Homem esvazia conta conjunta e perde milhões em golpe com criptomoedas de ‘amante’

Além de acreditar que estava sendo amado, o americano também acreditava em dinheiro fácil. Segundo os relatos, o homem pensou que estaria investindo em uma empresa chamada “Coinrule-web3”, prometendo retornos de 2.100%.

Um americano que não teve sua identidade revelada foi alvo de um grande golpe através do LinkedIn. Embora a rede social seja usada para negócios profissionais, isso não impediu que o homem caísse em um golpe de romance.

Segundo relatos da polícia ao Star Tribune, famoso jornal de Minnesota, nos EUA, a vítima teria conhecido uma mulher que “queria que ele deixasse sua esposa por ela”.

Seduzido, o homem teria esvaziado a conta de investimentos que ele mantinha com sua esposa, transferindo o dinheiro para essa segunda mulher investir em criptomoedas. No entanto, tudo não passava de um golpe e, segundo relatos, a mulher nem sequer existe.

“Os suspeitos nunca investiram o dinheiro [do homem] em seu nome, mas o usaram para comprar criptomoedas em seu próprio nome”, aponta um documento do caso.

Homem é seduzido no LinkedIn, zera contas para investir em criptomoedas, mas descobre que era um golpe

Além de acreditar que estava sendo amado, o americano também acreditava em dinheiro fácil. Segundo os relatos, o homem pensou que estaria investindo em uma empresa chamada “Coinrule-web3”, prometendo retornos de 2.100%.

Segundo os primeiros resultados da pesquisa do Google, tal empresa atua nos mais variados campos de investimentos, incluindo arbitragem com inteligência artificial e aluguel de equipamentos de mineração.

“Comece a ganhar dinheiro”, apontam as descrições de dois sites com tal nome. Segundo as autoridades que acompanham o caso, tais sites estão ligados a outros golpes de romance.

Resultados de busca por “Coinrule-web3”, falsa empresa que americano acreditava estar usando para investir em criptomoedas.
Resultados de busca por “Coinrule-web3”, falsa empresa que americano acreditava estar usando para investir em criptomoedas.

Enganado, a vítima teria depositado US$ 9,2 milhões (R$ 44,2 milhões) para os golpistas do LinkedIn que fingiam ser uma mulher que o amava. No total, o homem teria realizado 21 transações bancárias.

Esposa descobriu e alertou as autoridades

No entanto, ao tentar sacar seus investimentos, os golpistas afirmaram que ele teria que pagar uma taxa de US$ 2,8 milhões. Apavorado, o homem teria “ligado em pânico” para sua esposa, pedindo que ela liquidasse outros investimentos do casal para que ele pudesse pagar a taxa milionária e recuperar o dinheiro.

Já no dia seguinte, a esposa foi à polícia para relatar o caso, revelando que seu marido estava limpando a conta do casal nos últimos seis meses, enviando o dinheiro aos golpistas.

A quantia, de R$ 44,2 milhões, chamou a atenção das autoridades, que afirmaram nunca ter visto um montante tão grande sendo perdido neste tipo de golpe.

“Ninguém no escritório ouviu falar de um caso de golpe com criptomoedas tão grande”, disse uma das autoridades que acompanha o caso sobre o montante envolvido. “Na verdade, seus olhos se arregalaram quando eu contei a quantia.”

Segundo a polícia, muitas vítimas só percebem que caíram em um golpe quando tentam sacar seus investimentos, mas não conseguem. Ou então quando os golpistas param de se comunicar com elas.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Siga o Livecoins no Google News.

Curta no Facebook, TwitterInstagram.

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Henrique HK
Henrique HKhttps://github.com/sabotag3x
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias

Bitcoin 2024

Últimas notícias