Hackers ameaçam “transformar” placas de vídeo da Nvidia em mineradoras de Bitcoin

Placa de vídeo GeForce RTX 3080 da NVIDIA.
Placa de vídeo GeForce RTX 3080 da NVIDIA.

Após assumirem a autoria do ataque a NVIDIA, também confirmado pela própria empresa, o grupo Lapsus$ está ameaçando liberar desbloqueadores do LHR (Low Hash Rate) cujo propósito é diminuir a eficiência de mineração de criptomoedas.

Sendo mais específico, o grupo pede para que a própria NVIDIA libere um firmware que remova tal limitação. Como ameaça, afirma que, caso isso não seja feito, o grupo liberará dados confidenciais roubados no ataque.

A introdução das placas LHR foi uma tentativa da NVIDIA de alegrar os gamers que estavam insatisfeitos com os preços das GPUs devido à alta demanda dos mineradores de criptomoedas, especialmente de Ethereum.

“Queremos ajudar jogadores e mineradores”

Conhecido pela autoria de ataques ao Ministério da Saúde do Brasil, bem como de empresas como Claro, NET e Embratel, o grupo Lapsus$ fez uma nova vítima nos últimos dias, a fabricante de placas de vídeo NVIDIA.

Afirmando possuir 1 terabyte (TB) de dados da NVIDIA, contendo drivers, esquemas elétricos e firmwares, o grupo Lapsus$ está usando tais dados como ameaça para que a empresa desbloqueie os limitadores de mineração de seus equipamentos.

Sua motivação é explicada em uma postagem no Telegram. Segundo os hackers, eles querem ajudar tanto as comunidades de jogadores quanto de mineradores.

“Decidimos ajudar a comunidade de mineração e jogos, queremos que a NVIDIA envie uma atualização para todos os firmwares da série 30 que removam todas as limitações de LHR, caso contrário, vazaremos a pasta HW.”

Ameaça do grupo Lapsus$ a NVIDIA.

Indo além, o grupo também afirma que está vendendo um “LHR V2 completo (GA102-GA104)”, embora afirme acreditar que a NVIDIA logo removerá tal limitador.

Como prova, o Lapsus$ divulgou um torrent contendo 18,87 gigabytes (GB) de dados obtidos da empresa. Curiosamente, antes disso eles haviam divulgado o arquivo em um servidor da Amazon chamado “jairbolsonaro”, contendo a palavra “vazamento”, em português.

Se querem ajudar, por que não liberam o código?

Respondendo a sua própria pergunta sobre os motivos pelos quais não liberam o desbloqueador do LHR, já que querem ajudar a comunidade, os hackers afirmam que se trata de uma versão personalizada e pode causar problemas aos usuários.

Portanto, o grupo alegada que está vendendo tais informações e elas poderem ser usadas por pessoas com conhecimento técnico avançado. Sendo assim, tais pessoas poderiam ganhar muito dinheiro.

Por fim, embora a NVIDIA tenha tentado agradar os gamers ao limitar o poder de mineração em suas novas placas de vídeo, muitos estão usando-as normalmente para minerar criptomoedas, apesar de não estarem operando com capacidade máxima.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias