin chega ao Círculo Polar Ártico

A mineração de bitcoins chegou a um dos lugares mais frios do planeta, o Círculo Polar Ártico. De acordo com a Bloomberg, uma empresa...

Europeus esperam privacidade no Euro Digital

Manter suas informações privadas e a salvo, é o que esperam os europeus quanto ao Euro Digital. Em recente pesquisa feita pelo Banco Central...

Maior gestor de fortunas do mundo diz que Bitcoin pode cair a zero a qualquer momento

Uma das maiores gestoras de patrimônio privado do mundo acaba de se juntar a dois reguladores mundiais para alertar que os investidores em criptomoedas...