Homem adesiva Ferrari com Dogecoin e pode ser processado

Marca italiana de carros não gosta de ver seus veículos descaracterizados.

Siga no
Criptomoeda Dogecoin em frente a carro
Criptomoeda Dogecoin em frente a carro

Um homem anunciou nos últimos dias que adesivou sua Ferrari com a imagem da criptomoeda Dogecoin. Ao tentar demonstrar seu amor pela moeda digital, ele pode agora ser processado pela montadora italiana.

Vale notar que a Dogecoin é uma moeda que recebeu bastante atenção no último ano, principalmente após Elon Musk falar bem do projeto. Dessa forma, o preço da DOGE valorizou 12.000% nos últimos 365 dias, alta superior até que a do Bitcoin.

Com o movimento de mercado, algumas pessoas acabaram se tornando milionárias, como é o caso do brasileiro Gabriel Contessoto, que realizou o sonho de ficar rico e poder comprar sua primeira casa nos Estados Unidos.

Homem adesiva Ferrari com símbolos da Dogecoin nos Estados Unidos: “muito WoW”

O que um amor de um fã por uma criptomoeda pode fazer? Nos Estados Unidos, um empresário demonstrou sua paixão pela moeda meme com a plotagem de seu veículo de luxo com o símbolo dela.

O caso ganhou notoriedade após uma publicação no Reddit, rede social que reúne grande parte da comunidade de criptomoedas mundial.

No entanto, a postagem acabou sendo realizada primeiramente em um grupo que acompanha veículos com modificações estranhas.

Ferrari com Dogecoin
Ferrari com Dogecoin/Reddit

O modelo do Ferrari é um F8 Tributo, carro que pode alcançar até 340 km/h e acelera de 0 a 100 km/h em apenas 2,9 segundos.

A postagem não identificou o proprietário do veículo inusitado, que corre alguns riscos caso seja pego pela montadora.

Ferrari não gosta que seus veículos sejam modificados

A marca Ferrari é conhecida no mundo dos veículos como uma montadora de carros de luxo e esportivos. No mundo dos esportes automotivos, carros da Ferrari são associados a alta velocidade e bom desempenho do motor.

No entanto, para ter esses veículos, os donos não podem alterar a aparência de seus possantes. O homem que adesivou sua F8 Tributo nos Estados Unidos, por exemplo, pode ser acionado para retirar as imagens caso seja encontrado pela marca.

Em 2014, por exemplo, a Ferrari determinou que o DJ canadense deadmau5 retornasse seu possante 458 Spider para a cor original. Após enviar uma carta, escrita a mão ao músico, ele se revoltou com o advogado que representou o Ferrari e decidiu vender seu veículo após a repercussão do caso.

Após a venda da Ferrari, o DJ comprou uma McLaren e fez as modificações que gostaria, dessa vez não recebendo cartas da montadora. Será que o Ferrari com Dogecoin vai durar muito tempo nas ruas?

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Claudio Oliveira. "Rei do Bitcoin"

‘Rei do Bitcoin’ e mais oito pessoas são indiciadas por fraude bilionária

O "Rei do Bitcoin", Cláudio Oliveira, fundador do Bitcoin Banco, e mais oito pessoas foram indiciadas em seis crimes que causaram um prejuízo bilionário...

Ethereum vai ultrapassar o Bitcoin, diz CEO da Pantera Capital

O Ethereum está prestes a passar por uma de suas mais importantes atualizações, o hard fork London, em preparação para o Ethereum 2.0. Essa...

TradingView: Mercado cripto ainda tímido, analistas otimistas

Após forte alta, mercado sofre breve retração, que não foi o suficiente para tirar as esperanças dos analistas. Confira os estudos do TradingView. Lorena Almada O...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias