Ex analista da Goldman Sachs: “Pior crise de insolvência da história está chegando”

O atual sistema está em risco de colapso por causa da recente pandemia

-

Siga no
Quando a inflação atinge níveis históricos, o dinheiro fiduciário começa a não valer nada.
Até quando os EUA poderá imprimir trilhões sem fazer o dólar quebrar?
Anúncio

A pandemia causada pelo coronavírus tem se mostrado um evento marcante e que com certeza vai continuar impactando diferentes setores. Existe uma grande preocupação econômica em meio à situação e Raoul Pal, um famoso ex-gerente da Goldman Sachs, afirmou que estamos prestes passar pelo “maior evento de insolvência da história”.

Curiosamente, uma das maneiras que Raoul escolheu para proteger o seu dinheiro foi ter alterado 25% do seu portifólio para o Bitcoin.

De acordo com a Forbes, Raoul acredita que a crise do coronavírus vai durar ainda mais e causar um problema de insolvência amplo e devastador. Em sua participação no podcast Lindzanity, Raoul afirmou:

“Eu acredito que o balanço das probabilidades é que esse é um evento muito maior – em termos de impacto econômico – do que as pessoas estão acreditando. Eu acredito que há uma grande mudança vindo disso.”

Anúncio

Raoul Pal é um respeitado membro do setor financeiro, além de ter tido um grande período na Goldman Sachs, ele também é chefe de pesquisa na Global Macro Investor e fundador da plataforma de mídia com foco em finanças e negócios Real Vision Group.

O aumento da crise

Mercado de ações em queda, pior crise desde 2008?
A primeira pandemia do século XXI foi um grande golpe para a economia mundial.

O atual sistema está em risco de colapso por causa da recente pandemia. Ainda de acordo com a Forbes, os EUA estimam que a taxa de desemprego pode chegar a 32% nos próximos três meses, com mais e 47 milhões de americanos perdendo seus empregos. A estimativas são da Reserva Federal dos EUA (Fed).

Pal também acredita que isso vai mudar consideravelmente como as atuais e próximas gerações enxergam o setor financeiro.

“Essa será uma mudança geracional…Isso fará com que as gerações mais novas enxerguem tudo diferente para sempre. Eles irão olhar com suspeita para o sistema de aposentadoria, que vai falhar. Eles vão olhar para o mercado de securities e pensar ‘isso não é para mim’. Eles vão ter mais opiniões diferentes sobre riscos e poupança do que as gerações anteriores.”

O especialista acredita que estamos vivendo em um momento catalizador dessa mudança generalizada e isso pode levar a uma mudança no paradigma geral na parte econômica, o que já vinha acontecendo em passos menos acelerados.

Pode ser que, ao observar a falha do sistema financeiro tradicional, as próximas gerações apostem em outros ativos.

O Bitcoin como reserva de valor?

Bitcoin Insolvência
Bitcoin pode ser um escudo contra a crise de insolvência.

A maior criptomoeda do mundo claramente falhou como reserva de valor no começo da crise. Isso porque o preço despencou quase 50% em pouco tempo, quando a pandemia começou a atingir níveis alarmantes.

No entanto, o ativo digital vem fortalecendo a sua posição dentro da crise e nas últimas semanas vem recuperando o seu valor. Aos poucos o Bitcoin pode estar se mostrando uma forma importante de enfrentar as crises e pode estar no centro dessa mudança geracional proposta por Pal, auxiliando contra a crise de insolvência proposta.

Não é à toa que ele está apostando boa parte do seu portfólio no Bitcoin.

“Do dinheiro líquido que eu tenho disponível…a minha alocação que vou manter para os próximos 12 meses, talvez mais tempo, é 25% Bitcoin, 25% ouro, 25% dinheiro e 25% oportunidades de negociação.”

Durante o momento da escrita dessa matéria o Bitcoin estava em um momento de valorização, apresentando uma alta de mais de 5% nas últimas 24h e se mantendo acima do nível de US$7.100, a mais recente resistência quebrada pela moeda.

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Avatar
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.
Ministério da Justiça - Palácio

Ministério da Justiça promove a blockchain no setor público

Na próxima segunda-feira (21), o Brasil acompanha um webinário importante sobre tecnologia. Promovido pelo Ministério da Justiça, a tecnologia blockchain aplicada ao setor público...
Moeda digital Bitcoin em destaque com fundo preto

MPF destaca evento sobre Bitcoin feito pela Interpol

Autoridades de todo o mundo buscam entender mais sobre as criptomoedas e o Bitcoin. Em um evento na próxima semana, feito com apoio da...
Carvão e tecnologia blockchain

Minas Gerais lança projeto blockchain para controle de carvão

O carvão é considerado um dos principais recursos naturais para obtenção de energia no mundo. Dessa forma, um dos estados que o produz no...

Últimas notícias

MPF destaca evento sobre Bitcoin feito pela Interpol

Autoridades de todo o mundo buscam entender mais sobre as criptomoedas e o Bitcoin. Em um evento na próxima semana, feito com apoio da...

Minas Gerais lança projeto blockchain para controle de carvão

O carvão é considerado um dos principais recursos naturais para obtenção de energia no mundo. Dessa forma, um dos estados que o produz no...

Investidores se confundem e compram criptomoeda errada que valoriza 500.000% com confusão

Recentemente o projeto Uniswap (UNI) tem ganhado muito a atenção dos investidores, principalmente após ter sido listado na Coinbase, a maior corretora de bitcoin...