Google descobre que funcionários de empresa terceirizada aplicavam golpes com Bitcoin

Siga no
Bitcoin e Google
Bitcoin e Google

O uso de trabalho terceirizado é bem comum entre as grandes empresas. Mas o que fazer quando uma dessas contratadas têm funcionários envolvidos em esquemas de golpe? o Google cancelou o contrato com a companhia da Filipinas chamada Sykes após descobrir que alguns funcionários promoveram um golpe com Bitcoins.

A empresa que tinha um contrato com o Google para a terceirização de diferentes atividades revelou no começo desse mês que muitos de seus funcionários estavam envolvidos em atividades ilegais, principalmente golpes com Bitcoins.

“Nós servimos muitas das maiores empresas do Mundo com um alto grau de integridade e nós levamos essas alegações de fraude muito a sério.

Nos últimos meses nós descobrimos que um grupo de nossos funcionários violaram os padrões de conduta.”, disse a Sykes em um comunicado.

Apesar do comunicado oficial não ter informado qual era o golpe, a mídia local revelou a ligação dos supostos golpes utilizando o Bitcoin.

De acordo com as informações, três funcionários da Sykes em Cebu, cidade da Filipinas, roubaram e converteram cerca de 60 milhões em pesos Filipinos (cerca de R$ 6,92 milhões) de cartões presentes do Google em Bitcoins.

Também houveram vários rumores de que a empresa iria demitir centenas de funcionários por causa desses incidentes, mas ela negou todos os rumores. Ao invés a Sykes demitiu os três funcionários identificados como golpistas. Não há informação sobre algum processo legal ou criminal contra esses funcionários.

Mesmo com a empresa tomando as ações necessárias para prevenir esse tipo de atividade de acontecer novamente, o Google cancelou seus contratos com a Sykes e mudou a operação para outra empresa.

Filipinas já está acostumada com golpes em Bitcoin

Bitcoin Revolution é muito popular nas Filipinas e é um dos maiores golpes internacionais.

Apesar do golpe ter tido um caráter mais interno e corporativo, a Filipinas está bem acostumada com os muitos golpes envolvendo o Bitcoin. Até mesmo alguns golpes conhecidos por aqui fazem bastante sucesso por lá, como é o caso do Bitcoin Revolution.

O problema por lá é tão comum que há uma série de esforços pelas autoridades locais para conseguir acabar com os muitos golpes. Até mesmo o Departamento de Justiça do país tem atenção redobrada nos muitos esquemas fraudulentos que surgem por lá.

Os funcionários da Sykes não só prejudicaram aqueles afetados diretamente pelo golpe, mas possivelmente prejudicaram bastante toda a empresa e os muitos funcionários que trabalham nela.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.
Corretora FTX

FTX se preocupa com clima hostil em Hong Kong e muda sede

A exchange FTX, que tem como sócios Tom Brady e Gisele Bündchen, está preocupada com o clima hostil de Hong Kong com empresas do...
Bitcoin na água

Pagar a conta de água com Bitcoin já é possível em El Salvador

A Administração Nacional de Aquedutos e Esgotos (ANDA) de El Salvador anunciou que já está disponível a opção de pagamento com Bitcoin pelo consumo...
Gráfico de valorização das ações da GameStop

CVM dos EUA intima Michael Burry por ação que subiu 1.700% no último ano

O lendário trader do mercado tradicional Michael Burry publicou em seu Twitter nesta sexta-feira (24) que a CVM dos EUA, a SEC, intimou ele...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias