Fundadores da Gala Games se processam por roubo e token despenca

As ações legais representam uma tempestade para a Gala Games, uma empresa que vinha ganhando espaço como uma plataforma de jogos blockchain emergente.

O preço da criptomoeda GALA despencou 11% nas últimas 24 horas depois que os cofundadores da empresa se processaram. De acordo com uma ação divulgada no último final de semana, o CEO da Gala Games, Eric Schiermeyer, entrou com um processo contra o cofundador Wright Thurston, alegando que este último, roubou US$ 130 milhões em tokens GALA.

Ao mesmo tempo, Thurston abriu um processo contra Schiermeyer, alegando que o CEO havia administrado mal os fundos da empresa e desperdiçado milhões de dólares em ativos.

Como resultado, o token GALA caiu mais de 11% em poucos minutos, saindo da casa de US$ 0,020 e chegando a ser negociado por US$ 0,015.

Acusação de roubo de tokens

O CEO da Gala Games, Eric Schiermeyer, acusa Wright Thurston e sua empresa de investimentos, True North United Investments, de desviar aproximadamente US$ 130 milhões em tokens GALA.

De acordo com a ação, os tokens inicialmente depositados em uma carteira controlada pela Gala Games foram transferidos para 43 carteiras controladas por Thurston.

Quando questionado, Thurston inicialmente alegou que estava “protegendo” os tokens para a Gala Games. No entanto, ele foi pego fazendo mixagem de transações com os tokens, que foram finalmente vendidos ou trocados.

No mesmo dia, a True North, sob o comando de Thurston, também lançou uma ação legal. Eles acusam Schiermeyer de desperdício corporativo e uso impróprio de ativos da Gala Games.

Segundo o processo, Schiermeyer teria criado entidades Gala na Suíça e em Dubai sem o conhecimento ou aprovação de Thurston, e não teria fornecido informações quando solicitado.

Ampliando a controvérsia, em março, a Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC) havia processado Thurston e suas empresas por seu envolvimento em um suposto esquema de mineração de criptomoedas. Isso lançou dúvidas sobre a integridade e a conduta empresarial de Thurston.

O que está em jogo

As ações legais representam uma tempestade para a Gala Games, uma empresa que vinha ganhando espaço como uma plataforma de jogos blockchain emergente.

Com os dois cofundadores envolvidos em batalhas legais, a estabilidade e a governança da empresa estão em apuros.

Schiermeyer está buscando a remoção de Thurston da diretoria e uma série de reparos, incluindo a devolução dos tokens GALA desviados. Em contrapartida, Thurston está pedindo a remoção de Schiermeyer e mais de US$ 750 milhões em danos.

Comunidade reage

Até o momento, as tentativas de obter comentários dos advogados representando os dois lados foram infrutíferas.

A comunidade de jogos e investidores em criptomoedas está em choque com o caso, já que o resultado pode ter implicações significativas não apenas para a Gala Games, mas para a indústria de jogos blockchain como um todo.

Enquanto isso, à medida que os traders começaram a vender as suas participações em Gala, o token registrou sua menor contagem de endereços ativos diários desde 10 de junho, revelaram dados da Santiment.

Segundo a empresa de análise de blockchain, 580 endereços estiveram envolvidos em transações GALA na madrugada de hoje, a menor contagem diária do último mês.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Siga o Livecoins no Google News.

Curta no Facebook, TwitterInstagram.

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Leia mais sobre:
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias

Bitcoin 2024

Últimas notícias