Governo Biden vê ameaça potencial do Yuan digital da China

Uma vez que a moeda for lançada, o dólar começará imediatamente a perder sua influência e valor.

Siga no

O governo dos Estados Unidos está monitorando o desenvolvimento da moeda digital da China, o Yuan digital. A equipe de Biden está preocupada com a possibilidade da nação asiática usar o ativo digital para contornar sanções e afetar a dominância do dólar como moeda de reserva global.

O dólar americano tem sido uma moeda global por décadas. É a principal moeda de troca na economia global. No entanto, com a China sendo a segunda maior economia do mundo, os Estados Unidos temem que o dólar seja desafiado.

Citando fontes familiarizadas com o assunto, a Bloomberg disse que os departamentos do Tesouro e de Estado, o Pentágono e o Conselho de Segurança Nacional já estão de olho no projeto de moeda digital do banco central da China (CBDC), e no sistema de pagamentos eletrônicos da moeda (DCEP).

Funcionários de vários departamentos estão “ansiosos para entender” como o yuan digital vai funcionar e que possíveis ameaças ele poderia representar para o dólar americano.

As fontes disseram que a equipe de Biden está analisando os efeitos de curto e longo prazo do Yuan digital sobre o dólar americano.

De acordo com as fontes ouvidas pelo site, os departamentos não estão preocupados com o impacto de curto prazo que o yuan digital poderia ter, mas com os desafios que a moeda pode representar para o dólar.

Moeda digital da China

Um dos principais motivos da maior economia do mundo estar procurando lançar uma moeda digital é conter a influência dos EUA através do dólar. Por meio da moeda, os EUA são capazes de influenciar práticas comerciais e até mesmo as políticas governamentais em todo o globo.

A China não perdeu tempo na criação de sua moeda digital e começou a desenvolver o ativo em 2018, numa época em que a maioria dos bancos centrais e o governo dos EUA estavam atacando o mercado de criptomoedas.

O Banco Popular da China (PBoC) trabalhou com alguns dos maiores bancos estatais e empresas de pagamentos para desenvolver o Yuan digital. O projeto está agora em uma fase de testes com a população.

Por meio do Yuan digital, e dada a recente influência global da China, ela poderia finalmente substituir o dólar por um sistema de liquidação internacional mais rápido, mais barato e mais transparente.

Em contraste, o Federal Reserve dos Estados Unidos, o Banco Central Europeu e o Banco do Japão estão vendo agora a necessidade de uma CBDC e estão pesquisando as melhores maneiras de desenvolvê-la e distribuí-la.

Graças ao rápido movimento da China, ela está na frente para ser a primeira grande economia a emitir uma moeda digital, dando uma vantagem contra os principais concorrentes, como os Estados Unidos.

Os EUA não podem impedir a China de lançar o yuan digital. Uma vez que a moeda for lançada, o dólar começará imediatamente a perder sua influência e valor.

A única maneira realmente viável de manter a China sob controle é contra-atacar com um dólar digital, que deve demorar.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.
Primeiro ETF de Bitcoin na NYSE

Primeiro ETF de Bitcoin na NYSE inaugura com grande volume

O primeiro ETF de Bitcoin foi listado na NYSE nesta terça-feira (19), fazendo história como um dos 15 maiores já listados na bolsa norte-americana...
Símbolo da Binance em caldeirão pressão autoridades policias

Binance bloqueia conta de 20 clientes a pedido da polícia

A corretora Binance bloqueou pelo menos 20 clientes de acessar suas contas, a pedido da polícia para uma investigação internacional. O caso aconteceu na Colômbia...
Monte de Bitcoin observado por um touro ao fundo alta do preço cotação

Bitcoin dobrou de valor desde banimento na China

As preocupações econômicas do Bitcoin devido aos banimentos do Bitcoin na China, bem como a sua crise imobiliária, acabaram ficando para trás conforme o...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias