Governo só fala de Bitcoin quando ele sobe, diz economista de El Salvador

Ele afirma que o governo está usando estratégias de marketing e divulgando informações apenas quando o preço do Bitcoin sobe.

Luis Membreño. Foto Por Lissette Lemus
Luis Membreño. Foto Por Lissette Lemus

O economista Luis Membreño de El Salvador criticou o projeto de Lei do Bitcoin, implementado em seu país no dia 7 de setembro. Segundo ele, o governo está apenas gastando dinheiro e esforço, e poucas pessoas estão usando a criptomoeda no dia a dia.

Membreño também aproveitou o momento para fazer críticas a volatilidade da criptomoeda. Impedindo seu uso pela população e também mostrando-se insatisfeito com seu uso como reserva de valor pelo próprio governo que já possui 1.120 BTC em caixa.

Além disso, ele afirma que o governo está usando estratégias de marketing e divulgando informações apenas quando o preço do Bitcoin sobe.

Poucas pessoas estão utilizando o Bitcoin

O economista Luis Membreño afirmou ao jornal El Salvador que realizou uma pesquisa em vários comércios e que todos eles afirmam que usam Bitcoin poucas vezes, uma por semana, no máximo uma a cada três dias. Segundo ele, as pessoas ainda preferem utilizar o dólar para realizar pagamentos.

“Se as pessoas se sentem confortáveis ​​com o dólar, por que deveriam substituí-lo por algo tão volátil?”

Por conta disso, Membreño também comenta que o governo está apenas gastando dinheiro e esforço. Afinal o Bitcoin não está movimentando a economia do país e as pessoas só aceitam bitcoin porque são obrigadas.

O sucesso ou falha do Bitcoin em El Salvador está muito ligado as escolhas que o governo toma. Por conta disso, é importante notar que caso o governo falhe em algum ponto, como falta de educar seu povo, as pessoas farão com que o Bitcoin torne-se o vilão da história.

“É muito discutível se realmente houve ganhos ou não, porque quando compraram o primeiro Bitcoin, o preço caiu, agora no final de outubro ele saltou e dizem que hoje ganhamos, não é o caso, porque quando você compra, você usa, você não guarda, aí o que aconteceu: usaram e perderam e agora chegam a falar que ganharam, não é assim”, disse o economista.

Muito volátil

O economista salvadorenho também crítica o uso do Bitcoin como reserva de valor pelo governo. No total, o país já possui mais de 1.120 BTC em caixa e a sua volatilidade é preocupante.

Membreño também comenta que o governo apenas vai a público gabar-se de seus lucros quando o preço do Bitcoin está subindo. Quando seu preço cai abaixo do preço médio de compra, eles não falam nada.

Apesar das críticas do economista, é importante lembrar que El Salvador não tem muitas opções. Eles não possuem nenhuma influência sobre a moeda que usam, o dólar, bem como a criação de sua própria criptomoeda não atrairia investidores e também não teria uma infraestrutura global pronta para uso.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias