Início Bitcoin Holder de Bitcoin transforma R$ 22 mil em R$ 266 milhões após...

Holder de Bitcoin transforma R$ 22 mil em R$ 266 milhões após 10 anos

Grandes movimentações de bitcoins adormecidos marcaram esta última quarta-feira (29). Embora sejam carteiras diferentes, em um curto período um holder moveu 1.000 BTC parados a mais de 10 anos, transformando cerca de 22 mil reais em cerca de R$ 266 milhões.

Ao que tudo indica, este holder era um minerador de Bitcoin ainda no início. Podemos afirmar isso devido à transparência da blockchain que mostra que estes dois saldos de 500 BTC, totalizando 1.000 BTC, são resultados de uma consolidação de 20 transações de 50 BTC. Este era a recompensa por bloco na época.

Todavia é difícil saber exatamente quem é este sujeito, afinal o pseudo-anonimato fornece uma certa privacidade aos usuários de Bitcoin.

Holder de Bitcoin “mão de diamante”

Embora muitos usuários iniciais do Bitcoin tenham gasto o que viria a tornar-se uma fortuna nos dias atuais, como é o caso de Laszlo que comprou duas pizzas por 10.000 BTC, outros contiveram a emoção e ainda estão com suas moedas.

Este é o caso que ocorreu ontem quando um holder moveu seus Bitcoins pela primeira vez em mais de 10 anos. Na data, 7 de julho de 2011, o BTC estava sendo negociado por 14,38 USD por unidade, e cada USD por 1,56 BRL. Ou seja, o holder transformou R$ 22.430 em R$ 266 milhões simplesmente por acreditar no BTC.

“Um endereço dormente contendo 500 BTC (23.733.648 USD) foi ativado após 10,5 anos”

“Um endereço adormecido contendo 500 BTC (23.665.502 USD) foi ativado após 10,5 anos”

Bom, é válido notar que ele deve ter vendido outros bitcoins, assim como o icônico “homem da pizza” que também não gastou todos os seus, afinal Laszlo não era um qualquer.

De qualquer forma, manter 1.000 BTC desde 2011 após as altas de 2013, 2017 e 2021 é um tanto incomum. Isso porque este holder já havia virado milionário, em dólar, há muitos anos com estes 1.000 BTC.

Quem é esta baleia com milhões?

Embora a blockchain nos forneça pistas devido a sua transparência, é difícil saber quem é o verdadeiro dono destes 1.000 movimentados após dez anos.

Segundo o site Nakamoto Observer, grande parte dos mineradores de bitcoins, entre 2010 e 2012, são desconhecidos. Os mais próximos são o próprio cara da pizza, citado acima e o usuário “allinvain”, que perdeu 25.000 BTC na época, hoje equivalente a 6,6 bilhões de reais.

Mineradores no início do Bitcoin. Fonte: Nakamoto Observer
Mineradores no início do Bitcoin. Fonte: Nakamoto Observer

Por fim, embora a identidade do milionário seja um mistério, o fato de ter apoiado o Bitcoin em seu início, quando ninguém o usava, faz com que ele seja merecedor desta fortuna, mostrando que ele pode seguir envolvido após anos com a comunidade.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples.

Acesse: https://coinext.com.br.