Regulador financeiro da Holanda emite alerta contra Binance

Primeiro banco central dos Países Baixos alerta para atividades ilegais de corretora.

Siga no
De Nederlandsche Bank DNB banco central da Holanda alerta
De Nederlandsche Bank (DNB)

Em uma escalada global contra a Binance, a Holanda foi o último país a emitir um alerta contra as atividades consideradas ilegais da corretora.

O novo alerta partiu do De Nederlandsche Bank (DNB), o primeiro banco central dos Países Baixos. De acordo com o Telegraaf, o caso ainda é novo e a autoridade estuda tomar medidas contra a corretora.

Mas o tom do novo alerta indica que as operações da empresa estão ilegais no país, visto que estariam sem autorização prévia para funcionamento. Ou seja, todos os produtos e serviços oferecidos para a população estão sendo feitos pela corretora sem aval do governo local.

Holanda alerta contra a Binance operando ilegal no país

Com vários países europeus exercendo forte pressão sobre a Binance, a Holanda também engrossa o coro. Em afirmações públicas, a corretora está ofertando produtos e serviços ilegalmente para população local.

Conforme o DNB, a Binance estaria agindo assim contra a lei local, que exige o registro das plataformas para ofertas no mercado financeiro.

O banco central inclusive já sabe que a culpa não é da população local, que acessa o serviço, mas sim da empresa, que atua em desconformidade com a legislação.

“Isso significa que a Binance não está em conformidade com a Lei de Combate à Lavagem de Dinheiro e Financiamento Antiterrorista e está oferecendo ilegalmente serviços de troca entre moedas virtuais e fiduciárias e está oferecendo ilegalmente carteiras de custódia.

Isso pode aumentar o risco de os clientes se envolverem em lavagem de dinheiro ou financiamento do terrorismo.”

O banco central holandês ainda declarou que a medida se aplica a Binance Holdings Limited, assim como os operadores da corretora que recrutam usuários no país.

A entidade do governo local ainda declarou que a Binance pode ser regulamentar no país para operar conforme a lei, que já permite empresas do mercado de criptomoedas a atuarem no país.

Um portal local concluiu que para emitir um alerta como esse, o banco central estudou a atuação da Binance antes.

Mais um país para a conta da Binance

Agora a pressão contra a Binance é global, com países de todos os continentes já emitindo alertas para a atividade da empresa, considerada ilegal em muitas jurisdições.

Um dos serviços mais visados pelos reguladores é o Binance Futures, que no Brasil acabou sendo alvo da CVM recentemente. Na última segunda-feira (18), o presidente Roberto Campos Neto teve uma reunião com a Binance para discutir um assunto, fechado para imprensa.

Contudo, a CVM da Malásia já mandou a empresa parar todas as atividades, instruindo até sua população de sacar seus valores da corretora.

Com a pressão, que ficou maior nos últimos meses, a Binance afirmou que vai trocar até o comando para se adequar a regulamentações. Nos Estados Unidos, o novo líder da empresa é um ex-membro do governo, o que pode acalmar os reguladores locais.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Queda da Dogecoin DOGE despenca desvalorização brasileiro

Brasileiro perde R$ 2,6 milhões com queda da Dogecoin, mas ainda acredita na moeda

O brasileiro que mora nos Estados Unidos, Glauber Contessoto, perdeu R$ 2,6 milhões em Dogecoin com a recente queda da moeda no mercado. O fenômeno...
LNBTC

Usuário avisa empresas sobre falha em serviços de custódia da Lightning Network

Reckless Satoshi, um usuário do Reddit, fez uma postagem relatando que serviços de custódia que trabalham com a Lightning Network tinha um ponto de...
Ethereum. (Imagem: Adobe Stock)

Pânico? R$6,6 bilhões em Ethereum saíram das exchanges na semana passada, R$4,2 bi voltaram...

Na quarta-feira passada, dia 15 de setembro, cerca de 363.240 ETH foram sacados de exchanges centralizadas, ontem, no entanto, 258.050 ether voltaram para endereços...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias