Hopehash é “a única criptomoeda que o preço não cai”?

Rodrigo Faro e Val Marchiori apresentam criptomoeda com valorização programada que levanta suspeitas no mercado.

Siga no

Um projeto de criptomoeda está sendo apresentado no Brasil por todos os lados. Chamada de Hopehash, a criptomoeda já teve anúncios incluindo vários famosos, como Val Marchiori e Rodrigo Faro.

Com um projeto promissor que chegou até a televisão brasileira, a Hopehash pode conquistar milhares de investidores com sua divulgação massiva. Mas, será essa criptomoeda tão promissora quanto promete?

O projeto Hopehash foi anunciado através do programa Rodrigo Faro. No que claramente evidencia um anúncio, o apresentador fala sobre os supostos benefícios da Hopehash. Para Rodrigo Faro, a Hopehash oferece um preço “que não cai o preço”. Essa seria a primeira evidência considerada suspeita em relação ao projeto.

Criptomoeda que o preço não cai?

O mercado de criptomoedas é conhecido por sua volatilidade. Os preços sobem e caem frequentemente, devido a oferta e demanda. Apenas criptomoedas consideradas stablecoins possuem um preço “estável”. Geralmente stablecoins são atreladas em outro ativo, como o dólar norte-americano, por exemplo.

A Hopehash também não poderia ser uma stablecoin. De acordo com o projeto o preço da criptomoeda continuará subindo através de uma valorização programada. Essa valorização pode vir a ser questionada por investidores.

Acostumados com o mercado, investidores experientes sabem que criptomoedas como o bitcoin jamais podem ter uma valorização programada. Sendo assim, esse aumento programado pela empresa pode levantar suspeitas sobre como a criptomoeda vai se valorizar. Existem diversos fatores que influenciam no preço de um ativo digital, e que nenhum projeto de criptomoeda pode descartar.

No programa Rodrigo Faro, Hopehash, a criptomoeda que nunca cai o preço

A Hopehash está investindo em propagandas que chegaram até a televisão aberta brasileira. No programa “Hora do Faro”, o projeto foi apresentado como algo que pode mudar a vida das pessoas. Para Rodrigo Faro, a Hopehash é o único ativo digital que o preço não cairá em todo o mercado.

“ A Hopehash é a única criptomoeda no mundo que não cai o preço, está em fase de valorização e pode mudar a sua vida”.

https://www.youtube.com/watch?v=UINBGQ7poiI

Criptomoeda promete dobrar preço em cada rodada de financiamento

Atualmente a criptomoeda está sendo cotada em R$ 12. Esse valor dobra a cada nova fase de financiamento do projeto. A valorização programada da Hopehash pode ser entendida como a promessa de lucro fixo na criptomoeda.

A Hopehash foi amplamente divulgada em todo o Brasil. De acordo com o portal Terra, seis fases de financiamento da criptomoeda devem acontecer. Atualmente a criptomoeda está em sua segunda fase de financiamento. Ao chegar no final da (ICO), a Hopehash deverá elevar o preço para cerca de R$ 210.

Val Marchiori participa de propaganda da criptomoeda

A Hopehash apresenta-se como uma criptomoeda em sua fase de lançamento no mercado. De acordo com o projeto, a cada fase de financiamento da criptomoeda, o valor da Hopehash praticamente dobra. Essa fase de financiamento é comum entre as criptomoedas, conhecida como oferta inicial de moedas (ICO em sua sigla em inglês).

A milionária Val Marchiori também aparece em um vídeo promocional ligado a Hopehash. No vídeo, a apresentadora fala sobre o que poderá significar os investimentos na Hopehash. A milionária confirmou que investe na criptomoeda, no que parece ser uma propaganda para o projeto.

Lucro fixo é condenado pela CVM

Embora a Hopehash tenha conquistado diversos portais de notícia, algumas suspeitas foram levantadas diante da empresa. Primeiramente, nenhuma criptomoeda pode oferecer valorização programada em um mercado descentralizado.

De acordo com a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) nenhum negócio pode oferecer lucro fixo. Mas, a valorização programada da Hopehash pode ser enquadrada como tal. Em um ofício publicado em 2019, a comissão alerta para esse tipo de investimento.

“Devem ser evitadas expressões que indiquem ou sugiram ‘renda certa’, ‘rentabilidade fixa’ ou ‘garantida’, ou a exposição de percentuais fixos de ganho quaisquer com operações ou ativos indicados, pois naturalmente tais projeções sequer são realistas”.

