Hacker exige R$ 230 milhões para não vazar “podres” de Trump

O grupo hacker conhecido por ter desenvolvido o ransomware REvil, afirma ter acesso a informações que podem manchar a reputação do presidente dos Estados Unidos.

-

Siga no
Donald Trump
(Washington, DC - EUA 19/03/2019) Donald Trump, Presidente dos Estados Unidos da América..Foto: Isac Nóbrega/PR WikiMedia
Anúncio

Hackers conseguiram roubar uma enorme quantidade de dados de um escritório de advocacia de Nova York, entre os clientes do escritório estão várias celebridades, incluindo o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

Na semana passada os hackers exigiram um resgate de US $ 21 milhões para não vazarem informações pessoais das celebridades, entre elas estão Lady Gaga, Madonna Nicki Minaj e vários outros.

Agora, os mesmos hackers ameaçaram vazar “podres”, em referência a informações que podem prejudicar a reputação do presidente Donald Trump. Desta vez, o grupo exige um resgate de US $ 42 milhões, (R$ 230.202.000,00).

“Senhor Trump, se você quiser continuar sendo presidente, cutuque com força seu pessoal, caso contrário você pode esquecer essa vontade para sempre.

“E para vocês eleitores, podemos afirmar que, após uma publicação desse tipo, você certamente não o verá mais como presidente…

O prazo é de uma semana.”

Escritório de advogacia não pagou primeiro pedido de resgate

Anúncio

As exigências dos hackers aumentaram depois que o escritório de advocacia se recusou a pagar os US $ 21 milhões exigidos no primeiro contato.

O grupo hacker conhecido por ter desenvolvido o ransomware REvil, também conhecido como Sodinokibi, afirma ter acesso a informações que podem manchar a campanha presidencial de Donald Trump.

Os hackers alegaram ter roubado 756 GB de dados dos servidores do escritório de advocacia. Eles alegam ter informações como: contratos, números de telefone, endereço de e-mail, emails pessoais, acordos de confidencialidade (NDA) e outros.

Para provar que os dados eram reais, os hackers divulgaram uma captura de tela com uma lista de várias celebridades agrupadas em pastas:

Dados roubados. Imagem: Hackerread
Dados roubados. Imagem: Hackerread

Hackers ameaçam “destruir” escritório de advocacia

Os hackers também estão ameaçando “destruir” o escritório de advocacia caso o resgate não seja pago.

O grupo citou o recente caso da corretora Travelex, no qual a empresa foi extorquida a pagar um resgate de R$ 12 milhões depois de ser infectada por um ransomware.

Apesar das ameaças intensas, o escritório de advocacia já se recusou a negociar ou pagar qualquer tipo de valor.

“Se pagarmos, os hackers poderão vazar os documentos de qualquer maneira. Além disso, o FBI disse que esse tipo de hack é considerado um ato de terrorismo internacional e nós não negociamos com terroristas.” Disse um representante da empresa.

Mensagem dos hackers exigindo resgate. Imagem: Hackeread
Mensagem dos hackers exigindo resgate. Imagem: Hackeread

O prazo para pagamento exigido pelos hackers é de uma semana. A empresa já afirmou que não irá realizar o pagamento, portanto, é possível que veremos novidades (provavelmente nudez) do presidente Donald Trump nos próximos dias.

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Avatar
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.
Compra de Bitcoin

Governo da Noruega compra Bitcoin

Uma empresa que fez a compra de R$ 1,3 bi em Bitcoin como reserva de valor em agosto continua a repercutir na comunidade cripto....
Bitcoin em corretoras de criptomoedas

CEO da MicroStrategy: “podemos despejar R$ 1.3 bi em Bitcoin no mercado a qualquer...

Após comprar de R$ 1.3 bilhão em bitcoin como reserva de valor, a MicroStrategy se tornou um nome importante para os defensores da moeda...
Prédio da PGR - Ministério Público Federal do Brasil (MPF) investigando

MPF está investigando ataque hacker em seus servidores

O Ministério Público Federal (MPF) está investigando um suposto ataque hacker em seus servidores. De acordo com um portal de notícias, dados do órgão...

Últimas notícias

CEO da MicroStrategy: “podemos despejar R$ 1.3 bi em Bitcoin no mercado a qualquer hora”

Após comprar de R$ 1.3 bilhão em bitcoin como reserva de valor, a MicroStrategy se tornou um nome importante para os defensores da moeda...

MPF está investigando ataque hacker em seus servidores

O Ministério Público Federal (MPF) está investigando um suposto ataque hacker em seus servidores. De acordo com um portal de notícias, dados do órgão...

Finanças Descentralizadas (DeFi) caem 40%, será o fim?

Nos últimos dias assistimos um massacre das moedas de finanças descentralizadas (DeFi), com quedas entre 30% e 58%. Talvez você não tenha acompanhado a...