Governo Biden vê ameaça potencial do Yuan digital da China

Uma vez que a moeda for lançada, o dólar começará imediatamente a perder sua influência e valor.

Siga no

O governo dos Estados Unidos está monitorando o desenvolvimento da moeda digital da China, o Yuan digital. A equipe de Biden está preocupada com a possibilidade da nação asiática usar o ativo digital para contornar sanções e afetar a dominância do dólar como moeda de reserva global.

O dólar americano tem sido uma moeda global por décadas. É a principal moeda de troca na economia global. No entanto, com a China sendo a segunda maior economia do mundo, os Estados Unidos temem que o dólar seja desafiado.

Citando fontes familiarizadas com o assunto, a Bloomberg disse que os departamentos do Tesouro e de Estado, o Pentágono e o Conselho de Segurança Nacional já estão de olho no projeto de moeda digital do banco central da China (CBDC), e no sistema de pagamentos eletrônicos da moeda (DCEP).

Funcionários de vários departamentos estão “ansiosos para entender” como o yuan digital vai funcionar e que possíveis ameaças ele poderia representar para o dólar americano.

As fontes disseram que a equipe de Biden está analisando os efeitos de curto e longo prazo do Yuan digital sobre o dólar americano.

De acordo com as fontes ouvidas pelo site, os departamentos não estão preocupados com o impacto de curto prazo que o yuan digital poderia ter, mas com os desafios que a moeda pode representar para o dólar.

Moeda digital da China

Um dos principais motivos da maior economia do mundo estar procurando lançar uma moeda digital é conter a influência dos EUA através do dólar. Por meio da moeda, os EUA são capazes de influenciar práticas comerciais e até mesmo as políticas governamentais em todo o globo.

A China não perdeu tempo na criação de sua moeda digital e começou a desenvolver o ativo em 2018, numa época em que a maioria dos bancos centrais e o governo dos EUA estavam atacando o mercado de criptomoedas.

O Banco Popular da China (PBoC) trabalhou com alguns dos maiores bancos estatais e empresas de pagamentos para desenvolver o Yuan digital. O projeto está agora em uma fase de testes com a população.

Por meio do Yuan digital, e dada a recente influência global da China, ela poderia finalmente substituir o dólar por um sistema de liquidação internacional mais rápido, mais barato e mais transparente.

Em contraste, o Federal Reserve dos Estados Unidos, o Banco Central Europeu e o Banco do Japão estão vendo agora a necessidade de uma CBDC e estão pesquisando as melhores maneiras de desenvolvê-la e distribuí-la.

Graças ao rápido movimento da China, ela está na frente para ser a primeira grande economia a emitir uma moeda digital, dando uma vantagem contra os principais concorrentes, como os Estados Unidos.

Os EUA não podem impedir a China de lançar o yuan digital. Uma vez que a moeda for lançada, o dólar começará imediatamente a perder sua influência e valor.

A única maneira realmente viável de manter a China sob controle é contra-atacar com um dólar digital, que deve demorar.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.

Bitcoin SV do falso Satoshi Nakamoto sofre mais um ataque 51%

A Rede do Bitcoin Satoshi Vision (BSV) - fork do Bitcoin Cash, que por sua vez é um fork do Bitcoin - é uma...

Presidente da SEC defende Bitcoin e elogia Satoshi Nakamoto

Gary Gensler, presidente da SEC, falou durante um painel no Aspen Security Forum sobre o criptomercado, principalmente defendendo o Bitcoin em relação aos seus "imitadores" e...
Ameaça cibernética leva Bitcoin de vítimas rouba

Baixa torrent? Cuidado, este malware pode roubar seus bitcoins

A Sophos lançou um alerta sobre um malware que está infectando usuários de torrents, o vírus rouba bitcoins e até minera Monero no computador...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias