GooDream chega ao fim deixando investidores sem receber

Sócios da empresa alegam que não conseguem reaver dinheiro aplicado em plataforma mundial.

Siga no

Mais uma empresa que oferecia produtos relacionados a investimentos em Bitcoin no Brasil chegou ao fim. Os negócios da GooDream Global vão encerrar suas atividades, após alegar problemas com pagamentos em plataforma mundial.

A GooDream está com problemas para liquidar pagamentos relacionados a investimentos realizados na plataforma. Esse problema está relacionado com uma plataforma “mundialmente conhecida, conforme revelam os sócios da empresa. Contudo, Alan e Oziel preferem não revelar qual empresa seria, em busca de resolver a situação amigavelmente.

Empresa oferece criptomoeda como forma de saque

A situação da GooDream Global agrava-se a partir do momento em que os investidores deixaram de receber por aquilo que foi aplicado na empresa. Um recente vídeo publicado na internet revela que a GooDream Global busca uma forma de contornar o problema.

A empresa, com atuação no Paraná, está oferecendo saques em uma criptomoeda chamada prydiumcoin. Essa seria a forma dos investidores sacarem o que ainda tivessem armazenado na plataforma. Sem dar maiores detalhes da exchange em que houve um problema de saque, a empresa anunciou problemas para dar continuidade as suas atividades.

“Nós estamos com problema de reaver dinheiro, que nós temos investidos, de uma plataforma conhecida mundialmente.”

“Essa plataforma não é só a GooDream que está tendo essa dificuldade. Até onde se sabe, outras pessoas e empresas também estão em dificuldades iguais em receber os valores que estão nesta plataforma”.

Negócios usavam imagem do bitcoin na vinheta

Em um vídeo que aparece os responsáveis pela empresa, Alan Souza Oziel Rodrigues comentam sobre os problemas da GooDream Global. Logo na abertura da imagem promocional da logo da empresa, a imagem do bitcoin é atrelada ao nome da GooDream Global.

A criptomoeda supostamente era utilizada pela empresa para realizar investimentos e atrair clientes. Assim como todo um esquema que revela indícios do que comumente é conhecido no mercado como pirâmide financeira.

Imagem de bitcoin era usada pela empresa

GooDream Global oferecia até BMW

Com planos de carreiras que ofereciam até BMW, os negócios da GooDream Global chegaram ao fim. Com pontuações que ofereciam prêmios, a empresa organizava uma rede de investidores através do conhecido marketing multinível.

A empresa também teria mudado o nome recentemente para continuar a atuar no mercado. Antes de ter o Global no final do nome, a GooDream já atuava no mercado financeiro brasileiro.

Mas uma oferta de lucro fixo pode fazer com que investigações apontem para um esquema de pirâmide financeira na GooDream Global.

CVM não compactua com negócios do tipo da GooDream Global

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) atua para combater empresas que oferecem produtos relacionados a investimentos fraudulentos no Brasil. Essa comissão é responsável não somente por fiscalizar, mas como também, denunciar empresas irregulares que atuam no país.

Dentre as diversas recomendações pertinentes ao universo de investimentos brasileiro encontra-se uma norma de oferta desses produtos. A oferta de produtos de investimentos somente pode acontecer sem a garantia de lucro fixo como propaganda do negócio.

Somente em ativações de cadastros mensais os investidores da GooDream Global podiam ganhar 40% segundo propaganda da própria empresa. Os planos binários renderia supostamente 18% de lucro para a equipe, de acordo com a GooDream Global. Essas informações seriam o suficiente para que a empresa fosse investigada pela CVM.

Paulo Carvalho
Paulo Carvalho
Jornalista em trânsito, escritor por acidente e apaixonado por criptomoedas. Entusiasta do mercado, ouviu falar em Bitcoin em 2013, mas era que nem caviar, "nunca vi, nem comi, só ouço falar".
Etiopia-bitcoin

Etiópia descobre bitcoin e volume dispara

O bitcoin chegou à Etiópia, um país africano muito pobre e dividido que se orgulha de nunca ter sido colonizada. A Etiópia é o...
Niall Ferguson

“Bitcoin está vencendo a revolução monetária”, diz premiado historiador da Bloomberg

Niall Ferguson é um premiado jornalista, historiador financeiro, comentarista político e uma figura muito respeitada dentro do mercado financeiro, sendo até um conselheiro de...
Bitcoin-carta-amigos-e-familiares

Desenvolvedor do bitcoin escreve carta para amigos e família: “comprem bitcoin”

O bitcoin continua se mostrando um investimento por diferentes motivos, tanto para quem realiza trades quanto para quem vê a moeda como uma reserva...

Últimas notícias

“Bitcoin está vencendo a revolução monetária”, diz premiado historiador da Bloomberg

Niall Ferguson é um premiado jornalista, historiador financeiro, comentarista político e uma figura muito respeitada dentro do mercado financeiro, sendo até um conselheiro de...

Desenvolvedor do bitcoin escreve carta para amigos e família: “comprem bitcoin”

O bitcoin continua se mostrando um investimento por diferentes motivos, tanto para quem realiza trades quanto para quem vê a moeda como uma reserva...

Comunistas adotam o bitcoin

Use blockchain para “aproveitar os meios de produção monetária”. É assim que começa o livro escrito pelo filósofo Mark Alizart, Criptocomunismo. Ele argumenta que a...