Fundo de MultiCriptomoedas superou rendimento do Bitcoin

Irmãos de 29 anos são os donos da empresa!

-

Siga no
Fundo Brilhando e Bitcoin
Fundo Brilhando e Bitcoin
Anúncio

Desde 2017, quando o Bitcoin ultrapassou marcas fenomenais de preços, a valorização de um fundo multicriptomoedas tem observado este mercado com cautela. Algumas criptomoedas não podem ser compradas para superar o desempenho do mercado.

No mercado de valores tradicional, superar os rendimentos da IBOVESPA é algo esperado por traders. Já no mercado de renda fixa, observar o rendimento do CDI é o que separa um bom investimento de um mal.

No mercado de criptomoedas, o melhor índice certamente é o Bitcoin, moeda que se valorizou mais que 9.000% nos últimos dez anos. Isso porque existem mais que 6 mil criptomoedas no mundo. Ou seja, qual a melhor cesta de investimentos em criptomoedas para superar o Bitcoin?

Fundo de MultiCriptomoedas afirma que superou rendimento do Bitcoin

Anúncio

Para superar o chamado o rendimento do ouro digital, nome que é dedicado ao Bitcoin, dois irmãos de 29 anos criaram a Multicoin. A empresa é um fundo de hedge que administra milhões em ativos de clientes.

Caso as criptomoedas tenham um bom desempenho, o fundo se dá bem no mercado. Como é um fundo de hedge, o principal lema é não perder dinheiro com investimentos ativos digitais diversificados.

O fundo da Multicoin aposta em uma cesta de investimentos de onze criptomoedas, que contém o Bitcoin e a Binance Coin. Em entrevista para a Forbes, os irmãos não revelaram quais são as outras criptomoedas em que apostam, e nem a quantidade em que é alocado em cada uma.

Mesmo assim, o fundo da Multicoin já conseguiu bater o Bitcoin desde 2017, ano da maior alta da criptomoeda. Entre 01/10/2017 e 31/10/2019, o fundo conseguiu dar aos clientes 143% de retorno, ao invés de 109% garantidos apenas com quem investiu no Bitcoin.

Fundo de MultiCriptomoedas superou rendimento do Bitcoin
Fundo de MultiCriptomoedas superou rendimento do Bitcoin – Reprodução/Forbes

Três criptomoedas que devem ser evitadas na hora de se investir

De acordo com a Forbes, os investidores não passaram apenas por bons momentos com os investimentos em várias criptomoedas. Isso porque, ao se investir na EOS, por exemplo, os investidores não perceberam os riscos desse projeto.

Atualmente na posição 7 em valor de mercado, a EOS foi lançada em seu IPO por U$ 11,60. Os investidores, que pegaram o início do projeto, garantem que poderiam ter analisado melhor os investimentos na EOS, que atualmente vale U$ 4 por unidade.

Outra moeda que o Fundo MultiCriptomoedas da Multicoin evita totalmente é a Ripple. Recentemente chamada de shitcoin pelo CEO da BitMex, a Ripple é uma das criptomoedas que deve ser evitada, de acordo com os irmãos. Eles afirmaram para a Forbes que possuem publicamente poucas XRP.

Além disso, não veem potencial da Zcash, outra moeda que acreditam que irá valer zero nos próximos anos. Esta é uma das moedas que mais perderam valor em sua história, da qual os investidores acreditam que irá morrer.

Daqui a dois anos, o zcash vale zero

Os irmãos da Muticoin afirmam que com quatro ideias simples, investidores iniciantes poderiam diminuir os riscos das criptomoedas. Às duas primeiras ideias seriam comprar o Bitcoin (BTC) e a Binance Coin (BNB). Já às duas ideias finais, seria de evitar a compra da Ripple (XRP) e da Zcash (ZEC).

Ideias para investimentos em criptomoedas
Ideias para investimentos em criptomoedas – Reprodução/Forbes

Por fim, os investidores do Fundo MultiCriptomoedas, que superaram o rendimento do Bitcoin, apontam que este é um mercado de muitas oportunidades. A principal explicação é que este é um mercado ineficiente, logo, há oportunidades para fundos multimercados brilharem.

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Leia mais sobre:
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
FinCEN Files

Documentos vazados revelam que bancos lavaram R$ 10 trilhões em dinheiro ligado a crimes

Mais de 2.100 documentos secretos da FinCEN, Rede de Combate a Crimes Financeiros dos EUA, foram vazados e os detalhes desses arquivos trazem informações...
Europa (União Europeia e Bitcoin)

Europa vai regulamentar Bitcoin até 2024, apontam documentos

Segundo documentos vazados para a imprensa, a Europa vai regulamentar o Bitcoin até 2024 em todos os países membros do bloco. O tema ganhou...
Cristo Redentor, símbolo no Brasil (Rio de Janeiro), e Bitcoin (BTC Blockchain)

Brasil desenvolve com blockchain uma identidade descentralizada

O Brasil caminha rumo às novas tecnologias e já desenvolve com uso da blockchain um novo projeto. Chamada de identidade descentralizada, a solução promete...

Últimas notícias

Europa vai regulamentar Bitcoin até 2024, apontam documentos

Segundo documentos vazados para a imprensa, a Europa vai regulamentar o Bitcoin até 2024 em todos os países membros do bloco. O tema ganhou...

Brasil desenvolve com blockchain uma identidade descentralizada

O Brasil caminha rumo às novas tecnologias e já desenvolve com uso da blockchain um novo projeto. Chamada de identidade descentralizada, a solução promete...

Polícia desarticula sequestro que pedia Bitcoin pelo resgate de mulher

Um sequestro de uma mulher no Ceará, que pedia R$ 1 milhão em Bitcoin como resgate, foi desarticulado pela polícia civil em 12 horas....