Fundador da Cardano participa de debate sobre regulamentação das criptomoedas no Congresso dos EUA

Seguindo, Hoskinson comenta que é um tanto irônico estarem falando sobre regulamentação sobre criptomoedas, afinal elas são os ativos mais transparentes do mercado. Como exemplo, cita que todas transações do Bitcoin estão registradas, desde 2009, sendo possível saber até mesmo quais moedas pertencem a Satoshi Nakamoto.

Charles Hoskinson, fundador da Cardano (ADA), em testemunho ao Congresso dos EUA.
Charles Hoskinson, fundador da Cardano (ADA), em testemunho ao Congresso dos EUA.

Charles Hoskinson, fundador da Cardano (ADA), participou de um debate sobre regulamentação das criptomoedas nesta quinta-feira (23). Realizado no Congresso dos EUA, a conversa também contou com a presença de outros players da indústria, bem como de instituições governamentais.

Em suma, Hoskinson mostrou-se contente em como o setor está sendo regulado. Entretanto, frisou que tais medidas precisam ter um foco, apontando que regulamentação pode ter ligação com proteção ao consumidor, sanções ou então estabilidade dos mercados, podendo ter diferentes abordagens.

Usando galinhas como comparação às criptomoedas, Hoskinson argumenta ser inútil regular algo que seja realmente descentralizado, e que legisladores devem levar isso em conta, sugerindo que os mesmos foquem em valores éticos em vez de rótulos.

Não há outro ativo financeiro tão transparente quanto as criptomoedas

Iniciando sua fala, Charles Hoskinson, fundador da Cardano (ADA), resume a história das criptomoedas em poucos minutos. Finalizando, aponta que para falar sobre regulamentação, é necessário ter a humildade de admitir que inovação cria dificuldades específicas.

“Em vez disso, devemos focar em princípios […] Criptomoedas são células-tronco financeiras em sua essência, elas podem ser praticamente qualquer ativo e podem mudar com o tempo, os princípios não mudam.”

Seguindo, Hoskinson comenta que é um tanto irônico estarem falando sobre regulamentação sobre criptomoedas, afinal elas são os ativos mais transparentes do mercado. Como exemplo, cita que todas transações do Bitcoin estão registradas, desde 2009, sendo possível saber até mesmo quais moedas pertencem a Satoshi Nakamoto.

Quanto a rótulos, de que determinada criptomoeda seja uma security ou uma commodity, Hoskinson aponta que este não deveria ser o foco. Para o fundador da Cardano, seria mais inteligente focar em pontos aos quais queremos proteção, como golpes, por exemplo.

“Commodities são intrinsecamente descentralizadas. Cultivo feno na minha fazenda, e não tenho que pedir permissão, não somos a União Soviética, não regulamos as coisas desta forma,” argumenta Hoskinson. “Então quando as vendo, isso entra no mercado global, e este mercado tem regras, princípios e proteções.”

“Então, se as criptomoedas são realmente descentralizadas, então faz sentido incorporar isso em uma estrutura regulatória que seja desenhada para coisas assim.”

Portanto, o fundador da Cardano argumenta que regulamentar criptomoedas verdadeiramente descentralizadas seja uma perda de tempo. Em vez disso, o governo deveria focar em manipulações de mercado, carteis e outras atividades que são nocivas à sociedade.

O vídeo completo sobre o Congresso dos EUA debatendo a regulamentação das criptomoedas está disponível abaixo.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias