Início Exchange Fintech global NovaDAX chega ao Brasil

Fintech global NovaDAX chega ao Brasil

A exchange de criptomoedas ultrapassou 50 mil usuários em 60 dias de operação e quer crescer na América Latina

-

Integrante do Abakus Group, companhia chinesa de soluções financeiras com mais de 130 milhões de usuários no mundo, a NovaDAX inicia suas operações no mercado brasileiro e com uma carteira de mais de 50 mil usuários nos primeiros dois meses, acompanhando seu ritmo global em aquisição de clientes.

A fintech, que já possui solidez financeira e tem times no Vale do Silício, Suíça, Cingapura, Indonésia e China, escolheu a cidade de São Paulo para sua estreia na América Latina e planeja ampliar sua presença no mercado de criptomoedas que vale US$ 139,7 bilhões de acordo com dados da CoinMarketCap.

A NovaDAX trabalha com a compra e venda de ativos digitais de quatro moedas Bitcoin, Ethereum, Ripple, Stellar, e a perspectiva é ampliar o portfólio em 2019. O vice presidente de Business Development da NovaDAX,  Mario Isaac, explica que a primeira iniciativa da fintech no Brasil foi se aproximar da comunidade local de criptomoedas e blockchain no intuito de coletar feedbacks dos usuários e fazer ajustes na plataforma antes de escalar a operação.

“Queremos promover um ambiente seguro para as negociações, pois os usuários estão cada vez mais conscientes sobre os investimentos realizados, em parte devido à volatilidade das moedas e das prováveis regulamentações que estão por vir no Brasil”, explica Isaac.

Nas últimas semanas houve movimentação intensa na cotação das criptomoedas, que chegaram a perder pelo menos 30% de seu valor, segundo a Coinranking. Mesmo com a recente queda, o setor é promissor e atrai um número cada vez maior de investidores. “O bitcoin já completou dez anos, mas ainda virão muitas mudanças que vão ajudar a estabilizar o mercado, acreditamos que este é um bom momento para quem está pensando a longo prazo”, completa Isaac.

O executivo também pontua que investir em criptomoedas traz maior liberdade na busca por retornos altos sem precisar fazer grandes desembolsos.

A fintech, que já passou pela Rodada D de investimentos, a mais avançada em nível internacional, planeja ampliar sua operação em 2019 com o lançamento de novos produtos para o mercado de moedas digitais.

O objetivo a médio e longo prazo, segundo o vice presidente, é ir além das criptomoedas, consolidando-se como um player completo para criar um ecossistema de valor com diversas soluções de ativos digitais.

Tecnologia como premissa

Utilizar uma tecnologia de ponta aliada ao melhor do blockchain é uma premissa no setor para garantir a agilidade e segurança nas transações. Por fazer parte de uma holding global, a NovaDAX conta com uma estrutura robusta para sua operação digital e a inovação se mantém estratégica para a exchange. “Temos o DNA de startup e contamos com uma equipe de desenvolvedores que acompanham o mercado e consultam os clientes constantemente para aprimorar nossa plataforma. Assim, atendemos as necessidades dos usuários ao mesmo tempo que fornecemos uma experiência diferenciada”, finaliza Mario Isaac.

Sobre a NovaDAX

Criada em 2018, a NovaDAX é uma exchange global de criptomoedas do Abakus Group, companhia chinesa de serviços financeiros com mais de 130 milhões de usuários em todo o mundo.

Com times globais no Vale do Silício, Suíça, Cingapura, Indonésia e China, a NovaDAX chegou ao Brasil em 2018 com escritório na cidade de São Paulo, sede da fintech na América Latina.

Com a proposta de oferecer soluções de ativos digitais para otimizar e agilizar as negociações do Blockchain com ferramentas de Inteligência Artificial, Machine Learning e Big Data, a NovaDAX opera atualmente com quatro moedas  Bitcoin, Ethereum, Ripple, Stellar no mercado brasileiro. Com mais de 50 mil usuários em sua plataforma em apenas 60 dias de operação, a NovaDAX busca seu espaço dentre os players de criptomoedas mundial e planeja ganhar alta relevância de mercado já em 2019.

Nexo

Empréstimos na hora por transferência bancária usando sua criptomoeda como garantia sem vendê-la. Ganhe juros de até 8% ao ano em suas Stablecoins.

Comece agora
Leia mais notícias sobre:
Curta nossa página no Facebook e também no Twitterpara começar e terminar o dia bem informado. Cadastra-se também na Newsletter para receber em seu e-mail.
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.

MAIS LIDOS

Unick Voltou? “Unick International” promete trazer empresa de volta

Unick Universal, este é o nome da suposta "nova Unick". Em um vídeo que circula nas redes sociais, e um novo site, o projeto...

Cliente acusa maior youtuber de Bitcoin do Brasil de fazê-lo perder R$ 90 mil com pirâmide

O YouTuber Ronaldo Silva, dono do canal Ronaldo Silva – Bitcoin RS, com mais de 161 mil inscritos e que oferece há anos o...

CVM não reconhece acordo proposto pela Genbit

A CVM (Comissão de Valores Mobiliários) não reconheceu a proposta (Termo de Compromisso) apresentada pela Genbit - antiga Zero10 Club – para tentar encerrar...

Criador do C++ repudia o uso de sua linguagem de programação para criação do bitcoin

O cientista da computação dinamarquês Bjarne Stroustrup, criador da linguagem de programação C++, comentou sobre sua frustração com o uso da linguagem de programação...

“De 5 mil, apenas 40 criptomoedas possuem liquidez”, afirma trader

Um trader e analista de criptomoedas, Willy Woo, afirmou que pouquíssimas criptomoedas são consideradas "bons investimentos". O trader utilizou dados do Coinmarketcap para apontar...

Unick Forex Caiu. PF cumpre mandatos de prisão

Finalmente a Unick caiu. A Polícia federal cumpre na manhã desta quinta feira dez mandatos de prisão contra a empresa que prometia dobrar investimentos...

Escreva seu comentário:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Unick Voltou? “Unick International” promete trazer empresa de volta

Unick Universal, este é o nome da suposta "nova Unick". Em um vídeo que circula nas redes sociais, e um novo site, o projeto...

Cliente acusa maior youtuber de Bitcoin do Brasil de fazê-lo perder R$ 90 mil com pirâmide

O YouTuber Ronaldo Silva, dono do canal Ronaldo Silva – Bitcoin RS, com mais de 161 mil inscritos e que oferece há anos o...

CVM não reconhece acordo proposto pela Genbit

A CVM (Comissão de Valores Mobiliários) não reconheceu a proposta (Termo de Compromisso) apresentada pela Genbit - antiga Zero10 Club – para tentar encerrar...

Criador do C++ repudia o uso de sua linguagem de programação para criação do bitcoin

O cientista da computação dinamarquês Bjarne Stroustrup, criador da linguagem de programação C++, comentou sobre sua frustração com o uso da linguagem de programação...