Embora a CVM não tenha explicitado os negócios da Hopehash, uma avaliação da instrução remete as promessas relacionadas à criptomoeda. Com a oferta de ganho certo e que nunca se desvaloriza, as operações da Hopehash poderão vir a ser questionadas futuramente pela comissão.

Diante de inúmeros casos envolvendo a prática ilícita de investimentos em criptomoedas, novos projetos são vistos com cautela pelo mercado. Recentemente, os negócios da Indeal foram encerrados através da Operação Egypto que condenou a empresa.

Apresentar características que já foram condenadas por órgãos reguladores pode significar problemas para um projeto que busca abrangência nacional. Quando o assunto é investimento, sobretudo em criptomoedas, preza-se pela transparência e clareza das informações, sobre um mercado que ainda é pouco difundido.


DIREITO DE RESPOSTA

Recentemente, algumas especulações foram criadas pelo portal Livecoins, a respeito da natureza do projeto Hopehash, colocando em dúvida a seriedade deste ativo digital que vem conquistando cada vez mais adeptos no Brasil. O argumento apresentado coloca em dúvida a principal característica do ativo em questão, de ser uma criptomoeda com um protocolo de preços inovador e que tem como princípio a valorização programada, ou seja, seu preço é definido em fases e não cai.

“O preço não cai”, pode ser polêmico, diferente e ousado, mas totalmente legal, pois não existe lei no Brasil que condene a precificação de criptomoedas. Entretanto, é claro que a precificação não isenta do risco e da necessidade de demanda pela Hopehash. Obviamente, se não houver demanda não haverá liquidez em exchanges. No entanto, tal fato não impede que o usuário se beneficie da valorização posto que diversos estabelecimentos já aceitam a criptomoeda Hopehash como meio de pagamento, além de que com o cumprimento das fases o poder de compra do usuário aumenta. A natureza da criação das criptomoedas não é liquidação em exchanges e especulação e sim a circulação como moeda de troca o qual neste quesito a Hopehash vem superando as expectativas, até mesmo das criptomoedas mais conhecidas do mercado.

O Bitcoin que tem o livre comércio traz vantagens e desvantagens. Vantagem como liquidez imediata, mas por outro lado, em função da livre oferta de preços é alvo de grandes especulações tendo sua maior alta em 2017 em aproximadamente R$70.000,00 e esse ano o preço chegou a R$12.500. Já a precificação da Hopehash visa proteger o usuário de perdas e oscilações bruscas nos preços através do seu algorítimo, que impede que exchanges conveniadas comercializem a moeda por um valor menor que os definidos. É importante ressaltar também que estabelecimentos comerciais que aceitam Hopehash, contratualmente devem seguir o preço vigente da fase.

A cada dia novas empresas estão aceitando Hopehash, fruto de investimentos e trabalho da equipe Bittauros, corretora de criptomoedas que representa a Hopehash no Brasil.

Diante de um mercado ainda considerado recente, porém regido por inovação constante, críticos da área precisam se atentar para que não formulem pré-conceitos que visem definir ou determinar o uso da tecnologia blockchain, limitando as suas potencialidades e possibilidades. O próprio blockchain da Waves, por exemplo, permite a criação de smart-contracts que precificam seus tokens, e portanto que seja esclarecido que as regras são definidas pelo blockchain e sua origem descentralizada, inovadora e flexível.

De fato, a Hopehash não é uma stablecoin, mas possui um protocolo que visa reduzir riscos e gerar valorização. Como foi dito na reportagem do portal Livecoins, o mercado de criptomoedas é totalmente volátil e a Hopehash pretende corrigir isto.

A Hopehash faz parte de um modelo financeiro que ainda está em descoberta e constante mudança e é notório que este mercado, no geral, necessita de soluções práticas e real circulação como meio de pagamento. A Hopehash então, surgiu neste cenário, visando atingir tal objetivo e real aplicação no dia a dia das pessoas ao ponto de ter uma Faculdade com mais de 500 mil alunos e mais de 800 cursos de graduação e pós-graduação (Grupo Faveni) que hoje aceita Hopehash como parte do pagamento em mensalidades e matrículas.  

Nunca foi afirmado que a Hopehash não cairá em “todo mercado”, como cita a reportagem da Livecoins. Quando é dito que o preço não cai se deve ao fato de existir um algoritmo que impede a venda ou compra da moeda em deságio pelos usuários que utilizarem a plataforma de Exchanges conveniadas ou efetuar compras em estabelecimentos filiados. Vale ressaltar que em transações P2P, ou seja, diretamente efetuada entre os usuários, sem intermediários, o preço é definido pelas partes.  Na mesma reportagem é citado que a “valorização programada da Hopehash pode ser entendida como a promessa de lucro fixo na criptomoeda”, uma informação que não procede. Observa-se nas mídias da Hopehash e da Bittauros que em nenhum momento ou qualquer veículo de mídia existe a promessa de lucro fixo. É importante o esclarecimento de que a valorização e mudança de fases depende de demanda e as datas das fases se configuram meramente como metas. 

A Hopehash visa não só a utilização em massa, como prevê formas para isso, através de seu protocolo de preços que tem o intuito de proteger o usuário de oscilações que gerem perdas, dando maior segurança para os usuários e gerando maior aceitação, por outro lado, nos estabelecimentos comerciais que aceitam Hopehash

Hopehash é uma criptomoeda como o Bitcoin e não está em fase inicial de oferta como ICO. A Hopehash está inserida em duas exchanges, uma descentralizada e, no Brasil está na Bittauros, que ligada ao algoritmo fornecido pela Hopehash segue a tabela de preços da mesma. 

O Bitcoin para ser minerado demanda de força energética, que logo no início quando surgiu tinha um custo muito baixo. Atualmente, para minerar 1 unidade de Bitcoin são gastos em torno de 4 mil dólares, sugerindo até um suporte no preço. Os mineradores de bitcoin gastam cada vez mais dinheiro e energia para minerar e obter bitcoins, já para obter Hopehash é necessário força de investimento, no qual ninguém, nem mesmo a Bittauros, tem acesso a nenhuma unidade de Hopehash sem de fato pagar por ela, verificado facilmente pelo explorador do blockchain onde a mesma transita.

Muitas propagandas têm surgido na divulgação da Hopehash, uma delas traz a figura de Val Marchiori, entusiasta da tecnologia que aceitou o convite para fazer parte do projeto de divulgação. Além de garota propaganda, Marchiori é investidora também e fez questão de receber parte de seu contrato em Hopehash. 

Nesta oportunidade, a empresa reforça sua missão de levar o mercado de criptomoedas a públicos que ainda não foram alcançados. Através de mídias abertas, a Bittauros tem divulgado as criptomoedas e isso contribui com todo o mercado de cripto em geral. A Bittauros de fato acredita que a Hopehash “pode” mudar a vida das pessoas, mas essa palavra “pode” não é sinônimo de garantias. 

 

Para maiores esclarecimentos, estamos à disposição para tirar quaisquer dúvidas através do nosso chat disponível em www.hopehashbrasil.com.

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Paulo Carvalho
Paulo Carvalho
Jornalista em trânsito, escritor por acidente e apaixonado por criptomoedas. Entusiasta do mercado, ouviu falar em Bitcoin em 2013, mas era que nem caviar, "nunca vi, nem comi, só ouço falar".

EUA imprime 21% da sua oferta monetária em 2020, risco de inflação cada vez...

A possibilidade de uma inflação que vai afetar consideravelmente o poder de compra das pessoas não é um medo apenas no Brasil, mas também...
Sean Ono Lennon

Filho do cantor John Lennon diz que Bitcoin aumentou sua autoestima

Sean Ono Lennon, o filho do cantor John Lennon acredita que o Bitcoin ajuda as pessoas de uma forma que elas nunca viram antes....
Banco Tangerine do Canadá

Banco toma dinheiro da conta poupança de cliente que caiu em golpe

Um homem caiu em um golpe de falso emprego e perdeu $ 3.000, os falsos empregadores deram ele um cheque e pediram que ele...

Últimas notícias

Filho do cantor John Lennon diz que Bitcoin aumentou sua autoestima

Sean Ono Lennon, o filho do cantor John Lennon acredita que o Bitcoin ajuda as pessoas de uma forma que elas nunca viram antes....

Banco toma dinheiro da conta poupança de cliente que caiu em golpe

Um homem caiu em um golpe de falso emprego e perdeu $ 3.000, os falsos empregadores deram ele um cheque e pediram que ele...

“Estamos presenciando a última vez que pessoas ficarão ricas com Bitcoin no Brasil”, diz especialista

Com a recente alta do Bitcoin e um importante desenvolvimento nos fundamentos da criptomoeda, muitos apostam que estamos apenas no começo da valorização da...