Homem não sabe nome do criador do Bitcoin e perde desafio

Homem acabou ficando com apenas R$ 50 mil, que é o mesmo valor que 1 Bitcoin hoje!

Siga no
Homem que participou de programa na TV Globo não sabia quem era o criador do Bitcoin
Quem quer ser um milionário, edição deste sábado 18/07/2020 - Reprodução: TV Globo

Na noite deste sábado, o programa do Luciano Huck, Caldeirão do Huck apresentou a nova temporada do “Quem Quer Ser Um Milionário“. O participante Jorge Rodrigues, que não conhecia quem é o criador do Bitcoin, acabou perdendo o desafio da noite.

O quadro do programa é famoso por apresentar para a plateia uma pergunta com quatro alternativas. Dessa forma, é possível escolher a opção correta e avançar, até a última pergunta, de número 15, que vale R$ 1 milhão. Contudo, com as novas regras de isolamento social, não há mais plateia, apenas Luciano e o participante, com equipe reduzida.

Ao avançar, o participante corre o risco de errar na sua resposta, e para não sair sem nada, as regras preveem alguns portos seguros. O último porto seguro é o de valor R$ 50 mil, que um participante alcança ao acertar a pergunta de número 10.

Homem perde chance de ser um milionário por não conhecer quem é o criador do Bitcoin

O Bitcoin, de fato, é uma criptomoeda lançada em 2009 que poucos conhecem no mundo. Sua história é envolta em mistérios, inclusive aquele que envolve a pergunta de quem foi o seu criador.

Ao longo dos anos, muitos se passaram por criadores do Bitcoin, mas nunca conseguiram comprovar ser o verdadeiro. Isso porque, o criador verdadeiro do Bitcoin, ao ver o crescimento dessa moeda digital, sumiu da visão do mundo, sem deixar nenhuma pista de seu paradeiro. O mistério, que começou em 2011, até hoje não foi resolvido.

Dessa forma, o programa Caldeirão do Huck abordou o tema neste sábado, durante o quadro Quem Quer Ser um Milionário. O participante, Jorge Rodrigues, recebeu uma pergunta que foi: “A criptomoeda bitcoin tem sua criação atribuída a:“.

A alternativa A era Minora Arakawa, sendo a B, Satoshi Nakamoto. Já na alternativa C, a opção era Akio Morita e, por fim, na D, Shigeru Miyamoto. O participante utilizou um recurso de eliminar duas alternativas erradas, sobrando apenas as opções B e D.

Ao realizar o seu chute, Jorge apostou todas as suas fichas na alternativa D, equivocadamente. Com várias perguntas se o participante estaria certo, acabou errando na escolha, pois Satoshi Nakamoto é quem é o criador do Bitcoin. Jorge acabou ganhando o prêmio de R$ 50 mil no fim.

Com prêmio, Jorge poderá comprar 1 Bitcoin caso queira, e deixar o arrependimento de lado

O Bitcoin é uma moeda que foi criada em 2009, mas teve uma tremenda valorização nos últimos anos. Seu valor saiu de centavos de dólares para milhares de dólares, alcançando o valor máximo de U$ 20 mil por unidade.

Cada Bitcoin hoje tem seu preço de U$ 9200, e se valoriza ligeiramente nas últimas 24 horas. Já em relação ao real, coincidentemente, o valor de 1 Bitcoin hoje é de R$ 49400, ou seja, muito próximo do que ganhou Jorge no Caldeirão do Huck.

Com um passado de intensa valorização, o participante poderá até comprar uma unidade inteira de Bitcoin caso queira. Essa seria uma forma de aposta na moeda que lhe deu tanto prejuízo hoje, mas pode se valorizar muito no futuro.

Isso porque, o Bitcoin é considerado por muitos como uma promessa no ramo da tecnologia de pagamentos. Vários bilionários têm comprado essa moeda, como Paul Tudor Jones, um dos últimos a apostar várias cifras no futuro do Bitcoin.

No Brasil, o Bitcoin é uma moeda que já foi comprada por várias pessoas e tem se tornado mais popular nos últimos anos. Antes de investir qualquer valor nessa moeda, contudo, o estudo sobre os riscos e sobre sua tecnologia é fundamental. Para quem tiver interesse em conhecer mais sobre o Bitcoin, comece pela sua história, que é muito interessante.

Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Hacker Brasileira Ana Carolina Da Hora

Hacker brasileira estuda Bitcoin e blockchain para ensinar pessoas

Uma famosa hacker brasileira afirmou que estuda a moeda Bitcoin e a tecnologia blockchain atualmente. Preparando para criar um aplicativo para ensino, ela tem...

Servidores do MPU terão curso sobre criptoativos e blockchain

A Escola Superior do Ministério Público da União (ESMPU) vai realizar o curso de aperfeiçoamento “Criptoativos e blockchain para o MPU” para seus servidores....

Regulador dos EUA manda 15 empresas cripto, forex e opções binárias interromperem ofertas

O regulador financeiro do estado de Texas nos EUA ordenou que 15 empresas que oferecem serviços de criptomoedas, forex e opções binárias encerrem suas...

Últimas notícias

Servidores do MPU terão curso sobre criptoativos e blockchain

A Escola Superior do Ministério Público da União (ESMPU) vai realizar o curso de aperfeiçoamento “Criptoativos e blockchain para o MPU” para seus servidores....

Regulador dos EUA manda 15 empresas cripto, forex e opções binárias interromperem ofertas

O regulador financeiro do estado de Texas nos EUA ordenou que 15 empresas que oferecem serviços de criptomoedas, forex e opções binárias encerrem suas...

Hidrelétrica Itaipu Binacional dará Bitcoin como premiação em evento

Considerada uma das cinco maiores hidrelétricas do Brasil, a Itaipu Binacional dará Bitcoin como prêmio para participantes de um evento. Apontado como um dos...