Bitcoin começa semana com alta de 5% e ultrapassa US $ 7.100

Siga no

Desde que a economia global começou a sentir os efeitos da pandemia do coronavírus, o bitcoin chegou a cair para baixo dos 5 mil dólares. Porém, desde o início deste mês parece que o ativo digital está começando a se recuperar.

A prova deste fato está nas últimas horas, quando a criptomoeda alcançou novamente a barreira dos 7 mil dólares, feito que não conseguia há semanas. Consequentemente, sua cotação atual o coloca na casa dos 7.100 dólares.

A grande dúvida dos investidores e analistas é, no entanto, se a criptomoeda será capaz de segurar a atual cotação. Com relação aos seus preços, o Bitcoin está 20% abaixo dos valores pré-cash de 9 mil dólares, algo que tem animado o criptomercado.

Bitcoin. Imagem: Coindesk

De fevereiro para abril, a dominancia do ativo digital no mercado de criptomoedas passou de 62% para 65%. Apesar disso, a taxa de hash do bitcoin permaneceu praticamente estável durante o mês de março.

Seja como for, além do Bitcoin várias outras criptomoedas estão operando com alta nesta segunda.

Ativos digitais importantes como o Ethereum e o XRP estão com valorização de 0,7% e 0,5% respectivamente. Além disso, a ZIL está operando com valorização de 15%, XLM com alta de 12%, e a TRX registra 10% de aumento em seus ganhos.

Ao que tudo indica, esta semana pode ser marcar um novo impulso para o criptomercado.

Criptomoedas 06 04 2020. Imagem: Coin Market Cap
Criptomoedas 06 04 2020. Imagem: Coin Market Cap

Fatores importantes a serem considerados

Algo que tem acontecido é com relação ao Bitcoin é que a rede para transações continua operado com força total. Como consequência disso está o fato de que há registros de quantias milionárias de Bitcoin que vem sendo transferidas por taxas irrisórias.

Somente na semana passada, um total de 100 mil criptomoedas no valor de 633 milhões de dólares foi enviada de uma carteira digital para outra por apenas 26 centavos.

Este também pode ser um momento chave para impulsionar a alta da criptomoeda, considerando que o halving está previsto para o próximo mês.

Somando estes dois aspectos, há ainda as projeções de comportamento gráfico do Bitcoin, que indicam a tendência de que o ativo digital permaneça no verde. Assim, no momento, sua valorização está em quase 6%.

Diante deste quadro, é preciso esperar para ver o que esta semana reserva para o Bitcoin e o criptomercado de forma geral. Caso a tendência de alta se confirme, todas os investidores que aproveitaram o momento de queda do ativo digital para compra-lo podem receber os lucros daquilo que compraram em breve.

Jeferson Scholz
Jeferson Scholz
Jornalista. Escrevi dois artigos acadêmicos publicados no congresso de comunicação INTERCOM, e fui diretor do documentário universitário "Planeta dos Desmortos - O Mito Zumbi".

Governo da Ucrânia ensina bitcoin para população

O Ministério da Transformação Digital da Ucrânia criou uma campanha para ensinar  bitcoin, blockchain e criptomoedas para a população. Os vídeos foram desenvolvidos em...

Impressora de dinheiro ligada: BC aumentou em quase 50% base monetária em 12 meses

O Banco Central do Brasil imprimiu muito dinheiro nos últimos doze meses, inflando a base monetária do país. De acordo com o BC houve...
BCHA-51-attack

Grupo anônimo de baleias lança ataque 51% contra fork do Bitcoin Cash

A rede da criptomoeda Bitcoin Cash ABC (BCHA), que surgiu no meio do mês como resultado de um hard fork do Bitcoin Cash, está...

Últimas notícias

Impressora de dinheiro ligada: BC aumentou em quase 50% base monetária em 12 meses

O Banco Central do Brasil imprimiu muito dinheiro nos últimos doze meses, inflando a base monetária do país. De acordo com o BC houve...

Grupo anônimo de baleias lança ataque 51% contra fork do Bitcoin Cash

A rede da criptomoeda Bitcoin Cash ABC (BCHA), que surgiu no meio do mês como resultado de um hard fork do Bitcoin Cash, está...

30 bilionários possuem bitcoin, mas não falam sobre isso, revela milionário do Twitter

O multimilionário filantrópico Bill Pulte, apelidado de "Bitcoin Bill" após sua entrada no mercado de bitcoin em dezembro de 2019, afirmou em uma live...