Homem aplica golpe de pirâmide com Bitcoin na esposa e foge

Ele não poupou nem seu irmão do golpe.

Homem fugindo de casamento
Homem fugindo de casamento

Um homem aplicou um golpe em sua esposa e toda a sua família com a prática de pirâmide financeira usando a imagem do Bitcoin.

O golpe foi aplicado em Minas Gerais, na capital Belo Horizonte, no final de 2021. Prometendo rendimentos de 15% ao mês fixos, o homem líder do negócio captou cerca de R$ 4 milhões de clientes.

Após sumir, ele reapareceu em redes sociais afirmando que mora na Europa e voltou a recrutar pessoas para seu possível golpe do velho continente.

Homem aplica golpe da pirâmide com Bitcoin na esposa e irmão antes de fugir

Um suposto trader de Bitcoin se casou no civil com sua esposa e planejava uma festa após alguns dias. Para isso, ele pediu até R$ 26 mil ao sogro para organizar a festa de luxo, mas tudo não passou de parte do golpe.

A sua festa de casamento seria um evento de luxo em Búzios no Rio de Janeiro, cidade também da Região dos Lagos, onde explodiu golpes com Bitcoin no ano de 2021. De qualquer forma, nada disso aconteceu.

Segundo informações do Domingo Espetacular, apresentado no último dia 9 de janeiro de 2022, Jonathan Nogueira, de 27 anos, era líder de uma possível pirâmide financeira que já é investigada pela Polícia Civil de Minas Gerais.

O irmão dele, Johnny Machado, investiu R$ 20 mil no negócio, com a promessa de lucros de R$ 100 mil em apenas 3 meses, em uma suposta alavancagem. Tudo isso, contudo, não passava de um golpe contra toda sua família e vários outros investidores.

Sua noiva revelou até que acreditou que o líder tinha sido sequestrado, ela espalhou cartazes de desaparecimento pela cidade de Belo Horizonte. Três meses depois ele postou em redes sociais que voltou a ganhar dinheiro em redes sociais e segue buscando captar dinheiro de investidores, momento que a noiva teve certeza do golpe.

A investigação agora vai ouvir as vítimas e espera conhecer mais sobre o caso, como em quais estados o esquema atuou, entre outros. Comum em golpes assim, o esquema fazia a promessa de ganhos rápidos e fáceis.

Segundo caso em 2021 de noiva abandonada por golpe de Bitcoin

O mais curioso desse caso em Minas Gerais é que ele não foi o único de um líder de pirâmide com a imagem do Bitcoin a “deixar a noiva no altar” e fugir com dinheiro de investidores.

Isso porque, na Região dos Lagos, em Cabo Frio, o conhecido “Playboy do Bitcoin”, Ricardo Di Tomaso, também fez a mesma coisa. Segundo informações divulgadas pelo RLagos, após prometer rendimentos, ele captou R$ 300 milhões e sumiu após a deflagração da Operação Kryptos, que mirou os negócios da GAS Consultoria Bitcoin e chamou atenção para os golpes na região.

Esses casos mostram que os líderes de pirâmides não se preocupam nem em levar as esposas em suas fugas, deixando muitas no altar após captarem milhões no mercado.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias