Fundo de investimentos em criptomoedas considera vender ativos e pedir resgate

Fundo não tem honrado nem com saques a clientes e medo cresce.

Dinheiro Bitcoin caído
Dinheiro Bitcoin caído

A queda do mercado de criptomoedas começa a afetar empresas que estavam com muito dinheiro investido no setor, mas que não fizeram um bom gerenciamento de risco em suas posições. Um dos fundos de investimentos em criptomoedas mais famosos, por exemplo, já considera vender seus ativos e pedir resgate.

Essa situação chamou atenção após uma venda em massa de Ethereum nos últimos dias, sendo mais um caso nebuloso no mercado de moedas digitais.

Isso porque, o fundo da Three Arrows Capital (“3ac”) era uma dos grandes investidores da Web3, não só pela rede Ethereum. No entanto, seus administradores começaram a negar saques de investidores e não tem nem mesmo atendido clientes apropriadamente.

Fundo de investimento em criptomoedas considera pedir resgate, diz jornal

O The Wall Street Journal (WSJ) divulgou na última sexta-feira (17) que o fundo 3ac já considera vender todos os seus ativos para tentar enfrentar a crise instaurada com a queda do mercado.

Além disso, o fundo de investimentos em criptomoedas poderá pedir o resgate, visto que a fase em que atravessa não é nada fácil.

Nos últimos dias, a situação da empresa preocupou investidores do mercado de criptomoedas, visto que nos anos anteriores o 3ac mostrou um grande crescimento.

Parte dos investimentos da empresa foi em Ethereum e seu ecossistema, embora nessa semana o endereço ligado ao fundo foi flagrado liquidando moedas no mercado.

Os NFTs adquiridos pelo fundo também foram vendidos, mostrando um certo desespero em sair de suas posições. O caso, contudo, gera uma reação em cadeia que já afeta outras companhias pelo mundo todo.

Empresas foram contaminados pelo problema do 3ac

Um dos problemas que mais agrava a situação da 3ac é a falta de transparência dos seus líderes com as empresas das quais eles tinham negócios.

Uma das empresas afetadas é a 8BlocksCapital, que trabalhava com trade quantitativo e tinha uma parceria com o 3ac. Pelo Twitter, o chefe de trade da empresa, Danny, disse que eles mantinham uma boa relação há mais de um ano, mas agora não conseguem nem saber as mínimas informações, visto que não são mais atendidos pelos líderes do 3ac.

Outra empresa que anunciou publicamente problemas pela sua ligação com o fundo de investimentos em criptomoedas que deve pedir resgate em breve foi a Finblox, que divulgou, na última quinta-feira (16), um comunicado aos seus clientes de que estaria restringindo os saques e pausando a distribuição de rendimentos.

Essa empresa chegou a oferecer rentabilidades de 90% APY com criptomoedas, mas agora é mais uma afetada que não deve conseguir honrar com suas promessas.

O caso mostra que muitas empresas terceirizaram suas promessas de rendimentos e agora enfrentam problemas por deixarem recursos com o fundo 3ac, que não tem divulgado nenhuma atualização pública sobre os problemas que enfrenta e como está conduzindo a situação para resolvê-los.

Essa situação pode ter acirrado a queda do Bitcoin, que perdeu os US$ 20 mil neste sábado (18).

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias